RÁDIO REGIONAL
INTERNACIONAL

SALÁRIO MÍNIMO NA VENEZUELA CAIU PARA 2,46 EUROS, O MAIS BAIXO DE SEMPRE

nbsp| RÁDIO REGIONAL

O salário mínimo mensal dos venezuelanos era esta terça-feira equivalente a 2,46 euros, o valor mais baixo de sempre, um ano depois de o Presidente do país anunciar um plano de “recuperação económica” para combater a crise.

Na Venezuela, o salário mínimo mensal, publicado na Gazeta Oficial (equivalente ao Diário da República em Portugal), é de 40.000,00 bolívares soberanos e, segundo o Banco Central da Venezuela, à taxa de câmbio oficial de hoje, um euro tinha o valor de 14.642,86 bolívares, um pouco mais baixo que os 15.121,00 do mercado paralelo.

“Não faço nada com o salário mínimo, um quilograma de fiambre custa dois salários mensais (80.000 bolívares). Diariamente eu pago 4.000,00 bolívares em autocarro, porque há problemas com o Metropolitano. Com apenas isto, sem comprar comida de verdade, fiquei sem salário”, explicou um professor universitário à agência Lusa.

Júlio Dolande, 58 anos, disse receber um pouco mais de salário, devido à quantidade de horas em que dá aulas e alguns trabalhos de ‘freelancer’, mas insiste que “a situação está verdadeiramente muito crítica”.

“Honestamente, digo, agradeço a Deus porque os meus filhos estão no estrangeiro. Não me enviam dinheiro porque trabalham para sobreviver no Panamá e na Argentina, mas pelo menos não tenho de os manter. Não me dão, mas também não me pedem (nada)”, frisou Júlio Dolande.

O realizador Edgar Roca explicou que para sobreviver as pessoas têm de ter trabalhos adicionais.

“As pessoas têm de ter pelo menos dois empregos e ainda assim passam sérias dificuldades”, referiu, adiantando que em fevereiro deixou o trabalho anterior e o que recebeu de indemnização apenas conseguiu “comprar uma pizza para duas pessoas”.

Vários portugueses explicaram à agência Lusa que um quilograma de carne de vaca, de qualidade intermédia, custa mais ou menos o mesmo que um mês de salário.

Por outro lado, um salário mínimo mensal equivale a três quilogramas de farinha de milho ou três quilogramas de arroz e cinco pães.

Os últimos dados divulgados pela Assembleia Nacional da Venezuela (parlamento, onde a oposição tem maioria) dão conta de que o índice nacional de preços ao consumidor registou um aumento nos preços de 1.579,20% no primeiro semestre deste ano e que a inflação interanual foi de 264.872,90%.

VEJA AINDA:

PETRÓLEO: CONSUMO E PROCURA ULTRAPASSARÁ NÍVEIS DE PRÉ-PANDEMIA EM 2022

Lusa

POLUIÇÃO ATMOSFÉRICA PROVOCA 1,1 MILHÕES DE MORTES EM ÁFRICA EM 2019, SEGUNDO UM ESTUDO

Lusa

EUA: HOMEM EXECUTADO POR CRIME QUE COMETEU HÁ QUASE TRÊS DÉCADAS

Lusa

COVID-19: VÍRUS NÃO ESTÁ CONTROLADO NEM PANDEMIA VENCIDA, ALERTA OMS

Lusa

PAPA MANIFESTA ‘PROFUNDA TRISTEZA’ PELOS ABUSOS SEXUAIS DE MENORES PELA IGREJA CATÓLICA FRANCESA

Lusa

MAIS DE CINCO MIL MILHÕES DE PESSOAS PODEM TER DIFICULDADES NO ACESSO A ÁGUA EM 2050

Lusa