RÁDIO REGIONAL
REGIÕES

RÉGUA: CONTINUA SEM HOSPITAL

HOSPITAL DA RÉGUAnbsp| RÁDIO REGIONAL

Quase um mês após o encerramento do Hospital D. Luiz, Peso da Régua, por ter sido detectada a presença da bactéria Legionella nas condutas em dois locais distintos do edifício, ainda não há data para a sua reabertura, o que está a deixar preocupada a população do concelho. Teme que seja o fim daquela unidade hospitalar.

Em comunicado, a administração do Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro indica que “aguarda o resultado das avaliações solicitadas às entidades competentes e só após a sua conclusão se poderá pronunciar relativamente ao futuro desta unidade hospitalar”.

Eduardo Miranda, de 60 anos e que iniciou a carreia de médico naquele hospital, tem dúvidas sobre o caso de Legionella e teme que tudo não passe de uma estratégia para encerrar a unidade onde actualmente já só estava a funcionar um piso, para internamento. “O hospital tem vindo a ser desvalorizado e a perder valências para outros.

Tiraram o serviço de oftalmologia, tiraram as consultas externas e deixaram de fazer análises. O fim que se previa já era este”, disse o clínico à edição do Correio da Manhã. “Estou revoltado pelo silêncio das instituições responsáveis, sejam do poder central ou local. O hospital tem especificidades próprias quer pela localização quer pela estrutura física para continuar a prestar serviço às populações”, referiu. Os doze doentes que estavam internados na Régua e que, no dia 3, foram para o hospital de Chaves, já foram transferidos para os hospitais de Lamego e Vila Real, e para Unidades de Cuidados Continuados da região, com o objectivo de estarem mais próximos da sua área de residência.

Também os profissionais de saúde deslocados para a Unidade Hospitalar de Chaves foram, há cerca de duas semanas, transferidos para as unidade hospitalares de Vila Real e de Lamego.

VEJA AINDA:

MIGUEL GUIMARÃES: PORTUGAL TEM MÉDICOS SUFICIENTES – O SNS NÃO É ATRATIVO

Lusa

TONDELA: TRIBUNAL CONDENA PRESIDENTE DE CÂMARA A PERDA DE MANDATO E PRISÃO EM PENA SUSPENSA

Lusa

PAREDES: 25 ARGUIDOS SUSPEITOS DE UM ‘ESQUEMA’ DE FRAUDE FISCAL

Lusa

VILA REAL: FORMAÇÃO DE OLEIROS PARA ‘PERPETUAR’ O BARRO NEGRO DE BISALHÃES

Lusa

LISBOA: CENTENAS DESFILAM PELO FIM DA VIOLÊNCIA CONTRA AS MULHERES

Lusa

PORTO: MARCHA CONTRA A VIOLÊNCIA SOBRE AS MULHERES

Lusa

Moschee Teppich

Moschee teppiche werden nicht kurzfristig gewechselt, d.h. das ein Moschee teppich sehr hohe Anforderungen erfüllen muβ. Speziell entworfene Moschee Teppiche zeichnen sich durch Design und Farben aus. Mit der Weiterentwicklung der Technologie werden heute Tausende von Farben und Modellen in Teppichen hergestellt, die mit Moscheen kompatibel sind.

100% Reine Schurwollteppich kaufen: Schurwollteppiche sind Schwerentflammbar, Robust, Strapazierfahig, Antibakteriel und Schmuzabweisend.

Canlı Maç Sonuçları Run 3 Play Snake Friv Atari Breakout cookie clicker unblocked games Düğün Paketleri uygunsigara.com/ Umzug Basel
saç ekimi hair transplant
Umzug Basel
seslendirme santral anons santral seslendirme