NACIONAL

EDP: NOVAS SUSPEITAS NA VENDA ‘IRREGULAR’ DE IMÓVEIS

O secretário de Estado da Energia, João Galamba, adiantou hoje que a suspeita de uma venda irregular de edifícios por parte da EDP está em investigação no Ministério Público, depois de questionado pelo PCP sobre uma infraestrutura em Setúbal.

Na audição na comissão parlamentar de inquérito ao pagamento de rendas excessivas, João Galamba foi questionado pelo deputado do PCP Bruno Dias sobre a venda de um edifício-sede da EDP em Setúbal que, de acordo com os comunistas, é património que não é da elétrica, mas sim da concessão.

“Havia uma suspeita de uma venda irregular. Essa matéria está no Ministério Público. Não vou fazer comentários sobre isso. A venda de edifícios por parte da EDP está no Ministério Público em investigação”, respondeu o governante.

Segundo Bruno Dias, esta pergunta já tinha sido levantada pelo PCP no parlamento o ano passado, durante uma audição sobre o Orçamento do Estado para 2019, mas na altura o Governo não conhecia o problema.

“Referimo-nos na altura a um edifício-sede da EDP em Setúbal”, lembrou o deputado comunista.

Nesse debate, em 2018, o PCP denunciou que a EDP andava a vender infraestruturas, em concreto edifícios que fazem parte da concessão de média e alta tensão, pretendendo saber na ocasião se houve autorização para esta venda de património que não é da EDP, mas sim da concessão.

LUSA

VEJA AINDA:

MOITA FLORES ACUSADO DE CORRUPÇÃO E BRANQUEAMENTO POR OBRA QUANDO FOI AUTARCA EM SANTARÉM

Lusa

VILA DO CONDE. VÍTOR COSTA SERÁ O CANDIDATO DO PS À AUTARQUIA

Lusa

CHINA QUER RETIRAR LICENÇA A ADVOGADOS DE ATIVISTAS DE HONG KONG

Lusa

PR PROMULGA AUMENTO DO SALÁRIO MÍNIMO PARA 655 EUROS E ALARGAMENTO DA ADSE

Lusa

SEIA: GNR RESGATA 25 CÃES VÍTIMAS DE MAUS-TRATOS PELO PROPRIETÁRIO

Lusa

PROCESSO CASA PIA: CARLOS CRUZ PEDE UM NOVO JULGAMENTO

Lusa