REGIÕES

BORBA: MINISTÉRIO PUBLICO ACUSA 8 ARGUIDOS PELA DERROCADA NA PEDREIRA

O Ministério Público deduziu acusação contra oito arguidos, um deles uma pessoa coletiva, no caso da derrocada da estrada 255 em Borba (Évora), por “vários crimes de homicídio e de violação de regras de segurança”, foi hoje revelado.

O Ministério Público deduziu acusação contra oito arguidos, um deles uma pessoa coletiva, no caso da derrocada da estrada 255 em Borba (Évora), por “vários crimes de homicídio e de violação de regras de segurança”, foi hoje revelado.

Em comunicado, publicado na sua página na Internet, o Ministério Público (MP) anunciou hoje que, “no âmbito do inquérito instaurado com vista a apurar as circunstâncias que rodearam o colapso” da Estrada Municipal 255, ocorrido em novembro de 2018, deduziu acusação “contra oito arguidos”, de entre os quais “uma pessoa coletiva”.

O MP, “requerendo o julgamento por tribunal coletivo”, imputa aos oito arguidos “a prática de vários crimes de homicídio e de violação de regras de segurança”.

VEJA AINDA:

AVEIRO: UNIVERSIDADE ULTRAPASSA OS 500 CASOS DE COVID-19

Lusa

MOITA FLORES ACUSADO DE CORRUPÇÃO E BRANQUEAMENTO POR OBRA QUANDO FOI AUTARCA EM SANTARÉM

Lusa

COVID-19: PARLAMENTO NA MADEIRA COM NOVAS MEDIDAS DE COMBATE À PANDEMIA

Lusa

MATOSINHOS: AUTARQUIA INVESTE 150 MIL EUROS NAS MESAS DE VOTO – PRESIDENCIAIS

Lusa

MADEIRA: INÍCIA HOJE RECOLHER OBRIGATÓRIO DEVIDO À PANDEMIA DE COVID-19

Lusa

COVID-19: PORTUGAL COM 57 CONCELHOS EM RISCO EXTREMO, MAIS DO DOBRO DA ANÁLISE ANTERIOR

Lusa