RÁDIO REGIONAL
INTERNACIONAL

UNICEF ENVIA 85 CAMIÕES COM AJUDA HUMANITÁRIA PARA CRIANÇAS VÍTIMAS DA GUERRA

nbsp| RÁDIO REGIONAL

A UNICEF enviou desde quinta-feira 85 camiões com mais de 850 toneladas de material de emergência para apoiar as crianças e famílias vítimas do conflito na Ucrânia, país invadido pela Rússia há três semanas.

Em comunicado, o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF, na sigla em inglês) anunciou o envio de 85 camiões, desde quinta-feira, com “858 toneladas de material de emergência para apoiar crianças e famílias na Ucrânia” e nos países vizinhos.

Deste total, 78 seguem para a Ucrânia, enquanto os restantes sete serão divididos pelos países vizinhos, que estão a acolher milhões de refugiados que desde 24 de fevereiro abandonaram o país, enquanto os militares russos controlam uma parte do território ucraniano.

A organização alertou que dos “mais de três milhões de refugiados” ucranianos, mais de metade são crianças.

“Um total de 34 camiões já chegaram à Ucrânia, esperando-se mais entregas nos próximos dias”, descreveu a UNICEF, acrescentando que há três camiões na Polónia, três a caminho da Roménia, e um da Moldova.

A Rússia lançou em 24 de fevereiro uma ofensiva militar na Ucrânia que causou pelo menos 816 mortos e 1.333 feridos entre a população civil, incluindo mais de 130 crianças, e provocou a fuga de cerca de 5,2 milhões de pessoas, entre as quais mais de 3,2 milhões para os países vizinhos, indicam os mais recentes dados da ONU.

Segundo as Nações Unidas, cerca de 13 milhões de pessoas necessitam de assistência humanitária na Ucrânia.

A invasão russa foi condenada pela generalidade da comunidade internacional, que respondeu com o envio de armamento para a Ucrânia e o reforço de sanções económicas e políticas a Moscovo.

VEJA AINDA:

PUTIN RESPONDE À NATO E SOBRE A UCRÂNIA ASSEGURA QUE ‘NADA MUDOU’ – GUERRA

Lusa

KIEV SAÚDA ‘POSIÇÃO LÚCIDA’ DA NATO SOBRE A RÚSSIA

Lusa

UCRÂNIA PODE CONTAR COM APOIO DA NATO ‘O TEMPO QUE FOR NECESSÁRIO’ – STOLTENBERG

Lusa

CRESCIMENTO DA AQUICULTURA LEVA PRODUÇÃO A NÍVEL RECORDE EM 2020

Lusa

LIMITAR AQUECIMENTO GLOBAL A 1,5 GRAUS REDUZIRÁ SIGNIFICATIVAMENTE RISCOS PARA HUMANOS

Lusa

STOLTENBERG: ‘FINLÂNDIA E SUÉCIA TORNARÃO A NATO MAIS FORTE’

Lusa