RÁDIO REGIONAL
CIÊNCIA & TECNOLOGIA

CONSÓRCIO DE EMPRESAS LANÇA TECNOLOGIA QUE ELIMINA O VÍRUS COVID-19 EM SEGUNDOS

nbsp| RÁDIO REGIONAL

Denominado FOTOVID, o projeto pretende eliminar o vírus SARS-CoV-2, responsável pela doença de covid-19, “logo na principal ‘porta de entrada’ no organismo, isto é, nas fossas nasais, usando a terapia fotodinâmica”, afirma a Universidade de Coimbra (UC), numa nota enviada hoje à agência Lusa.

A investigação, que “acaba de obter 450 mil euros de financiamento” do Programa Operacional Centro 2020, reúne em consórcio a UC, através de equipas multidisciplinares das faculdades de Ciências e Tecnologia (FCTUC) e de Medicina (FMUC), o Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC) e as empresas LaserLeap, de Coimbra, que coordena o projeto, e Ondine Biomedical (Canadá), líder mundial na fotodesinfeção antibacteriana.

O FOTOVID assenta no “conhecimento recente de que o SARS-CoV-2 se associa a uma proteína preferencialmente presente nas cavidades nasais, onde se cria um reservatório de vírus responsável pela transmissão da doença e generalização da infeção”, referem os responsáveis do consórcio.

Assim, “a inativação dos vírus presentes nas cavidades nasais nas fases iniciais da doença covid-19 poderá acelerar o tratamento, permitir que apenas se manifestem as formas mais benignas da doença e contribuir para impedir a propagação da pandemia”.

Partindo de uma tecnologia de desinfeção nasal criada pela empresa canadiana parceira no projeto, que já é utilizada em todo mundo para eliminar bactérias multirresistentes, o consórcio vai desenvolver uma terapia inovadora capaz de matar vírus, em particular o coronavírus responsável pela covid-19.

A investigação será, assim, “muito mais rápida e, em caso de sucesso, a colocação no mercado será mais fácil e a custo reduzido”, destaca a UC.

“Esta é a inovação do projeto, pois a tecnologia nunca foi aplicada na inativação de vírus”, sublinha, citado pela UC, Luís Arnaut, um dos cientistas envolvidos na investigação.

“Estamos a propor um procedimento já com elevado grau de sofisticação, que já demonstrou ser eficaz na desinfeção de fossas nasais, mesmo para bactérias multirresistentes onde as alternativas terapêuticas existentes falham sempre, ou seja, tem sido possível fazer a inativação de bactérias multirresistentes com a terapia fotodinâmica”, esclarece.

“Este elevado grau de sofisticação faz prever o maior sucesso da terapia para combater a covid-19”, sustenta Luís Arnaut.

Na prática, sintetiza o catedrático da FCTUC, o consórcio propõe “um reposicionamento de moléculas”, ou seja, recorre a uma terapia que “está a ser usada para destruir bactérias multirresistentes”, reposicionando-a para matar vírus.

Os primeiros testes terão início em outubro, na Faculdade de Medicina da UC, com amostras de vírus de doentes infetados por covid-19, fornecidas pelo CHUC.

Posteriormente, quando for comprovada a eficácia da inativação fotodinâmica do vírus, seguir-se-ão os ensaios clínicos (que serão coordenados pelos especialistas Manuel Santos Rosa e José Saraiva da Cunha) com doentes voluntários, previsivelmente no próximo ano.

A terapia fotodinâmica é um tratamento não invasivo, rápido (pode durar apenas alguns segundos) e de baixo custo.

Os responsáveis do projeto defendem que esta tecnologia tem como objetivo ser a primeira opção terapêutica, eliminando o vírus numa fase muito inicial e impedindo, deste modo, a evolução da doença para fases mais graves.

Esta é uma alternativa terapêutica, que consiste em atacar diretamente a porta de entrada do vírus no organismo, para reduzir a carga viral no sítio onde ela é mais crítica, sintetiza Luís Arnaut.

A tecnologia “é para ser aplicada numa fase inicial de tratamento, para evitar complicações posteriores, em ambulatório”, concluiu.

VEJA AINDA:

COVID-19: UNIVERSIDADE DE COIMBRA AVALIA REAÇÕES EMOCIONAIS DE PROFISSIONAIS DE SAÚDE

Lusa

CINCO DISTRITOS EM ALERTA AMARELO DEVIDO À CHUVA, NEVE E AGITAÇÃO MARÍTIMA

Lusa

PORTO: FEIRA DO CERCO VAI ENCERRAR DEFINITIVAMENTE

Lusa

AÇORES: MAU TEMPO CAUSOU PREJUÍZOS DE QUATRO MILHÕES NA REDE VIÁRIA

Lusa

COVID-19: EUA CLASSIFICAM PORTUGAL EM RISCO ‘MUITO ELEVADO’ E DESACONSELHAM VIAGENS

Lusa

VILA NOVA DE GAIA: FESTEJOS ALUSIVOS AO NATAL E ANO NOVO CANCELADOS

Lusa

Moschee Teppich

Moschee teppiche werden nicht kurzfristig gewechselt, d.h. das ein Moschee teppich sehr hohe Anforderungen erfüllen muβ. Speziell entworfene Moschee Teppiche zeichnen sich durch Design und Farben aus. Mit der Weiterentwicklung der Technologie werden heute Tausende von Farben und Modellen in Teppichen hergestellt, die mit Moscheen kompatibel sind.

100% Reine Schurwollteppich kaufen: Schurwollteppiche sind Schwerentflammbar, Robust, Strapazierfahig, Antibakteriel und Schmuzabweisend.

Canlı Maç Sonuçları Run 3 Play Snake Friv Atari Breakout cookie clicker unblocked games Düğün Paketleri uygunsigara.com/ Umzug Basel
saç ekimi hair transplant
Umzug Basel
seslendirme santral anons santral seslendirme
salt likit