Ligue-se a nós

REGIÕES

PORTUGAL FASHION RECEBEU 44 MIL VISITANTES E PERSPECTIVAS DE NOVOS APOIOS

O Portugal Fashion terminou este sábado, após receber quase 44 mil visitantes nos quatro dias, com o secretário de Estado do Comércio, Serviços e Defesa do Consumidor a prometer a “continuação de um apoio sólido” ao setor.

Online há

em

O Portugal Fashion terminou este sábado, após receber quase 44 mil visitantes nos quatro dias, com o secretário de Estado do Comércio, Serviços e Defesa do Consumidor a prometer a “continuação de um apoio sólido” ao setor.

A organização do 45.º Portugal Fashion avançou à agência Lusa que esta edição recebeu perto de 44 mil visitantes nos quatro dias do evento de moda, um número que supera o da última edição, que registou cerca de 37 mil pessoas em quatro dias.

O último dia da Semana da Moda do Porto arrancou no seu ‘quartel general’, na Alfândega do Porto com as coleções das estilistas portuguesas Alexandra Moura e Susana Bettencourt, inspiradas nos bacalhoeiros e no “síndrome do pensamento acelerado”, respetivamente, e encerrou com a nova coleção da dupla Alves/Gonçalves que trouxe à passarela uma “atmosfera mais íntima e ‘underground’”.

Depois de fazer parte do calendário oficial da Semana da Moda de Milão (em fevereiro passado), Alexandra Moura apresentou a sua coleção “Gadidae”, composta por 40 coordenados inspirados na “dureza” da vida dos pescadores e no lado “romântico e delicado” de quem fica em terra.

À Lusa, a estilista adiantou que, na sua coleção, o contraste da história de “quem vai” (pescadores) e “quem vê partir” (as suas mulheres) foi conseguido através da escolha dos próprios tecidos, alternando materiais mais “pesados e rudes” com “roupa feminina mais leve e quase considerada interior”.

Já a ‘designer’ Susana Bettencourt não deixou a passarela indiferente à sua coleção verão/inverno “Super Humano – Hora de Mudar”, coleção que a estilista “guardou em segredo” e que, composta por 40 coordenados, pretende honrar todos os que vivem “nesta era que é de mudança”.

“É um alerta e chamada de atenção de que é preciso criar mecanismos na escola e em casa, e principalmente para os adolescentes”, salientou Susana Bettencourt, adiantando que nesta coleção decidiu conjugar o símbolo do tempo (relógio) com o “novo super-humano em processo”.

Pela sala principal da Alfândega do Porto desfilaram também coleções de criança, a marca Meam, Pedro Pedro for Galp, Concreto e o setor do calçado e carteiras, com marcas como a Fly London, Rufel, Eureka e Nobrand no ‘lineup’ e Maria Gambina.

Mas foi numa “atmosfera mais íntima e ‘underground’”, criada pela dupla portuguesa Alves/Gonçalves para apresentar a sua coleção para a próxima estação quente, que o 45.º Portugal Fashion encerrou portas.

Com o intuito de seguir o caminho trilhado “em direção a um ‘streetstyle sofisticado'”, os estilistas apresentaram 40 coordenados com novas formas e texturas, com destaque para os vestidos voluptuosos e peças modernas.

“A obrigação de um ‘designer’ de moda é apontar novas direções (…). Seguimos um vestuário que alinha numa ótica da modernidade, desconstrução e, ao mesmo tempo, extremamente sofisticado”, afirmou Manuel Alves.

Também presente na Alfândega do Porto esteve o secretário de Estado do Comércio, Serviços e Defesa do Consumidor, João Torres, que, em declarações à Lusa, afirmou que o setor continuará a “merecer um apoio sólido e muito consciente” por parte do Governo.

“É sempre possível fazer mais e melhor. Estamos muito empenhados em ajudar cada vez mais, através de múltiplas valências, os operadores económicos que querem exportar”, admitiu.

O Portugal Fashion, evento de moda organizado pela Associação Nacional de Jovens Empresários (ANJE), é cofinanciado pelo Portugal 2020, no âmbito do Compete 2020 – Programa Operacional da Competitividade e Internacionalização, com fundos provenientes do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.

REGIÕES

POLÍCIA MARÍTIMA E ACT FISCALIZARAM BARCOS ENTRE MATOSINHOS E PÓVOA DE VARZIM

Treze embarcações de pesca costeira foram fiscalizadas hoje numa ação de fiscalização conjunta da Polícia Marítima e Autoridade para as Condições do Trabalho (ACT), entre a Póvoa de Varzim e Matosinhos, anunciou a Autoridade Marítima Nacional (AMN).

Online há

em

Treze embarcações de pesca costeira foram fiscalizadas hoje numa ação de fiscalização conjunta da Polícia Marítima e Autoridade para as Condições do Trabalho (ACT), entre a Póvoa de Varzim e Matosinhos, anunciou a Autoridade Marítima Nacional (AMN).

Na ação, que teve ainda a colaboração da Unidade de Controlo Costeiro e de Fronteiras (UCCF) da GNR, cujo objetivo principal era “fiscalizar as condições exigidas aos marítimos para o exercício da atividade a bordo das embarcações, (…) foram elaborados onze autos de notícia pela Polícia Marítima”, assinala o comunicado.

Segundo a AMN, os processos foram levantados “devido ao embarque de marítimos sem constar no rol de tripulação, assim como a infrações com a lotação mínima de segurança e falta de habilitação legal, especialmente por não marítimos, para o exercício da atividade da pesca”.

“Foi ainda relevante a verificação das condições de trabalho a bordo, tendo sido efetuadas inúmeras notificações por parte dos elementos da ACT, relacionadas com procedimentos documentais por regularizar. Foi também efetuada a verificação do cumprimento jurídico de entrada e permanência de estrangeiros no território nacional, por parte da UCCF, não tendo sido identificadas quaisquer irregularidades”, prossegue a nota de imprensa.

LER MAIS

REGIÕES

LOURES: AUTARQUIA QUER CONSTRUIR 152 CASAS A PREÇOS CONTROLADOS ATÉ 2026

A Câmara Municipal de Loures pretende construir 152 habitações a preços controlados até 2026 na freguesia de Camarate, num investimento de 22 milhões de euros, disse esta segunda-feira à agência Lusa a vice-presidente da autarquia.

Online há

em

A Câmara Municipal de Loures pretende construir 152 habitações a preços controlados até 2026 na freguesia de Camarate, num investimento de 22 milhões de euros, disse esta segunda-feira à agência Lusa a vice-presidente da autarquia.

É um dos conjuntos habitacionais que nós, neste momento, temos a candidatura submetida ao IHRU [Instituto da Habitação e da Reabilitação Urbana] e que aguardamos a sua aprovação”, explicou à agência Lusa a vice-presidente e também vereadora com o pelouro da Habitação na Câmara Municipal de Loures, Sónia Paixão (PS).

A autarca referiu que a construção deste conjunto habitacional, financiada ao abrigo do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR), ficará situada na proximidade da via rodoviária Eixo Norte/Sul, sendo constituído por oito blocos, com quatro pisos, num total de 16 edifícios e 152 habitações.

Em termos de tipologias, o projeto prevê a construção de 56 T1, 45 T2, 48 T3 e quatro T4. Relativamente a prazos, Sónia Paixão estimou que o início das obras ainda ocorra durante este ano e a conclusão em 2026, num investimento previsto de 22 milhões de euros.

Nós, num conjunto global de candidaturas que apresentamos ao IHRU, apontamos para a construção de mais de 420 novos fogos, para além da reabilitação que anda na ordem dos 1.011 fogos. É o nosso objetivo na concretização da Estratégia Local de Habitação”, sublinhou.

Ainda em matéria de habitação, a autarca afirmou que o município de Loures “está a utilizar todas as ferramentas disponíveis para aumentar a oferta pública”, mas que também está comprometido em prevenir a construção de mais núcleos precários.

“Não podemos de maneira nenhuma compactuar com situações de ilegalidade. Nos núcleos em que sabemos que ainda existem núcleos de construção de grande fragilidade temos feito um acompanhamento e uma monitorização dos mesmos, para que não cresçam”, apontou.

LER MAIS
Subscrever Canal WhatsApp
RÁDIO ONLINE
ASSOCIAÇÃO SALVADOR, HÁ 20 ANOS A TIRAR SONHOS DO PAPEL

LINHA CANCRO
DESPORTO DIRETO
A RÁDIO QUE MARCA GOLOS
FAMALICÃO X SPORTING




A RÁDIO QUE MARCA GOLOS
PORTO X VIZELA




A RÁDIO QUE MARCA GOLOS
AROUCA X SPORTING




A RÁDIO QUE MARCA GOLOS
PORTO X BENFICA




RÁDIO REGIONAL NACIONAL: SD | HD



RÁDIO REGIONAL VILA REAL


RÁDIO REGIONAL CHAVES


RÁDIO REGIONAL BRAGANÇA


RÁDIO REGIONAL MIRANDELA


MUSICBOX

WEBRADIO 100% PORTUGAL


WEBRADIO 100% POPULAR


WEBRADIO 100% BRASIL


WEBRADIO 100% ROCK


WEBRADIO 100% OLDIES


WEBRADIO 100% LOVE SONGS


WEBRADIO 100% INSPIRATION


WEBRADIO 100% DANCE

KEYWORDS

FABIO NEURAL @ ENCODING


ASSOCIAÇÃO SALVADOR, HÁ 20 ANOS A TIRAR SONHOS DO PAPEL
NARCÓTICOS ANÓNIMOS
PAGAMENTO PONTUAL


MAIS LIDAS