RÁDIO REGIONAL
CIÊNCIA & TECNOLOGIA

STARTUP CRIA CALÇADO INOVADOR

IGUANEYEnbsp| RÁDIO REGIONAL

Uma nova ‘startup’ da Universidade do Porto (Uporto) desenvolveu um calçado de borracha, adaptado para todos os tipos de piso, fabricado em Portugal e que permite «caminhar confortavelmente em qualquer lugar».

A ideia para a `startup`, apresentada durante o Pitch Day, evento organizado pelo Parque para a Ciência e a Tecnologia da Universidade do Porto (UPTEC), surgiu a partir de um sonho de infância do criador, que desde novo queria fazer sapatilhas.

Olivier Taco, responsável pela criação e pela `startup` (empresa em fase de desenvolvimento) IGUANEYE, explicou à Lusa que embora o calçado deixe uma grande porção do pé a descoberto, “protege todas as partes sensíveis”.

No início, “o objectivo era criar uma sandália em que o pé ficasse o mais livre possível, mas os típicos chinelos de praia, embora permitam isso, limitam os movimentos”, explicou.
Para colmatar essa falha, o designer foi aprimorando os protótipos ao longo dos anos, até chegar ao modelo actual.

O impulso para a criação da `startup` veio com a participação na Kickstarter – plataforma de `crowfunding` ou financiamento colectivo (obtenção de capital para iniciativas de interesse comunitário através da agregação de múltiplas fontes de financiamento) -, onde vendeu mais de 800 pares num mês.
Segundo o investigador, o nome IGUANEYE é inspirado na história dos índios da Amazónia, que utilizavam roupas impermeabilizadas, feitas de borracha, “antes mesmo de este material ter chegado para à Europa”.

“Os índios mergulhavam os pés directamente na borracha para fazer uma protecção, uma segunda pele, no que pode ser considerado as primeiras sapatilhas”, acrescentou.

O calçado é feito com elastómeros sintéticos (produto à base de borracha), tem nove cores diferentes, tanto para o sapato como para as palmilhas, que o cliente pode personalizar a seu gosto.

Do material utilizado na fabricação, as palmilhas são provenientes de uma empresa da Trofa enquanto o calçado é fabricado em Vila Nova de Gaia.

A palmilha em cortiça e pele tem a propriedade de absorver a transpiração e, por baixo da mesma, existe um sistema próprio que permite a entrada de ar, fazendo com que a palmilha seque e “o pé não fica molhado no calçado”.

O calçado é unissexo e está disponível nos tamanhos que vão do 34 ao 43, mas até ao fim do ano o designer pretende criar os moldes para fabricar até ao 45.

Neste momento o calçado é comercializado no Japão, nos Estados Unidos, na Áustria, na Noruega, na Tailândia, na Polónia e na República Checa.

VEJA AINDA:

O PRIMEIRO CARRO VOADOR CHEGA AO MERCADO EM OUTUBRO

Rádio Regional

ANTÓNIO COSTA “APOSTA TUDO” NA INOVAÇÃO

Rádio Regional

ESTUDANTES PORTUGUESAS CRIARAM A NOVA ECOBEBIDA

Rádio Regional

O BAR QUE SÓ VENDE ÁGUA

Rádio Regional

A MÁQUINA DE BOLSO

Rádio Regional

INOVAÇÃO FINANCIADA

Rádio Regional

Moschee Teppich

Moschee teppiche werden nicht kurzfristig gewechselt, d.h. das ein Moschee teppich sehr hohe Anforderungen erfüllen muβ. Speziell entworfene Moschee Teppiche zeichnen sich durch Design und Farben aus. Mit der Weiterentwicklung der Technologie werden heute Tausende von Farben und Modellen in Teppichen hergestellt, die mit Moscheen kompatibel sind.

100% Reine Schurwollteppich kaufen: Schurwollteppiche sind Schwerentflammbar, Robust, Strapazierfahig, Antibakteriel und Schmuzabweisend.

Canlı Maç Sonuçları Run 3 Play Snake Friv Atari Breakout cookie clicker unblocked games Düğün Paketleri uygunsigara.com/ Umzug Basel
saç ekimi hair transplant
Umzug Basel
seslendirme santral anons santral seslendirme