RÁDIO REGIONAL
REGIÕES

CASTELO BRANCO: ASSOCIAÇÕES RECOLHERAM 57 TOLELADAS DE EQUIPAMENTOS ELÉTRICOS USADOS

nbsp| RÁDIO REGIONAL

Seis associações humanitárias de bombeiros do distrito de Castelo Branco recolheram mais de 57 toneladas de equipamentos elétricos usados em 2021, no âmbito da campanha “Quartel Eletrão”.

Em comunicado enviado à agência Lusa, a Eletrão – Associação de Gestão de Resíduos referiu que na sexta edição da campanha “Quartel Eletrão”, que decorreu entre janeiro e novembro de 2021, os bombeiros das corporações de Vila Velha de Ródão, Vila de Rei, Sertã, Fundão, Covilhã e Cernache do Bonjardim recolheram mais de 57 toneladas de lâmpadas, pilhas e equipamentos elétricos usados.

“Como contrapartida pelo seu esforço, as associações recebem 75 euros por cada tonelada de resíduos recolhida. No distrito de Castelo Branco, o valor recebido ascendeu a 4.325 euros”, lê-se na nota.

Nesta edição, que teve como parceiro a Liga dos Bombeiros Portugueses, as associações do distrito de Castelo Branco participantes reuniram, no total, 55.953 quilos de equipamentos elétricos usados, 1.287 quilos de lâmpadas e 420 quilos de pilhas.

“A Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Vila de Rei foi a que maior quantidade de lâmpadas recebeu a nível nacional (1,2 toneladas) e, por isso, recebeu um prémio de 1.500 euros convertíveis em equipamento de proteção“, referiu a Eletrão.

A sétima edição do “Quartel Eletrão” já está no terreno desde janeiro, sendo que as associações humanitárias de todo o país têm a oportunidade de continuar o trabalho de apoio à comunidade e proteção do ambiente, habilitando-se, ao mesmo tempo, a ganhar prémios.

A Eletrão é a entidade responsável por três dos principais sistemas de recolha e reciclagem de resíduos: embalagens, pilhas e equipamentos elétricos usados. Gere uma rede de recolha de equipamentos elétricos e pilhas usadas com mais de 6.000 locais de recolha dispersos por todo o território nacional e é também responsável pela reciclagem de embalagens em todo o país.

A sua principal missão é assegurar a reciclagem dos resíduos recolhidos, contribuindo para a minimização do impacto ambiental e para um reaproveitamento dos materiais que os constituem, promovendo a economia circular.

VEJA AINDA:

LAMEGO: ESPERAM-SE DEZENAS DE MILHARES NAS FESTAS DA SENHORA DOS REMÉDIOS

Lusa

TRÁS-OS-MONTES: CIM DESAFIA GOVERNO A DESCENTRALIZAR GESTÃO DA ÁGUA

Lusa

COIMBRA: AUTARQUIAS PONDERAM CONCERTAÇÃO PARA DEFENDER INTERESSES REGIONAIS

Lusa

UTAD CRIA UM SISTEMA ‘VIGILANTE FLORESTAL’ PARA DETEÇÃO DE INCÊNDIOS

Lusa

VISEU: JUDICIÁRIA DETEVE UM HOMEM SUSPEITO DE SEQUESTRAR UMA MULHER

Lusa

VALE DE CAMBRA: 40 ALDEIAS SEM MÉDICO DE FAMÍLIA HÁ UM MÊS

Lusa