RÁDIO REGIONAL | PORTUGAL
seslendirme santral anons santral seslendirme

Moschee Teppich

Moschee teppiche werden nicht kurzfristig gewechselt, d.h. das ein Moschee teppich sehr hohe Anforderungen erfüllen muβ. Speziell entworfene Moschee Teppiche zeichnen sich durch Design und Farben aus. Mit der Weiterentwicklung der Technologie werden heute Tausende von Farben und Modellen in Teppichen hergestellt, die mit Moscheen kompatibel sind.

100% Reine Schurwollteppich kaufen: Schurwollteppiche sind Schwerentflammbar, Robust, Strapazierfahig, Antibakteriel und Schmuzabweisend.

Shell Shockers Unblocked Atari Breakout Play Snake Friv Canlı Maç Sonuçları iqoskits.com Düğün Paketleri
NACIONAL

SITES DO SNS ENVIAM DADOS DOS CIDADÃOS PARA EXPLORAÇÃO COMERCIAL DA GOOGLE – EXPRESSO

nbsp| RÁDIO REGIONAL | PORTUGAL

Os principais endereços do Sistema Nacional de Saúde (SNS) têm disponibilizado dados dos cidadãos para exploração comercial da Google e de outras marcas ligadas à publicidade, noticia hoje o jornal Expresso.

Segundo o jornal, além de dados de tráfego, como os que são recolhidos pelo serviço Google Analytics, os endereços SNS24.pt e SNS.gov.pt “recolhem dados para campanhas publicitárias através do serviço Doubleclick”.

O Expresso concluiu, com recurso a algumas ferramentas de monitorização de tráfego, que a recolha de dados “também contempla áreas que o SNS.gov.pt disponibiliza para utentes, agendamento de vacinas covid-19 e solicitação de medicamentos para o VIH”.

Questionados pelo jornal, os Serviços Partilhados do Ministério da Saúde (SPMS) garantem que os dados servem apenas para tratamento estatístico e são anonimizados e que “não há partilha de dados pessoais com a Google ou com qualquer outra entidade externa”, mas confirmam que procederam a alterações.

“Na sequência das perguntas formuladas, decidimos suspender a utilização da ferramenta Google Analytics”, escrevem os SPMS, numa resposta citada pelo Expresso.

O jornal escreve ainda que “a anonimização dos dados impede que o nome do internauta seja revelado, mas não que as empresas de publicidade criem perfis do utilizador mediante localizações, temáticas preferidas, ‘sites’ visitados, compras efetuadas ou endereços IP armazenados pelo histórico de navegação na internet”.

Segundo o Expresso, os ‘sites’ SNS24.pt e o SNS.gov.pt não são os únicos a partilhar dados, uma vez que os ‘sites’ da Assembleia da República, SIRP, GNR e PSP, Ivaucher.pt e Autenticação.gov.pt “também permitem exploração comercial de dados de navegação dos cidadãos”.

A Google é a marca com maior presença nos serviços que recolhem dados de navegação dos sites do Estado, mas nas ferramentas especializadas é possível encontrar referências ao Facebook ou à Amplitude.com, acrescenta o jornal.

A Lusa questionou a Comissão Nacional de Proteção de dados relativamente a esta matéria e aguarda resposta.

VEJA AINDA:

SNS24 BATE RECORDE COM MAIS DE QUATRO MILHÕES DE CHAMADAS ATENDIDAS

Lusa

COMUNICAÇÃO SOCIAL PERDE MAIS DE 3,5 MILHÕES EM AGOSTO COM PARTILHAS EM REDES SOCIAIS

Lusa

GUARDA: NOVAS PLACAS TOPONÍMICAS EQUIPADAS COM ‘CÓDIGOS QR’

Lusa

YOUTUBE REMOVE MAIS DE UM MILHÃO DE VÍDEOS COM ALEGADAS ‘FAKE NEWS’

Lusa

MAIORIA DOS DISPOSITIVOS CONECTADOS EM CASA APRESENTA FALHAS DE SEGURANÇA

Lusa

LISBOA: GNR DESMANTELA ESQUEMA DE BURLA COM ‘EMPRÉSTIMOS ONLINE’

Lusa