RÁDIO REGIONAL | PORTUGAL
ARTE & CULTURA

SECRETÁRIO DE ESTADO DIZ QUE A PUBLICIDADE INSTITUCIONAL ESTÁ EM FASE DE CONTRATAÇÃO

O secretário de Estado do Cinema, Audiovisual e Media, Nuno Artur Silva, afirmou esta terça-feira que o processo de compra antecipada de publicidade institucional, no montante global de 15 milhões de euros, está em “fase de contratação”.

“Estamos a falar de um processo administrativo muito complexo e que nunca tinha sido feito antes”, o que “tem alguma morosidade”, mas “estamos já nesta fase de contratação”, afirmou o governante, em resposta ao PCP sobre o tema, na comissão parlamentar de Cultura e Comunicação, na audição regimental do Ministério da Cultura.

A compra antecipada de publicidade institucional por parte do Estado foi anunciada em 17 de abril.

Nuno Artur Silva adiantou que a Entidade de Serviços Partilhados da Administração Pública (ESPAP) “já contactou com todos os órgãos de comunicação social nacionais a pedir a confirmação de dados”.

“Estamos a falar de 493 entidades de imprensa regional e 264 entidades rádios locais ou regionais”, acrescentou.

Para ajudar os media no âmbito do impacto no setor da pandemia de Covid-19, o Governo aprovou a compra antecipada de publicidade institucional por parte do Estado, no montante de 15 milhões de euros, dos quais 75% (11,2 milhões de euros) visam a comunicação social de âmbito nacional.

Os restantes 25% de apoios vão para os meios de comunicação regional e local, dos quais 2,019 milhões em aquisições a realizar a detentores de publicações periódicas de âmbito regional e 1,731 milhões em aquisições a realizar a detentores de serviços de programas radiofónicos de âmbito regional e/ou local.

VEJA AINDA:

ESTADO NOMEIA NOVA ADMINISTRAÇÃO DA RTP LIDERADA POR NICOLAU SANTOS

Lusa

GLOBAL MEDIA: FISCO EXIGE 65 MILHÕES ‘ESCONDIDOS’ EM MAIS-VALIAS

Lusa

MEDIA CAPITAL FECHA ACORDO COM CNN PARA CRIAR CNN PORTUGAL

Lusa

MAIS DE 100 JORNALISTAS DESPEDIDOS EM PORTUGAL DESDE INÍCIO DA PANDEMIA

Lusa

SINDICATO DOS JORNALISTAS EXIGE AUDITORIAS SALARIAIS NOS MEDIA PARA COMBATER DESIGUALDADES

Lusa

ERC ABRE PROCESSO CONTRA O ‘PORTO CANAL’

Lusa