INTERNACIONAL

SUBIU PARA 98 MORTOS NO SISMO DO MÉXICO

O presidente do México, Enrique Peña Nieto, disse que subiu para 98 o número de mortos provocados pelo sismo de quinta-feira que afetou o país, garantindo que vai estar regularmente nas áreas devastadas para monitorizar o apoio às vítimas.

“Até agora morreram 98 pessoas”, disse Peña Nieto, numa cerimónia pública realizada no estado central do México.

Um sismo de magnitude 8,2 sacudiu o México na quinta-feira.

O presidente mexicano lembrou que “muitas pessoas perderam o seu património e as suas casas” e que existem edifícios que estão tão deteriorados que terão que ser demolidos.

Enrique Peña Nieto frisou ainda que todo o seu gabinete está a trabalhar em Chiapas e Oaxaca, os estados mais afetados pelo sismo, para atender às necessidades básicas da população.

O presidente do México quer começar os trabalhos de reconstrução “de imediato” e reiterou um apelo aos cidadãos para que sejam solidários com as populações das zonas afetadas, bem como às entidades privadas, em especial empresas de construção, para que ajudem.

Para além das vítimas mortais, o sismo deixou centenas de feridos e mais de 50 mil casas danificadas.

VEJA AINDA:

ISABEL DO SANTOS E MARIDO FORAM ALVO DE RELATÓRIOS SOBRE ATIVIDADES SUSPEITAS EM 2013 NOS EUA

Lusa

PROGRAMA ALIMENTAR MUNDIAL ALERTA QUE A FOME ATINGIU O MAIOR NÚMERO DE SEMPRE

Lusa

FIFA ESTIMA PREJUÍZOS DE 12 MIL MILHÕES E LANÇA APOIOS ÀS FEDERAÇÕES

Lusa

RUI VITÓRIA: AL NASSR VENCEU A ‘LIGA DOS CAMPEÕES’ ASIÁTICA

Lusa

ORGANIZAÇÕES PEDEM À ONU QUE INVESTIGUE VIOLAÇÕES DOS DIREITOS HUMANOS NA CHINA

Lusa

PAQUISTÃO PROÍBE TINDER E MAIS QUATRO APLICAÇÕES DE ENCONTROS POR CONTEÚDO IMORAL

Lusa