Ligue-se a nós

DESPORTO

ATLETISMO: LESÃO AFASTA SARA MOREIRA

A portuguesa Sara Moreira lamentou esta terça-feira a lesão que a impede de disputar a prova de 10.000 metros dos Mundiais de atletismo, em Londres, assumindo o sofrimento para alcançar um bom nível competitivo.

Online há

em

mundiais-atletismo-lesao-afasta-sara-moreira

A portuguesa Sara Moreira lamentou esta terça-feira a lesão que a impede de disputar a prova de 10.000 metros dos Mundiais de atletismo, em Londres, assumindo o sofrimento para alcançar um bom nível competitivo.

Segundo a Federação Portuguesa de Atletismo (FPA), a atleta sofreu uma entorse na tibiotársica direita com rotura do ligamento talofibular anterior, ficando de fora do primeiro grupo que viajou hoje de Lisboa para Londres, onde vão ser disputados os Mundiais, entre sexta-feira e 13 de Agosto.

Após exames feitos na segunda-feira, a avaliação feita pelo departamento médico da FPA determinou que a lesão não é recuperável até sábado, dia da prova dos 10.000 metros.

A atleta natural de Santo Tirso, de 31 anos, sagrou-se campeã da Europa na meia-maratona, em 2016, ano em que desistiu da maratona olímpica devido a uma fractura de stress, distância em que foi quarta em Nova Iorque em 2015, depois de ter sido terceira em 2014.

Antes, em 2013, conquistou o título mundial em pista coberta nos 3.000 metros, além de ter sido 14.ª nos 10.000 metros em Londres2012 e 22.ª nos 3.000 metros obstáculos em Pequim2008.

“Eu sofri muito esta época e não sei o que falhou desta vez”

“Eu queria muito que os meus novos sapatos pisassem o estádio olímpico, dessem orgulhosamente 25 voltas e me fizessem feliz. Eu sofri muito esta época para chegar ao nível mundial e não sei o que falhou desta vez, mas um entorse no pé direito, acompanhado de rotura do ligamento talofibular anterior, faz com que acompanhe o Campeonato do Mundo do lado de cá. Desejo a maior força aos meus colegas e início a recuperação para voltar o mais rápido possível”, escreveu Sara Moreira na sua página no Facebook.

Segundo a Federação Portuguesa de Atletismo (FPA), Sara Moreira sofreu uma entorse na tibiotársica direita com rotura do ligamento talofibular anterior, ficando de fora do primeiro grupo que viajou hoje de Lisboa para Londres, onde vão ser disputados os Mundiais, entre sexta-feira e 13 de agosto.

Após exames feitos na segunda-feira, a avaliação feita pelo departamento médico da FPA determinou que a lesão não é recuperável até sábado, dia da prova dos 10.000 metros.

Sara Moreira, que também detinha mínimos para a maratona, deixa Carla Salomé Rocha como única representante lusa na prova dos 10.000 metros, reduzindo a comitiva portuguesa para 21 atletas.

A atleta natural de Santo Tirso, de 31 anos, sagrou-se campeã da Europa na meia-maratona, em 2016, ano em que desistiu da maratona olímpica, devido a uma fratura de stress, distância em que foi quarta em Nova Iorque em 2015, depois de ter sido terceira em 2014.

Antes, em 2013, conquistou o título mundial em pista coberta nos 3.000 metros, além de ter sido 14.ª nos 10.000 metros em Londres2012 e 22.ª nos 3.000 metros obstáculos em Pequim2008.

DESPORTO

MUNDIAL 2022: INGLATERRA E ESTADOS UNIDOS SEGUEM PARA OS ‘OITAVOS’

A Inglaterra, ao bater o País de Gales por 3-0, e os Estados Unidos, com um triunfo por 1-0 sobre o Irão, de Carlos Queiroz, qualificaram-se hoje para os oitavos de final do Mundial de futebol de 2022.

Online há

em

blank

A Inglaterra, ao bater o País de Gales por 3-0, e os Estados Unidos, com um triunfo por 1-0 sobre o Irão, de Carlos Queiroz, qualificaram-se hoje para os oitavos de final do Mundial de futebol de 2022.

Na terceira jornada do Grupo B, as quatro seleções partiram com hipóteses, com os ingleses a conseguirem o primeiro lugar, ao vencerem os vizinhos galeses com tentos de Marcus Rashford, aos 50 e 68 minutos, e Phil Foden, aos 51.

O segundo lugar, também premiado, foi para os norte-americanos, que ‘vingaram’ o desaire (1-2) de 1998 com um tento de Christian Pulisic, aos 38 minutos. Saiu lesionado do lance e acabou substituído ao intervalo.

Nos ‘oitavos’, a Inglaterra vai defrontar o Senegal, no domingo, enquanto os Estados Unidos vão medir forças com os Países Baixos, no sábado. Também já garantiram o apuramento França, Brasil e Portugal.

LER MAIS

DESPORTO

SPORTING RENOVA COM TREINADOR RÚBEN AMORIM ATÉ 2026

O Sporting renovou o contrato do treinador Rúben Amorim, que levou o clube ao título nacional de futebol na época 2020/21, até 2026, anunciou hoje o emblema ‘verde e branco’ em comunicado enviado à CMVM.

Online há

em

blank

O Sporting renovou o contrato do treinador Rúben Amorim, que levou o clube ao título nacional de futebol na época 2020/21, até 2026, anunciou hoje o emblema ‘verde e branco’ em comunicado enviado à CMVM.

Numa nota enviada à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a SAD ‘leonina’, liderada por Frederico Varandas, dá nota da renovação do vínculo “por mais duas épocas desportivas, ou seja, até 30 de junho de 2026”.

Amorim, de 37 anos, conquistou a I Liga em 2021, quebrando o ‘jejum’ de 19 anos dos ‘leões’, somando-lhe uma Supertaça Cândido de Oliveira e duas Taças da Liga, assinando agora novo contrato que prolonga a ligação entre as duas partes.

Este ano, o emblema lisboeta é quarto classificado no campeonato, foi eliminado da Taça de Portugal, prepara-se para arrancar a participação na Taça da Liga e ‘caiu’ para a Liga Europa, após a fase de grupos da Liga dos Campeões.

LER MAIS

DESPORTO

MUNDIAL 2022: PAÍSES BAIXOS E SENEGAL APURAM-SE PARA OS OITAVOS

Os Países Baixos, ao baterem o Qatar por 2-0, e o Senegal, vencedor por 2-1 face ao Equador, qualificaram-se hoje para os oitavos de final do Mundial de futebol de 2022, na terceira jornada do Grupo A.

Online há

em

blank

Os Países Baixos, ao baterem o Qatar por 2-0, e o Senegal, vencedor por 2-1 face ao Equador, qualificaram-se hoje para os oitavos de final do Mundial de futebol de 2022, na terceira jornada do Grupo A.

Cody Gapko, que marcou pelo terceiro jogo consecutivo, aos 26 minutos, e Frankie de Jong, aos 49, selaram o triunfo da seleção ‘laranja’, que venceu o agrupamento, enquanto o Qatar, com o terceiro desaire, confirmou-se como o pior anfitrião da história.

Por seu lado, o Senegal venceu o Equador por 2-1, com tentos de Ismaila Sarr, aos 44 minutos, de penálti, e Kalidou Koulibaly, aos 70, contra um de Moisés Caicedo, que, aos 67, ainda restabeleceu a igualdade, que chegava aos sul-americanos.

Na classificação, a Holanda (sete pontos) e o Senegal (seis) conseguiram os dois primeiros lugares e juntaram-se nos ‘oitavos’ a França, Brasil e Portugal, apurados após duas rondas, enquanto o Equador foi eliminado ao ser terceiro (quatro).

LER MAIS

DESPORTO

MUNDIAL 2022: TECNOLOGIA CONFIRMA QUE RONALDO NÃO TOCOU NA BOLA

A tecnologia instalada nas bolas de futebol do Mundial2022 do Qatar revela que Cristiano Ronaldo não teve qualquer contacto com o esférico no primeiro golo de Portugal no triunfo por 2-0 sobre o Uruguai.

Online há

em

blank

A tecnologia instalada nas bolas de futebol do Mundial2022 do Qatar revela que Cristiano Ronaldo não teve qualquer contacto com o esférico no primeiro golo de Portugal no triunfo por 2-0 sobre o Uruguai.

“Usando a Connected Ball Technology alojada na bola da Adidas, conseguimos definitivamente provar que não houve qualquer contacto de Cristiano Ronaldo com a bola no primeiro golo do jogo entre Portugal e o Uruguai”, esclareceu a FIFA, ao canal ESPN, em nome da Adidas.

O primeiro tento da partida do Grupo H surgiu aos 54 minutos, num cruzamento de Bruno Fernandes que o capitão luso tentou desviar, contudo, sem sucesso, ainda assim enganando o guarda-redes, que não se fez ao lance.

“O sensor IMU de 500 Hz dentro da bola permite-nos ser altamente precisos na nossa análise”, reforça a Adidas, segura de que “nenhuma força externa” foi detetada na bola.

Inicialmente, a FIFA indicou o golo como sendo de Cristiano Ronaldo, porém, rapidamente corrigiu essa indicação, atribuindo-o a Bruno Fernandes, que também marcou o segundo, aos 90+3, na conversão de uma grande penalidade.

Cristiano Ronaldo celebrou o golo como sendo o seu autor e no fim da partida fez gestos indicando de que teria desviado a bola, enquanto Bruno Fernandes e o selecionador Fernando Santos relevaram a situação, não estando totalmente seguros e privilegiando o resultado positivo que coloca Portugal na liderança isolada do grupo.

“Celebrei como se fosse golo do Cristiano. Pareceu-me que ele tinha tocado na bola. O meu objetivo era cruzar a bola para ele. Estamos felizes com a vitória independentemente de quem marcou. O mais importante é que alcançamos o nosso objetivo, que é estar na próxima fase”, disse Bruno Fernandes, no fim.

A tecnologia instalada na bola permite fornecer dados em tempo real aos árbitros e VAR, ajudando assim a melhorar a qualidade e velocidade das tomadas de decisão.

Na sexta-feira, frente à Coreia do Sul orientada pelo português Paulo Bento, antigo selecionador luso, Cristiano Ronaldo, que disputa o seu quinto mundial, vai ter uma nova oportunidade de marcar, sendo que, se o fizer, igualará Eusébio, que apenas competiu em Inglaterra1966, como o maior goleador português na história dos mundiais, com nove golos.

blank

LER MAIS

JORNAL ONLINE

blank

DESPORTO DIRETO

MUSICBOX

EMISSÃO NACIONAL





EMISSÃO REGIONAL










WEBRÁDIOS TEMÁTICAS MUSICAIS










LINHA CANCRO

PAGAMENTO PONTUAL

KEYWORDS

MAIS LIDAS