Ligue-se a nós

DESPORTO

BENFICA X PORTO: ANÁLISE DE JOSÉ AUGUSTO SANTOS

Todas as semanas a análise de José Augusto Santos, Comentador Desportivo e Treinador de Futebol Nível IV UEFA Pro.

Online há

em

Porto ligeiramente superior na 1 ª parte e Benfica melhor na 2ª. Porto a entrar bem, mais agressivo e rápido em posse de bola. Controlou a 1ª parte mesmo depois de ficar em inferioridade numérica, mas não conseguiu marcar. Muitas dificuldades do Benfica em articular o seu jogo ofensivo. Algumas situações de jogo direto que provocaram a expulsão de Fábio Cardoso e o amarelo a David Carmo, mas globalmente uma exibição fraca do Benfica na 1ª parte.

Roger Schmidt alterou a forma como o Benfica atuou, assumindo a posse de bola, passando a jogar em ataque organizado, dando largura ao seu jogo ofensivo e velocidade promovendo ações de 1×1 promovendo e aproveitando o desgaste de alguns jogadores do Porto que não conseguiram ser tão solidários e pressionantes e foi com naturalidade que o Benfica conseguiu chegar ao golo que acontece por mérito da ação individual de Neres da leitura de Di Maria que se posicionou onde teria de estar, e algum azar dos jogadores do Porto nomeadamente nos ressaltos no cruzamento e no remate de Di Maria que ao desviar em Wendell retirou Diogo Costa da jogada.

Bem no jogo Neres e João Neves que beneficiou da grande preocupação de Alan Varela e Eustáquio na ocupação dos espaços onde aparecia Rafa, o pior do Benfica neste jogo. No Porto Diogo Costa e Pêpê enquanto teve capacidade física foram os melhores.

Notas para a segurança de Trubin e para a boa parte inicial de Romário Baró, que apesar de bem substituído em função da necessidade do equilíbrio tático, estava a ser o melhor médio do Porto.

Roger Schmidt bem na forma como geriu a vantagem numérica e as alterações que fez em função do que o jogo pedia. A utilização de Neres e Di Maria pode estar em causa quando o adversário tem mais posse de bola, mas é inegável que nos jogos em que o Benfica tiver mais posse ou estiver em vantagem numérica, os dois podem coabitar e serão importantes para desmontar boas estratégias defensivas contrárias porque são jogadores rápidos, talentosos, fortes no 1×1 e com ótima tomada de decisão.

Sérgio Conceição demorou a alterar com alguns jogadores muito degastados pelo muito que correram na 1ª parte e pelos muitos minutos em inferioridade numérica e poderia na fase do tudo ou nada ter colocado em campo Toni Martinez que é o jogador mais eficaz do FC Porto a partir do banco e o Porto, naquela fase, não precisava de jogar bem, precisava de marcar.
O maior desafio para SC será com os muitos médios que o FCP tem, conseguir ter um meio-campo que consiga ser dominador e pressionante, tão do seu agrado, como era com Uribe e Otávio.

João Pinheiro não esteve bem, nem para portistas nem para benfiquistas, os critérios atuais não favorecem a intervenção dos árbitros.

É nítido e evidente, para mim, que sempre que o jogador jogue primeiro a bola não deverá haver marcação de faltas, ao contrário do que são as determinações do IFAB que juntamente com a TV estão a transformar o futebol num jogo de matraquilhos em que os jogadores não se podem tocar, nem confrontar. É uma determinação a rever porque o contacto pós toque na bola na maioria das vezes é inevitável., vide “entradas de carrinho”. A agressividade com lealdade favorece o espetáculo e a competitividade entre adversários.

No lance de Fábio Cardoso com Neres, benefício da dúvida para João Pinheiro. O amarelo também podia ser opção e não prejudicava o jogo. Errou no amarelo a David Carmo porque não há falta e no suposto penalti sobre Taremi, Trubin também não faz falta.


José Augusto Santos, Comentador Desportivo e Treinador de Futebol Nível IV UEFA Pro.

DESPORTO

EURO 2024: PORTUGAL ESTREIA-SE A VENCER A REPÚBLICA CHECA NOS “DESCONTOS”

A seleção portuguesa de futebol estreou-se hoje a ganhar no Euro2024, ao vencer a República Checa por 2-1, com reviravolta selada nos descontos, em encontro da primeira jornada do Grupo F, disputado em Leipzig, na Alemanha.

Online há

em

A seleção portuguesa de futebol estreou-se hoje a ganhar no Euro2024, ao vencer a República Checa por 2-1, com reviravolta selada nos descontos, em encontro da primeira jornada do Grupo F, disputado em Leipzig, na Alemanha.

A formação checa adiantou-se no marcador aos 62 minutos, por Lukás Provod, mas a formação das ‘quinas’ respondeu com um autogolo de Robin Hranác, aos 69, e um tento do suplente Francisco Conceição, aos 90+2.

Portugal juntou-se, assim, na liderança do agrupamento à Turquia, que no outro encontro da ronda inaugural, disputado em Dortmund, venceu a estreante Geórgia por 3-1.

LER MAIS

DESPORTO

EURO 2024: PEPE É O MAIS VELHO DE SEMPRE A JOGAR NUM CAMPEONATO EUROPEU

O internacional português Pepe tornou-se hoje o jogador mais velho a disputar um jogo na fase final de um Campeonato da Europa de futebol, batendo o recorde que estava na posse do guarda-redes húngaro Gábor Király.

Online há

em

O internacional português Pepe tornou-se hoje o jogador mais velho a disputar um jogo na fase final de um Campeonato da Europa de futebol, batendo o recorde que estava na posse do guarda-redes húngaro Gábor Király.

Ao ser titular na defesa lusa na estreia de Portugal no Euro2024, em Leipzig, frente à República Checa, em jogo da ronda inaugural do Grupo F, Pepe, com 41 anos e 113 dias, é o novo recordista, deixando para trás os 40 anos e 86 dias de Király.

O guarda-redes magiar era o mais velho a jogar na prova continental, depois de alinhar nos oitavos de final do Euro2016, frente à Bélgica, numa partida em que a Hungria foi derrotada por 4-0.

O defesa central luso atingiu ainda outro registo histórico, ao jogar em cinco fases finais de Europeus, sendo apenas superado por Cristiano Ronaldo, que, com a presença de hoje, passou a ter jogos em seis edições.

O central do FC Porto estreou-se em Europeus em 2008 e depois estava presente em 2012, em 2016, no qual Portugal conquistou o título, em 2020, que foi disputado em 2021 devido à pandemia de covid-19, e agora em 2024, tendo jogado em todas as edições.

Portugal defrontar a República Checa na Red Bull Arena, em Leipzig, com arbitragem do italiano Marco Guida.

Além dos checos, no agrupamento, Portugal defronta ainda a Turquia (no sábado, em Dortmund) e a Geórgia (no dia 26, em Gelsenkirchen), num Grupo F que arrancou hoje em Dortmund, com o triunfo dos turcos sobre os estreantes georgianos por 3-1.

LER MAIS
Subscrever Canal WhatsApp
RÁDIO ONLINE
ASSOCIAÇÃO SALVADOR, HÁ 20 ANOS A TIRAR SONHOS DO PAPEL

LINHA CANCRO
DESPORTO DIRETO

RÁDIO REGIONAL NACIONAL: SD | HD



RÁDIO REGIONAL VILA REAL


RÁDIO REGIONAL CHAVES


RÁDIO REGIONAL BRAGANÇA


RÁDIO REGIONAL MIRANDELA


MUSICBOX

WEBRADIO 100% PORTUGAL


WEBRADIO 100% POPULAR


WEBRADIO 100% LOVE SONGS


WEBRADIO 100% BRASIL


WEBRADIO 100% OLDIES


WEBRADIO 100% ROCK


WEBRADIO 100% DANCE


WEBRADIO 100% INSPIRATION

KEYWORDS

FABIO NEURAL @ ENCODING


NARCÓTICOS ANÓNIMOS
PAGAMENTO PONTUAL


MAIS LIDAS