RÁDIO REGIONAL | PORTUGAL
seslendirme santral anons santral seslendirme

Moschee Teppich

Moschee teppiche werden nicht kurzfristig gewechselt, d.h. das ein Moschee teppich sehr hohe Anforderungen erfüllen muβ. Speziell entworfene Moschee Teppiche zeichnen sich durch Design und Farben aus. Mit der Weiterentwicklung der Technologie werden heute Tausende von Farben und Modellen in Teppichen hergestellt, die mit Moscheen kompatibel sind.

100% Reine Schurwollteppich kaufen: Schurwollteppiche sind Schwerentflammbar, Robust, Strapazierfahig, Antibakteriel und Schmuzabweisend.

Shell Shockers Unblocked Atari Breakout Play Snake Friv Canlı Maç Sonuçları iqoskits.com Düğün Paketleri
NACIONAL

CP PREVÊ PERTURBAÇÕES NA CIRCULAÇÃO DE COMBOIOS ENTRE OS DIAS 27 E 29 DEVIDO À GREVE

nbsp| RÁDIO REGIONAL | PORTUGAL

A CP – Comboios de Portugal alertou hoje para perturbações na circulação de comboios, em todos os serviços, entre 27 e 29 de junho, devido à greve dos trabalhadores da Infraestruturas de Portugal (IP) e das suas filiadas.

“Informamos que, por motivos de greve, convocada por organizações sindicais representativas dos trabalhadores da IP, preveem-se perturbações na circulação de comboios, a nível nacional, em todos os serviços, no dia 28 de junho, com possível impacto no dia anterior e seguinte ao período da greve, a 27 e 29 de junho”, indicou, em comunicado, a CP.

A empresa adiantou ainda que os clientes que tenham adquirido bilhetes para viagens nos comboios dos serviços alfa pendular, intercidades, interregional e regional podem pedir o reembolso total ou a revalidação do título, sem custos.

Os trabalhadores da IP e das suas filiadas estão em greve na segunda-feira e no dia 02 de julho, reivindicando melhores condições laborais, nomeadamente, o aumento dos salários.

A plataforma de sindicatos que representam os trabalhadores da IP e das suas participadas (IP Engenharia, IP Património e IP Telecom) entregou um pré-aviso de greve com início às 00:00 e término às 24:00 dos dias 28 de junho e 02 de julho de 2021.

Estes colaboradores já tinham parado no dia 02 de junho.

“Os trabalhadores da IP e das suas participadas não aceitam a discriminação praticada pelo Governo e aceite pela empresa que decide pelo aumento de salário para 308 dos seus 3.784 trabalhadores”, defendeu, em comunicado, a plataforma sindical.

Em causa, está o aumento de salários para todos os trabalhadores, o cumprimento integral do clausulado do Acordo Coletivo de Trabalho (ACT), a negociação coletiva como “fator de resolução e prevenção de conflitos”, a atualização do valor do subsídio de refeição e a integração do abono de irregularidade de horário no conceito de retribuição.

Por outro lado, reclamam a atribuição de concessões de viagem na CP- Comboios de Portugal a todos os trabalhadores da IP e suas participadas, a aplicação integral do ACT em vigor na IP aos trabalhadores do quadro de pessoal transitório, a abrangência das deslocações e horas de viagem a todos os trabalhadores e o ajuste do subsídio de refeição nas ajudas de custo.

Os trabalhadores pretendem ainda a atribuição da isenção de horário de trabalho nos casos em que serviço justifique e a garantia do repouso a seguir ao descanso e a contratação de quadros, protestando também “contra a falta de produtos de limpeza e higiene e por melhores condições de higiene e segurança nas instalações sociais e nos locais de trabalho”.

A plataforma que representa os trabalhadores da IP e das suas participadas é constituída pela Associação Sindical das Chefias Intermédias de Exploração Ferroviária (ASCEF) e pelos sindicatos Nacional dos Transportes Comunicações e Obras Públicas (FENTCOP), Nacional Democrático da Ferrovia (SINDEFER), Independente dos trabalhadores Ferroviários, das Infraestruturas e Afins (SINFA), Independente Nacional dos Ferroviários (SINFB), Independente dos Operacionais Ferroviários e Afins (SIOFA), Nacional de Quadros Técnicos (SNAQ) e dos Transportes Ferroviários (STF).

VEJA AINDA:

GREVE CLIMÁTICA REGRESSA AO PORTO NA SEXTA-FEIRA COM LUTA CONTRA DESIGUALDADES

Lusa

TRABALHADORES DOS IMPOSTOS EM GREVE DE 01 A 05 DE DEZEMBRO

Lusa

TRABALHADORES DAS RODOVIÁRIAS PRIVADAS EM GREVE HOJE EM TODO O PAÍS

Lusa

TRABALHADORES DA RODOVIÁRIA DE LISBOA CONVOCAM GREVE PARA 20 E 21 DE SETEMBRO

Lusa

ANO LETIVO COMEÇA COM GREVE DE PROFESSORES E FUNCIONÁRIOS

Lusa

NÚMERO DE PRÉ-AVISOS DE GREVE SOBE 6,6% ATÉ JULHO – DE 348 PARA 371

Lusa