Ligue-se a nós

REGIÕES

TÚNEL DO MARÃO VAI ESTAR ‘CONDICIONADO’ DEVIDO A MANUTENÇÃO

O trânsito vai estar condicionado no Túnel do Marão, nas noites da próxima semana, para a realização de trabalhos de manutenção dos equipamentos de segurança da infraestrutura localizada entre Amarante e Vila Real, foi hoje anunciado.

Online há

em

O trânsito vai estar condicionado no Túnel do Marão, nas noites da próxima semana, para a realização de trabalhos de manutenção dos equipamentos de segurança da infraestrutura localizada entre Amarante e Vila Real, foi hoje anunciado.

AInfraestruturas de Portugal (IP) explicou, em comunicado, que vai realizar, nas noites de 17 a 20 de outubro, trabalhos de manutenção e teste dos equipamentos de segurança ativa instalados no Túnel do Marão, na Autoestrada 4 (A4).

Estes equipamentos encontram-se aplicados sobre a faixa de rodagem e vão desde os sistemas de iluminação permanente e de iluminação de reforço, aos ventiladores, painéis de mensagem variável e painéis seta/cruz.

A IP explicou que a intervenção de manutenção regular decorrerá de forma faseada e exclusivamente em período noturno, entre as 21:00 e as 06:00, período em que o volume de tráfego é reduzido, de modo “a mitigar os impactos negativos sobre a mobilidade das populações”.

A realização dos trabalhos obriga ao corte de trânsito entre os nós de ligação ao IP4 (Padronelo) e da Campeã.

Publicidade

A intervenção começa na Galeria Sul, com corte de trânsito no sentido Porto — Vila Real nas noites de 17 para 18 e 18 para 19.

Depois, a intervenção na Galeria Norte, com corte de trânsito no sentido Vila Real — Porto, ocorrerá nas noites de 19 para 20 e de 20 para 21.

A IP disse que o desvio de trânsito estará devidamente sinalizado no local, devendo ser utilizado o Itinerário Principal 4 (IP4) como percurso alternativo.

A empresa disse ainda agradecer “a melhor compreensão para os eventuais transtornos que o condicionamento possa provocar, sendo este necessário para a realização dos trabalhos de manutenção dos equipamentos de segurança existentes no Túnel do Marão”.

A infraestrutura rodoviária tem quase seis quilómetros e insere-se na Autoestrada do Marão, que concluiu o prolongamento da A4 de Amarante a Vila Real.

Publicidade
Publicidade
DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

REGIÕES

VILA REAL: IDOSA MORRE EM INCÊNDIO NUMA HABITAÇÃO EM VILARINHO

Uma idosa morreu hoje na sequência de um incêndio que deflagrou numa habitação em Vilarinho, no concelho de Vila Real, disse o comandante dos bombeiros da Cruz Branca.

Online há

em

Uma idosa morreu hoje na sequência de um incêndio que deflagrou numa habitação em Vilarinho, no concelho de Vila Real, disse o comandante dos bombeiros da Cruz Branca.

Orlando Matos afirmou à agência Lusa que a irmã da vítima ficou em estado de choque, foi considerada ferida ligeira e transportada para observação ao Hospital de Vila Real.

O comandante referiu que a vítima mortal tem uma idade compreendida entre os 70 e os 80 anos e que o óbito foi declarado no local pela equipa da Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER), do INEM.

O alerta para o incêndio foi dado pela irmã da idosa pelas 01:30 e, segundo Orlando Matos, quando os meios chegaram ao local a habitação estava tomada pelas chamas.

O fogo, acrescentou, terá tido início no quarto da vítima, onde esta foi encontrada pelos bombeiros, e as causas que estiveram na sua origem vão ser investigadas pela Polícia Judiciária (PJ), que esteve no local durante a madrugada.

Publicidade

Para o combate ao incêndio foram mobilizados 16 bombeiros da Cruz Branca, com cinco viaturas, e ainda militares da GNR.

A aldeia de Vilarinho pertence à União de Freguesias de Pena, Quintã e Vila Cova, no concelho de Vila Real.

LER MAIS

REGIÕES

MIRANDELA: ACIDENTE DE TRABALHO MATA HOMEM “SOTERRADO” EM BETÃO

Um homem de 49 anos morreu soterrado esta tarde num acidente de trabalho numa empresa de pré-fabricados de betão, em Vila Nova das Patas, concelho de Mirandela, disse à Lusa fonte dos bombeiros locais.

Online há

em

Um homem de 49 anos morreu soterrado esta tarde num acidente de trabalho numa empresa de pré-fabricados de betão, em Vila Nova das Patas, concelho de Mirandela, disse à Lusa fonte dos bombeiros locais.

“Foi um acidente de trabalho às 15:12. Era um trabalhador da fábrica Pavimir. Supostamente terá caído numa máquina de receção de betão, tendo ficado submerso. Aliás, o alerta foi para um soterrado, o trabalhador ficou submerso com o betão”, indicou o comandante dos Bombeiros Voluntários de Mirandela, Luís Soares.

O comandante adiantou ainda que foram os colegas a encontrar o homem, que estranharam a ausência prolongada da vítima. À chegada do socorro, o trabalhador foi retirado da máquina pelos bombeiros, já em paragem cardiorrespiratória.

O óbito foi declarado ainda na empresa pela equipa médica do helicóptero do INEM de Macedo de Cavaleiros, chamada também para a ocorrência.

Luís Soares explicou ainda que se trata de uma estrutura recetora de betão, com alguma dimensão.

Publicidade

Foi ativado apoio psicológico para colegas e familiares.

A Guarda Nacional Republicana esteve local, tendo comunicado os factos ao tribunal e à Autoridade para as Condições de Trabalho.

LER MAIS

MAIS LIDAS