RÁDIO REGIONAL | PORTUGAL
NACIONAL

VEM AÍ GREVES NOS AEROPORTOS

vem-ai-greves-nos-aeroportos

Greve nos aeroportos entre o Natal e o Ano Novo. Trabalhadores da segurança paralisam a 27, 28 e 29 de Dezembro, por falta de acordo sobre um novo contrato colectivo de trabalho.

A TAP vai esperar a indicação dos aeroportos para aconselhar os clientes quanto aos eventuais impactos que a greve dos trabalhadores das empresas Prosegur e Securitas vão fazer no final do ano.

“Confirmando-se a realização da greve, as companhias aéreas aguardarão pelo que forem as indicações dos aeroportos quanto aos constrangimentos que possam surgir relativamente à operação e aconselharão os seus clientes em conformidade”, disse fonte oficial da TAP à Lusa, à margem do 42.º Congresso Nacional das Agências de Viagens e Turismo (APAVT), que decorre em Aveiro.

Os trabalhadores dos aeroportos das empresas Prosegur e Securitas vão fazer greve em 27, 28 e 29 de dezembro por ainda não haver acordo sobre o novo Contrato Coletivo de Trabalho, disse, na quarta-feira, o coordenador do SITAVA à Lusa.

De acordo com Fernando Henriques, a greve já foi mesmo ratificada em plenário pelos trabalhadores associados do Sindicato dos Trabalhadores da Aviação e Aeroportos (SITAVA).

Os trabalhadores dos aeroportos das empresas de segurança Prosegur e Securitas querem que o novo Contrato Coletivo de Trabalho garanta um aumento salarial para os próximos dois anos, além de melhoria das condições de trabalho, tempos de trabalho, segurança e saúde.

Os trabalhadores das empresas Prosegur e Securitas são quem assegura o raio-x da bagagem de mão e o controlo dos passageiros e também dos trabalhadores dos aeroportos, pelo que uma greve poderá ter impacto no tráfego aeroportuário, sobretudo durante esta época festiva.

LUSA

VEJA AINDA:

CRISE: VIAGENS COM DESTINO AO ESTRANGEIRO CAEM 89,5% NO 1.º TRIMESTRE

Lusa

EUA VOLTAM A COLOCAR PORTUGAL NA LISTA DE DESTINOS A ‘EVITAR VIAJAR’

Lusa

METRO DO PORTO SEM SERVIÇOS MÍNIMOS NA QUINTA-FEIRA DEVIDO À GREVE DOS MAQUINISTAS

Lusa

TRABALHADORES DA ALTICE PORTUGAL EM GREVE CONTRA DESPEDIMENTO COLETIVO

Lusa

ANA DIZ QUE GROUNDFORCE DEVE 769,6 MIL EUROS E AVANÇA COM REVOGAÇÃO DE LICENÇA

Lusa

GROUNDFORCE: GREVE AO TRABALHO EXTRAORDINÁRIO ATÉ OUTUBRO

Lusa