Connect with us

ARTE & CULTURA

“OS MAIAS” PODERÁ DEIXAR DE SER DE LEITURA OBRIGATÓRIA NAS ESCOLAS

“Os Maias” vão deixar de ser leitura obrigatória no ensino secundário. Mas para além do romance de Eça de Queirós há ainda alterações na poesia e na narrativa.

Datas:

em

O plano de leitura obrigatória deverá sofrer alterações no próximo ano letivo e o romance “Os Maias” passará a ser opcional. Em causa está a proposta das chamadas aprendizagens essenciais para a disciplina de Português do ensino secundário avançada pelo jornal Público.

No documento que está em consulta pública até ao próximo dia 27 de julho é possível perceber que Eça de Queirós continuará a ser lido no 11.º ano, mas os professores e alunos poderão escolher “um romance” do escritor português, podendo não ser “Os Maias” ou “A Ilustre Casa de Ramires”.

Para além destas duas obras, na mesma proposta refere-se ainda que deve ser escolhida “uma obra narrativa” entre Almeida Garrett, Alexandre Herculano ou Camilo Castelo Branco. E no caso da poesia devem ser estudados “três poemas” de Antero de Quental ou Cesário Verde.

Estas mudanças vêm substituir as metas curriculares que haviam sido aprovadas por Nuno Crato no Governo PSD/CDS, tendo em conta que já foi colocada em prática em 230 escolas integradas projecto-piloto da flexibilidade curricular.

SECRETÁRIO DE ESTADO ESCLARECE:

O secretário de Estado da Educação lembra que a obra de Eça de Queirós “Os Maias” já não eram de leitura obrigatória, “na medida em que as escolas podiam optar entre ‘os Maias’ e a ‘Ilustre Casa de Ramires’”. “O que é dito nas aprendizagens é que o Eça de Queirós se mantém como autor de leitura obrigatória, mas não vinculado necessariamente a uma obra”, acrescenta.

PUBLICIDADE
OUVIR A RÁDIO REGIONAL AQUI
CLIQUE PARA COMENTAR

DEIXE O SEU COMANTÁRIO

O seu endereço de email não será publicado.

PUBLICIDADE MUSICBOX

OUVIR RÁDIO

OUVIR MÚSICA

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

SOCIEDADEPublicado há 6 horas

FURACÃO LESLIE: IPMA CONFIRMA VENTOS DE 180 A 190 KM/H

A passagem da tempestade tropical Leslie nas zonas mais afetadas de Portugal terá causado ventos de 180 a 190 quilómetros/hora,...

REGIÕESPublicado há 7 horas

LISBOA: GREVE NO METRO SEM SERVIÇOS MÍNIMOS

O tribunal arbitral decidiu não decretar serviços mínimos para a circulação de composições durante a greve parcial que os trabalhadores...

REGIÕESPublicado há 9 horas

FURACÃO LESLIE: COLHEITA DE MILHO NO BAIXO MONDEGO EM RISCO

Cerca de 50% da colheita dos nove mil hectares de campos de milho no Baixo Mondego está em risco devido...

ECONOMIA & FINANÇASPublicado há 13 horas

VEM AI MAIS UM “IMPOSTO” CHAMADO: TAXA DE PROTEÇÃO CIVIL

O Governo pretende criar uma contribuição municipal de proteção civil a suportar pelos proprietários de prédios urbanos e rústicos, de...

REGIÕESPublicado há 1 dia

MACEDO DE CAVALEIROS REFORÇA APOIO AOS BOMBEIROS

A Câmara de Macedo de Cavaleiros vai reforçar em 35 mil o apoio financeiro aos bombeiros voluntários do concelho, prevendo...

REGIÕESPublicado há 1 dia

FURACÃO LESLIE: PREJUÍZOS DE 1,5 MILHÕES EM CONDEIXA-A-NOVA

A tempestade Leslie, que atingiu, sobretudo, a região Centro, provocou estragos superiores a 1,5 milhões de euros nos equipamentos municipais...

JUSTIÇAPublicado há 1 dia

JOÃO RENDEIRO CONDENADO A 5 ANOS DE PRISÃO

O antigo presidente Banco Privado Português (BPP) João Rendeiro foi hoje condenado a cinco anos de prisão com pena suspensa...

REGIÕESPublicado há 2 dias

FURACÃO LESLIE: ALUNOS NA FIGUEIRA DA FOZ SEM AULAS

O vereador da Educação da Figueira da Foz, Nuno Gonçalves, disse hoje à agência Lusa que na segunda-feira não haverá...

SOCIEDADEPublicado há 2 dias

FURACÃO LESLIE “DESLIGA” 50 MIL CLIENTES MEO

A Altice Portugal disse hoje que cerca de 50 mil clientes da rede fixa estão com serviços afetados, na sequência...

REGIÕESPublicado há 2 dias

FURACÃO LESLIE DERRUBA ESTAÇÃO EMISSORA DE RÁDIO

Também a comunicação social foi vítima do Furacão Leslie. Na Região Centro a tempestade derrubou a estação emissora da Rádio...

PUBLICIDADE LINHA CANCRO

AS MAIS LIDAS