RÁDIO REGIONAL
DESPORTO

GRÉCIA: RÚBEN SEMEDO DETIDO POR SUSPEITA DE VIOLAÇÃO DE MENOR

nbsp| RÁDIO REGIONAL

O jogador Rúben Semedo foi detido esta segunda-feira por alegada violação de uma menor, avança a imprensa grega. A denúncia contra o internacional português, de 27 anos, foi feita no domingo e o futebolista deverá ser ouvido por um juiz ainda hoje ou na terça-feira.

Atualmente a defender o emblema do Olympiacos, o central é acusado de ter violado uma rapariga de 17 anos, refere a imprensa grega.

De acordo com a versão da alegada vítima, os dois estiveram juntos num bar em Oropos, tendo depois o jogador português levado a jovem até casa, onde terá ocorrido a violação. A rapariga, apontada por alguma imprensa grega como a namorada de Rúben Semedo, diz que o português a embebedou para a violar, segundo o site Fosononline.

Acompanhada pela mãe, a rapariga denunciou a situação ao Departamento de Polícia de Byron e depois ao Departamento de Proteção de Menores da Direção de Segurança de Ática.

Foi então emitido um mandato de detenção e as autoridades terão detido o português na sua casa.

De acordo com o jornal grego Ekathimerini, há mais uma pessoa implicada neste caso de suspeita de violação, mas não terá sido detida.

Não é a primeira vez que o jogador enfrenta problemas com a justiça. Em 2018, Rúben Semedo esteve quase cinco meses preso por suspeitas de ter, juntamente com outras duas pessoas, sequestrado um homem a quem, sob ameaça com uma pistola, retiraram as chaves do apartamento, de onde roubaram dinheiro e objetos.

O Tribunal de Valência acabou por condenar Rúben Semedo a cinco anos de prisão, com pena suspensa.

C/Diário de Notícias

VEJA AINDA:

RONALDO É O PRIMEIRO VENCEDOR DO PRÉMIO TALENTO QUE MARCA O MUNDO

Lusa

PARLAMENTO DISCUTE ALARGAMENTO DO PRAZO DE PRESCRIÇÃO DOS CRIMES SEXUAIS CONTRA CRIANÇAS

Lusa

MAIA: O REELEITO ANTÓNIO SILVA TIAGO PODERÁ NÃO ACABAR O MANDATO

Lusa

LOUSÃ: JUDICIÁRIA DETEVE HOMEM SUSPEITO DE ABUSO SEXUAL DE MENINA DE 13 ANOS

Lusa

PETRÓLEO: CONSUMO E PROCURA ULTRAPASSARÁ NÍVEIS DE PRÉ-PANDEMIA EM 2022

Lusa

PORTO: JUSTIÇA ACUSA 27 ARGUIDOS SUSPEITOS DE CONTRABANDO DE TABACO

Lusa