RÁDIO REGIONAL
NACIONAL

MILHARES DE TAXISTAS CONCENTRADOS EM LISBOA, PORTO E FARO

nbsp| RÁDIO REGIONAL

Cerca de 1.300 táxis integravam hoje, pelas 09:00, o protesto contra a lei que regula as plataformas de transporte em veículos descaracterizados, nas cidades de Lisboa, Faro e Porto, segundo a organização.

De acordo com representantes do setor, a essa hora o protesto concentrava em Lisboa cerca de mil taxistas, numa fila entre os Restauradores e a zona do Saldanha.

A organização deu ainda conta da concentração de pelo menos 100 profissionais no Porto e de 200 em Faro.

A polícia não tem fornecido, nos locais abrangidos pelo protesto, números sobre o número de participantes.

Os taxistas manifestam-se hoje nas três cidades contra a entrada em vigor, em novembro, da lei que regula as quatro plataformas eletrónicas de transporte que operam em Portugal – Uber, Taxify, Cabify e Chauffeur Privé. Este protesto não envolve a realização de uma marcha lenta, mas o estacionamento das viaturas nas ruas.

Desde 2015, este é o quarto grande protesto contra as plataformas que agregam motoristas em carros descaracterizados, cuja regulamentação foi aprovada, depois de muita discussão, no parlamento, em 12 de julho.

Pelas 05:00, as viaturas começaram a chegar à Praça dos Restauradores, em Lisboa, ocupando depois as avenidas da Liberdade, Fontes Pereira de Melo e da República (sem estacionarem no Marquês de Pombal).

A Praça dos Restauradores e a Avenida da Liberdade estarão cortadas ao trânsito, desde as 05:00, com exceção para os veículos de emergência, polícia e transporte coletivo de passageiros, tendo sido recomendada a utilização dos transportes públicos. A Avenida Fontes Pereira de Melo, Saldanha e Avenida da República estão condicionadas, uma vez que os taxistas ficam estacionados nas faixas ‘bus’.

Os autocarros de e para o Aeroporto de Lisboa estão ajustados, sendo reforçadas as carreiras 783 da Carris (Aeroporto-Marquês de Pombal) e os Aerobus 1 e 2 da Carristur. O Metropolitano de Lisboa irá monitorizar a evolução da procura e, se necessário, efetuará um aumento de oferta na medida dos recursos disponíveis.

No Porto, as viaturas concentram-se na Avenida dos Aliados, desde as 06:00, e em Faro o protesto arrancou pelas 07:00, na Estrada Nacional 125-10, junto ao aeroporto.

A legislação foi promulgada pelo Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, em 31 de agosto. A entrada em vigor acontece em 01 de novembro, mas o setor do táxi marcou a manifestação precisamente com a intenção de que esta não venha a ser aplicada.

Os representantes do setor do táxi enviaram à Assembleia da República um pedido para serem hoje recebidos pelos deputados, a quem vão pedir que seja iniciado o procedimento de fiscalização sucessiva da constitucionalidade do diploma e que, até à pronúncia do Tribunal Constitucional, se suspendam os efeitos deste, “por forma a garantir a paz pública”.

Um dos principais ‘cavalos de batalha’ dos taxistas é o facto de na nova regulamentação as plataformas não estarem sujeitas a um regime de contingentes, ou seja, a existência de um número máximo de carros por município ou região, como acontece com os táxis.

A dois dias da manifestação, o Governo enviou para as associações do táxi dois projetos que materializam alterações à regulamentação do setor do táxi, algo que os taxistas consideraram “muito poucochinho”, defendendo que o objetivo do Governo foi “desviar as atenções” da concentração nacional de hoje.

nbsp| RÁDIO REGIONAL

LUSA

VEJA AINDA:

PORTO: TESTES ANTIGÉNIO GRÁTIS DENTRO DE DOIS OU TRÊS DIAS — RUI MOREIRA

Lusa

FC PORTO: RELATÓRIO DE CONTAS 2020/21 APROVADO POR MAIORIA

Lusa

DOZE MUNICÍPIOS FORMALIZAM CANDIDATURA A CAPITAL EUROPEIA DA CULTURA EM 2027

Lusa

TORRES VEDRAS: SURTO DE COVID-19 NA AUTARQUIA COM 27 INFETADOS

Lusa

COVID-19: MELANIE C CANCELA DIGRESSÃO QUE ARRANCAVA EM LISBOA (EX SPICE GIRLS)

Lusa

LISBOA: TRABALHADORES DA RODOVIÁRIA EM GREVE NA QUINTA E SEXTA-FEIRA

Lusa

Moschee Teppich

Moschee teppiche werden nicht kurzfristig gewechselt, d.h. das ein Moschee teppich sehr hohe Anforderungen erfüllen muβ. Speziell entworfene Moschee Teppiche zeichnen sich durch Design und Farben aus. Mit der Weiterentwicklung der Technologie werden heute Tausende von Farben und Modellen in Teppichen hergestellt, die mit Moscheen kompatibel sind.

100% Reine Schurwollteppich kaufen: Schurwollteppiche sind Schwerentflammbar, Robust, Strapazierfahig, Antibakteriel und Schmuzabweisend.

Canlı Maç Sonuçları Run 3 Play Snake Friv Atari Breakout cookie clicker unblocked games Düğün Paketleri uygunsigara.com/ Umzug Basel
saç ekimi hair transplant
Umzug Basel
seslendirme santral anons santral seslendirme