Connect with us

REGIÕES

AUTARQUIA DE PEDRÓGÃO DIZ QUE “O INFERNO CONTINUA”

O presidente da Câmara de Pedrógão Grande afirmou hoje que, um ano após os incêndios que mataram 66 pessoas, o balanço que faz “nem é positivo, nem é negativo”, e adiantou que o “inferno continua”.

Data:

em

O presidente da Câmara de Pedrógão Grande afirmou hoje que, um ano após os incêndios que mataram 66 pessoas, o balanço que faz “nem é positivo, nem é negativo”, e adiantou que o “inferno continua”.

“O balanço [do primeiro ano] nem é positivo, nem é negativo. Isto é uma caminhada que estamos a fazer desde a tragédia de junho de 2017”, disse à agência Lusa o presidente da Câmara de Pedrógão Grande, Valdemar Alves.

O autarca sublinhou esperar que em julho todas as casas destruídas estejam já entregues, embora tenha alertado que todas estas são de primeira habitação que ao nível da restauração das casas de primeira habitação.

“Poderá falhar duas ou três [habitações], se falhar, atendendo a que os próprios proprietários não conseguiram um entendimento com o construtor e com os financiadores”, frisou.

Já em relação aos apoios estatais recebidos, mostra-se satisfeito e realça que é preciso ter consciência da potencialidade económica do país.

“Para a tragédia que aconteceu, que não foi fácil e não é fácil para nenhum Governo, nem para os Estados Unidos, nem para aqueles que têm muito dinheiro. Mas nós o que temos, o mais importante de tudo, uma riqueza dos portugueses, são os afetos que temos, uns com os outros. O dinheiro não é tudo, foi para as partes essenciais, e as coisas estão efetivamente a correr”, sustentou.

Valdemar Alves realça que passado um ano sobre a tragédia dos incêndios que afetaram o concelho de Pedrógão Grande, há toda uma caminhada a fazer, que vai durar anos.

“O dinheiro efetivamente ajuda, mas não há dinheiro para tudo. A desgraça foi muito grande, os prejuízos foram muito grandes, mas pronto, posso-me considerar nesse aspeto, satisfeito”, disse.

O autarca diz que não acreditar no desenvolvimento do Interior tal como é “apregoado” por movimentos que muito falam em interioridade e sublinha que vai ter que viver com essa “tristeza”.

“O inferno continua e pronto, vamo-nos aqui aconchegando uns aos outros. O concelho ficou mais pobre. Já foi uma sina nascermos num concelho pobre para o resto do mundo. Fala-se muito em interioridade e movimentos, não acredito nas boas vontades nem nesses debates que se fazem. Toda a gente quer fazer bem, cada um dá a sua sentença. Não acredito no desenvolvimento do interior como eles apregoam”, concluiu.

LUSA

. MUSICBOX
WEB-SUMMIT

OUVIR RÁDIO

OUVIR MÚSICA

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

DESPORTOPublicado há 3 horas

CHUVA DE GOLOS GARANTE VITÓRIA DOS LEÕES (vídeo)

O Sporting não ganhou para o susto, mas no final acabou por vencer o Nacional por 5-2.

DESPORTOPublicado há 6 horas

BENFICA VENCE MARÍTIMO PELOS ‘SERVIÇOS MÍNIMOS’

O Benfica manteve-se hoje a quatro pontos do líder FC Porto, ao vencer por 1-0 no reduto do Marítimo, em...

REGIÕESPublicado há 6 horas

ANTENA DA MÉDIA CAPITAL SOB INVESTIGAÇÃO NA QUEDA DO HELICÓPTERO DO INEM

Média Capital Rádio está na mira da investigação da queda do helicóptero do INEM.

REGIÕESPublicado há 6 horas

BOMBEIROS EXIGEM INQUÉRITO RIGOROSO À QUEDA DE HELICÓPTERO

O presidente da Liga dos Bombeiros Portugueses, Jaime Marta Soares, pediu hoje um inquérito rigoroso à queda de um helicóptero...

REGIÕESPublicado há 9 horas

ESTAÇÃO DE RÁDIO ESTARÁ ‘ENVOLVIDA’ NA QUEDA DO HELICÓPTERO DO INEM

Antena emissora de estação de rádio estará envolvida na queda de helicóptero do INEM.

REGIÕESPublicado há 10 horas

A PRIORIDADE É APOIAR AS FAMÍLIAS DAS VÍTIMAS DA QUEDA DE HELICÓPTERO

A empresa operadora do helicóptero do INEM que caiu este sábado em Valongo, garantiu hoje à Lusa que a prioridade...

DESPORTOPublicado há 1 dia

FC PORTO VENCE NOS AÇORES E REVALIDA LIDERANÇA (vídeo)

O FC Porto soma a décima terceira vitória consecutiva. Em Ponta Delgada o porto venceu por 1-2 após estar temporariamente...

SOCIEDADEPublicado há 1 dia

HELICÓPTERO DO INEM DESPENHOU-SE EM VALONGO

Um helicóptero do INEM com quatro pessoas a bordo, sediado em Macedo de Cavaleiros estará “desaparecido”, depois das comunicações com...

REGIÕESPublicado há 1 dia

MINISTRA DA CULTURA: FOZ CÔA ‘PRECISA’ DE NOVOS PÚBLICOS

A ministra da Cultura, Graça Fonseca, defendeu hoje em Vila Nova de Foz Côa que é preciso atrair novos públicos...

SOCIEDADEPublicado há 1 dia

PROFESSORES MANIFESTAM-SE CONTRA A SEGURANÇA SOCIAL

Cerca de 30 professores contratados com horários incompletos, que se dizem lesados pelos descontos para a Segurança Social, manifestaram-se hoje...

.
LINHA CANCRO
WEB-SUMMIT
US TOP 20

AS MAIS LIDAS