Ligue-se a nós

DESPORTO

PORTIMONENSE X FC PORTO: ANÁLISE DE JOSÉ AUGUSTO SANTOS

FC Porto a dar sequência a uma excelente fase no aspeto psicológico, com domínio total só resolveu o jogo na 2ª parte porque lhe continua a faltar eficácia, para a qualidade ofensiva que tem desde que Sérgio Conceição alterou a estrutura tática com o novo posicionamento de Pepê e a inclusão no 11 titular de Francisco Conceição e Nico González.

Online há

em

FC Porto a dar sequência a uma excelente fase no aspeto psicológico, com domínio total só resolveu o jogo na 2ª parte porque lhe continua a faltar eficácia, para a qualidade ofensiva que tem desde que Sérgio Conceição alterou a estrutura tática com o novo posicionamento de Pepê e a inclusão no 11 titular de Francisco Conceição e Nico González.

Portimonense continua a demonstrar falta de soluções na sua organização ofensiva e no jogo de hoje também cometeu alguns erros defensivos. Nem a grande capacidade de Dener e de Carlinhos, a velocidade de Hélio Varela ou a regularidade e consistência defensiva habitualmente dada pelos centrais, Alemão e Filipe Relvas conseguiu sobressair, tão evidente foi o domínio portista. Não poder utilizar Pedrão, que está a fazer excelente época, serve de atenuante, mas na minha opinião a falta de agressividade, intensidade e capacidade para ter posse de bola, foi o grande fator de desequilíbrio.

Pepê neste novo posicionamento no triângulo do meio-campo é decisivo na forma como transporta a bola e como consegue desbaratar qualquer defesa em ações individuais ou na criação de vantagens numéricas. Forma com Francisco Conceição e João Mário uma ala direita difícil de contrariar e em quase todos os jogos poderá ter capacidade para se isolar. Precisa de melhorar o último passe e finalizar mais vezes como fez no 3º golo para se transformar num jogador de seleção. Nico González começa a assumir-se como um médio completo com capacidade para aparecer no ataque a desequilibrar e finalizar e forma com Varela e Pepé um trio de meio-campo de grande capacidade defensiva e dinâmica ofensiva. Galeno continua a ser decisivo com os seus golos e no jogo de hoje nem foi preciso que Evanilson, que não tem o faro de golo dos grandes goleadores portistas, como Fernando Gomes, Jardel ou Falcão, mas é um excelente avançado, fizesse uma grande exibição.

O Arsenal será um excelente teste ao bom momento portista, porque o grau de dificuldade é máximo, a jogar em Londres, continua favorito apesar da desvantagem na eliminatória, mas pode ter uma maior oposição do que a prevista, porque a equipa azul e branca com vários jogadores em bom momento, pode, se conseguir bloquear Saka, Martinelli e Odegaard, surpreender.

Boa arbitragem de Artur Soares Dias.


José Augusto Santos, Comentador Desportivo e Treinador de Futebol Nível IV UEFA Pro.

Publicidade

HELPO, EU CONSIGNO EU CONSIGO, IRS 2024
ASSOCIAÇÃO SALVADOR, HÁ 20 ANOS A TIRAR SONHOS DO PAPEL

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

DESPORTO

PRIMEIRA LIGA: PORTO EMPATA COM FAMALICÃO E ESTÁ FORA DA PRÓXIMA “CHAMPIONS” (VÍDEO)

O FC Porto voltou a ceder pontos em casa, ao empatar hoje 2-2 na receção ao Famalicão, em jogo da 29.ª jornada da I Liga de futebol, que deixa os ‘dragões’ fora da corrida aos dois primeiros lugares.

Online há

em

O FC Porto voltou a ceder pontos em casa, ao empatar hoje 2-2 na receção ao Famalicão, em jogo da 29.ª jornada da I Liga de futebol, que deixa os ‘dragões’ fora da corrida aos dois primeiros lugares.

Um ‘bis’ de Jhonder Cádiz, aos nove e 45+1 minutos, permitiram à equipa famalicense, que vinha de dois triunfos consecutivos e chegou ao quarto jogo seguido sem perder, atingir o intervalo em vantagem por 2-1, depois de Zaydou ter feito na própria baliza o primeiro golo do FC Porto, aos 17.

Os ‘dragões’, que somaram o terceiro jogo seguido sem vencer, o segundo em casa, ainda chegaram à igualdade por Mehdi Taremi, aos 82, tendo ficado reduzidos a 10 aos 90+3, por expulsão de Evanilson.

Com este empate, o FC Porto manteve o terceiro lugar, com 59 pontos, menos 15 do que o líder Sporting e oito do que o segundo classificado Benfica, ambos com menos um jogo do que os ‘dragões’, que podem ainda ser alcançados pelo Sporting de Braga, formação que joga ainda hoje em casa do Estoril Praia, enquanto o Famalicão segue num tranquilo oitavo posto, com 35 pontos.

Fonte: Vídeo Sport TV

LER MAIS

DESPORTO

GIL VICENTE FC X SPORTING CP: ANÁLISE DE JOSÉ AUGUSTO SANTOS

Foi praticamente um passeio a Barcelos que o Sporting fez na caminhada para o vigésimo título que só a matemática diz que ainda não está conquistado.

Online há

em

Foi praticamente um passeio a Barcelos que o Sporting fez na caminhada para o vigésimo título que só a matemática diz que ainda não está conquistado.

Foi um Sporting em gestão defensiva com Ruben Amorim a não utilizar Coates, St. Juste e Matheus Reis e mesmo assim não sofreu golos em Barcelos, porque se organizou bem defensivamente e porque o Gil foi pouco agressivo no seu momento ofensivo. Do meio-campo para a frente o Sporting utilizou os melhores disponíveis, manteve uma forte dinâmica e velocidade de circulação, a capacidade concretizadora que tem manifestado esta época em que se arrisca a superar marcas impensáveis no futebol atual e com Trincão inspirado foi com naturalidade que foi construindo uma vitória sem margem para dúvidas.

O Gil demonstrou estar a precisar urgentemente de treinador e a tarefa de Tozé Marreco, contratado esta semana ao Tondela não se afigura fácil, apesar da qualidade individual do plantel gilista. Neste jogo a desinspiração foi geral, cometeu vários erros que resultaram em golo do Sporting e nenhum individualmente sobressaiu. Demonstrou debilidades defensivas e ofensivas tendo feito, provavelmente um dos piores jogos desta época.

Uma palavra especial para o guarda-redes Andrew que apesar de perder a sua mãe quis ajudar o grupo e o clube neste momento complicado.

Numa excelente exibição coletiva, elejo Trincão como o melhor em campo. Atravessa um dos melhores momentos da sua carreira e neste jogo fez a diferença, Gyokeres merecia ter marcado e Daniel Bragança começa a questionar a titularidade de Morita, que também fez um excelente jogo, ao lado do indiscutível Hjulmand, hoje não utilizado por motivos disciplinares. Diomande foi o melhor da defesa. E Pedro Gonçalves tem incríveis argumentos técnicos, o cruzamento de primeira, com o pé esquerdo para o cabeceamento de Gyokeres é sublime.

Andrew merece uma palavra de conforto e força numa das fases mais difíceis da nossa existência. Gabriel Pereira e Félix Correia salvaram-se no naufrágio geral da equipa gilista.

Jogo fácil para o árbitro Manuel de Oliveira.

Fotografia que o Guarda-redes Andrew publicou nas redes sociais em homenagem à sua mãe falecida. Apesar do infortúnio, o atleta decidiu ir a jogo e cumprir o seu dever.


José Augusto Santos, Comentador Desportivo e Treinador de Futebol Nível IV UEFA Pro.

Fonte: Vídeo Sport TV

LER MAIS
RÁDIO ONLINE
ASSOCIAÇÃO SALVADOR, HÁ 20 ANOS A TIRAR SONHOS DO PAPEL

LINHA CANCRO
DESPORTO DIRETO
A RÁDIO QUE MARCA GOLOS
PORTO X VIZELA




A RÁDIO QUE MARCA GOLOS
AROUCA X SPORTING




A RÁDIO QUE MARCA GOLOS
PORTO X BENFICA




RÁDIO REGIONAL NACIONAL: SD | HD



RÁDIO REGIONAL VILA REAL


RÁDIO REGIONAL CHAVES


RÁDIO REGIONAL BRAGANÇA


RÁDIO REGIONAL MIRANDELA


MUSICBOX

WEBRADIO 100% PORTUGAL


WEBRADIO 100% POPULAR


WEBRADIO 100% BRASIL


WEBRADIO 100% ROCK


WEBRADIO 100% OLDIES


WEBRADIO 100% LOVE SONGS


WEBRADIO 100% INSPIRATION


WEBRADIO 100% DANCE


FABIO NEURAL @ ENCODING

KEYWORDS

ASSOCIAÇÃO SALVADOR, HÁ 20 ANOS A TIRAR SONHOS DO PAPEL
NARCÓTICOS ANÓNIMOS
PAGAMENTO PONTUAL


MAIS LIDAS