RÁDIO REGIONAL
salt likit
NACIONAL

ENFERMEIROS PEDEM FIM DE DISCRIMINAÇÃO NA CARREIRA – SINDICATO

nbsp| RÁDIO REGIONAL

A dirigente do Sindicato dos Enfermeiros Portugueses (SEP) Fátima Monteiro defendeu hoje, no Porto, a necessidade de o Governo reconhecer “o risco e penosidade” da profissão e de acabar com a “discriminação” que a atual carreira impõe.

“São vários os problemas sentidos e que continuam por resolver. O surto epidémico só veio dar mais visibilidade a alguns deles, nomeadamente ao risco e à penosidade inerente ao exercício da profissão e à discriminação inaceitável por continuarem a coexistir vínculos diferentes entre enfermeiros”, sublinhou Fátima Monteiro.

Em conferência de imprensa, realizada em frente ao Hospital de Santo António, no Porto, em cujo gradeamento foram colocadas imagens de enfermeiros com as suas principais reivindicações, Fátima Monteiro referiu que a pandemia “veio agora evidenciar o que o sindicato anda a dizer há anos, não só em relação ao risco inerente à profissão, mas veio também mostrar o que é a discriminação entre enfermeiros”.

“Nós iremos fazer uma campanha a nível nacional e em cada ação iremos dar visibilidade aos problemas dos enfermeiros, que têm de ser reconhecidos”, afirmou.

Em seu entender, “não basta o reconhecimento em palavras , não basta dizer que os enfermeiros são fundamentais ou foram fundamentais na pandemia. São fundamentais em todo o processo de doença, seja ele na pandemia covid-19, seja na prestação diária e o risco está em todos os serviços, no dia a dia da profissão”.

“A população reconheceu, a população agradeceu, o Governo agradeceu e o Presidente da República diz que quer reconhecer os enfermeiros, mas os enfermeiros querem que este reconhecimento vá além das palavras”, disse.

A iniciativa, hoje realizada, no Porto, é, segundo Fátima Monteiro, “mais uma forma de chamar atenção, exigir de uma vez por todas que os governantes valorizem a profissão e os reconhecem em momentos como este”.

A dirigente do SEP/Porto lembrou, em declarações à Lusa, que “são cerca de 16 mil enfermeiros que não tiveram qualquer alteração remuneratória, mesmo com o descongelamento e com a revisão da carreira”.

“A pandemia não parou os enfermeiros na prestação direta de cuidados aos doentes que recorreram e recorrem ao serviço Nacional de Saúde. As suas justas reivindicações também não pararam ou vão parar”, frisou.

VEJA AINDA:

TRABALHADORES ACUSAM AUCHAN DE IMPOR ‘CARTÃO REFEIÇÃO’ PARA LIMITAR DIREITOS

Lusa

FRENTE COMUM EXIGE AJUSTAMENTO DO IRS PARA GARANTIR AUMENTO DE SALÁRIO LÍQUIDO DA FUNÇÃO PÚBLICA

Lusa

MAIS DE 2.000 ENFERMEIROS PEDIRAM PARA SAIR DE PORTUGAL DESDE O INÍCIO DA PANDEMIA

Lusa

MAIS DE TRÊS MIL ENFERMEIROS PEDIRAM À ORDEM ESCUSA DE RESPONSABILIDADE ESTE ANO

Lusa

TRABALHADORES DO FISCO EM GREVE ATÉ 5 DE DEZEMBRO

Lusa

MÉDICOS DIZEM QUE DESCONHECEM QUANDO VÃO SER VACINADOS COM A TERCEIRA DOSE

Lusa
Yatak Odası Takımı Run 3 free games unblocked

Moschee Teppich

Moschee teppiche werden nicht kurzfristig gewechselt, d.h. das ein Moschee teppich sehr hohe Anforderungen erfüllen muβ. Speziell entworfene Moschee Teppiche zeichnen sich durch Design und Farben aus. Mit der Weiterentwicklung der Technologie werden heute Tausende von Farben und Modellen in Teppichen hergestellt, die mit Moscheen kompatibel sind.

100% Reine Schurwollteppich kaufen: Schurwollteppiche sind Schwerentflammbar, Robust, Strapazierfahig, Antibakteriel und Schmuzabweisend.

Canlı Maç Sonuçları Run 3 Play Snake Friv Atari Breakout Elektronik Sigara cookie clicker unblocked games Düğün Paketleri uygunsigara.com/ Umzug Basel
saç ekimi hair transplant
Umzug Basel
seslendirme santral anons santral seslendirme
salt likit
free hacks