RÁDIO REGIONAL
ECONOMIA & FINANÇAS

CIP CONSIDERA QUE ‘ESTÁ AFETADA A CREDIBILIDADE DO GOVERNO’ NA RESPOSTA ÀS EMPRESAS

nbsp| RÁDIO REGIONAL

O presidente da Confederação Empresarial de Portugal (CIP), António Saraiva, acredita que “ficou afetada a credibilidade do Governo anterior na resposta às necessidades das empresas”, tendo em conta a baixa utilização de programas como o Retomar.

Em resposta à Lusa, o dirigente associativo disse que “seria um ótimo sinal que a única razão que explica a baixa taxa de utilização da linha Retomar fosse o facto de a maioria das empresas à qual é dirigida não sentir a necessidade de recorrer a este programa”.

“Mais uma vez, assistimos ao anúncio de apoios que tardam a concretizar-se e que, quando chegam, vêm com tantas limitações e exigências que poucas são as empresas que a eles podem ou querem aceder. Ficou, assim, afetada a credibilidade do Governo anterior na resposta às necessidades das empresas”, garantiu.

“Veremos o que sucederá com o próximo executivo, que esperamos que conte com um ministério da Economia com poderes efetivos e reforçados“, destacou ainda António Saraiva.

VEJA AINDA:

COMBUSTÍVEIS: PESADOS DE MERCADORIAS COM DESCONTO EXTRAORDINÁRIO NO GASÓLEO

Lusa

ALUNOS DO PRIMEIRO CICLO NÃO VÃO TER QUE DEVOLVER MANUAIS ESCOLARES

Lusa

GOVERNO VAI ALARGAR POR MAIS TRÊS MESES APOIO AO CABAZ ALIMENTAR

Lusa

NOVAS EMPRESAS CONSTITUÍDAS EM PORTUGAL AUMENTAM 20% ATÉ MAIO

Lusa

INVESTIMENTO: APOIOS DE 160 MILHÕES PARA INDÚSTRIAS INTENSIVAS EM GÁS

Lusa

GOVERNO APROVA ALTERAÇÕES AO REGIME DE MOBILIDADE POR DOENÇA

Lusa