TVI: CONCURSOS POLÉMICOS

A semana que passou não correu nada bem à produção do programa “A Tarde é Sua”, da TVI, apresentado por Fátima Lopes. Em causa, “falhas técnicas” nos passatempos que tornam impossível vencer um dos prémios – e que estão a causar polémica nas redes sociais.

Depois de na quarta-feira a apresentadora ter feito uma pergunta com resposta impossível no passatempo 760, a credibilidade dos passatempos do programa ficou ainda mais comprometida na quinta-fera, no passatempo “A Dobradinha”.

Em directo, a apresentadora quis mostrar em que janela da “Dobradinha” se encontrava o carro do prémio – mas, para surpresa de Fátima Lopes, quando o ecrã virou, o carro não existia.

“Ora, o carro, o carro… onde é que está o carro?”, interroga-se a apresentadora num primeiro momento, enquanto procura a posição em que estaria prémio.

“Não estou aqui a ver o carro!”, constata Fátima Lopes.

“Está ali a dobradinha… ali o jackpot… bom.. tivemos aqui um problema técnico e não está a mostrar”, diz a apresentadora, visivelmente embaraçada, com a mão no pescoço.

“Ou seja, estava com certeza atrás de um deste prémios, e depois no momento de se mostrar não conseguimos aqui exemplificar, mas está cá o carro, posso-vos garantir”, assegura Fátima Lopes.

O episódio foi inicialmente denunciado no YouTube, num vídeo publicado pelo utilizador Sérgio Silva, com o título “Escândalo em Directo na TVI… “, que não tardou a ter eco nas redes sociais.

“Andam a roubar tudo e todos principalmente os idosos e reformados… Onde está o carro?”, pergunta o utilizador na descrição do seu vídeo.

“Como é que permitem que estes concursos sejam em formato digital? Tipo: Escolha um número… O gajo lá atrás faz um click e altera o prémio… Difícil”, conclui Sérgio Silva.

Não há explicação oficial para o que correu mal na “Dobradinha” de Fátima Lopes. Mas uma coisa é certa, foi de facto uma falha técnica.

TVI CONCURSOS POLEMICOS

Vídeo Original: AQUI

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.