REGIÕES

RIBEIRA DE PENA: FOGO DOMINADO EM AGUNCHOS

O incêndio que queimou uma vasta área de pinhal e que deflagrou terça-feira à tarde em Agunchos, em Ribeira de Pena, foi dominado a meio da manhã de hoje, disse fonte da Proteção Civil.

Pelo terreno vão manter-se cerca de 250 operacionais, apoiados por cerca de 70 viaturas e três meios aéreos, em operações de consolidação, rescaldo e de vigilância. O reforço dos meios foi feito com grupos de Aveiro, Braga e Porto.

O presidente da Câmara de Ribeira de Pena, Rui Vaz Alves, disse à agência Lusa que o fogo queimou uma grande área de mato e floresta, essencialmente composta por pinhal.

O alerta para este fogo foi dado às 14:48 de terça-feira.

O autarca referiu que as chamas propagaram-se “muito rapidamente” numa zona de declive e de difícil acesso.

Rui Vaz Alves referiu que este fogo causou alguma preocupação, aproximou-se de algumas aldeias, no entanto disse que não foi necessário retirar pessoas.

Por volta das 22:00 de terça-feira, deflagrou um outro incêndio no concelho, em zona “muito habitada”, que, segundo o presidente, “foi dominado rapidamente”.

VEJA AINDA:

ALFÂNDEGA DA FÉ: NÃO HÁ REGISTO DE NOVOS CASOS COVID-19 NAS ESCOLAS

Lusa

VILA VIÇOSA: 14 INFETADOS COM COVID-19 NOS SERVIÇOS DA MISERICÓRDIA

Lusa

AVEIRO: 13 ANOS DE PRISÃO PARA HOMEM QUE MATOU A MÃE

Lusa

AÇORES: SITUAÇÃO DE CALAMIDADE PROLONGADA ATÉ 23 DE OUTUBRO

Lusa

MONTIJO: INCÊNDIO NUMA EMPRESA CAUSA DOIS FERIDOS

Lusa

ALVAIÁZERE: SETE UTENTES E DOIS FUNCIONÁRIOS DE LAR INFETADOS COM COVID-19

Vítor Fernandes