UCRÂNIA DESISTE DO FESTIVAL EUROVISÃO POR MOTIVOS POLÍTICOS

Ucrânia desiste de participar na Eurovisão, sob acusação de pressões políticas e muita polémica a envolver a estação de televisão pública ucraniana.

A Ucrânia renunciou hoje a participar no festival da Eurovisão, depois de a televisão pública ucraniana não ter conseguido um acordo com nenhum dos três primeiros classificados nacionais, nomeadamente a vencedora, que acusa a estação pública de pressão política.

A UA:PBC, estação pública de televisão da Ucrânia, anunciou hoje, de acordo com as agências internacionais de notícias, que “renuncia a participar no festival internacional da canção da Eurovisão 2019”, que decorre em maio, em Israel, país de origem da vencedora da edição de 2018, que decorreu em Lisboa.

A Ucrânia tomou a decisão de se excluir da edição deste ano depois de a vencedora do concurso nacional, Maruv, ter renunciado, na segunda-feira, a representar o país por pressões políticas, segundo afirmou, numa decisão secundada ainda no mesmo dia, pela segunda classificada e, hoje pela terceira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.