Connect with us

DESPORTO

JOSÉ MOTA SERÁ O NOVO TREINADOR DO DESPORTIVO DE CHAVES

Apesar do clube não assumir oficialmente, nem confirmando nem desmentindo esta informação, a Rádio Regional sabe que José Mota é, o mais que provável, senhor que se segue nos destinos do Desportivo de Chaves. Em cima da mesa estiveram outros nomes, tal como o regresso de Jorge Simão; mas foi José Mota que terá chegado a acordo com os ‘Valentes Transmontanos’.

Data:

em

Apesar do clube não assumir oficialmente, nem confirmando nem desmentindo esta informação, a Rádio Regional sabe que José Mota é, o mais que provável, senhor que se segue nos destinos do Desportivo de Chaves. Em cima da mesa estiveram outros nomes, tal como o regresso de Jorge Simão; mas foi José Mota que terá chegado a acordo com os “Valentes Transmontanos.”

Para a história fica o despedimento de Tiago Fernandes, que assim se torna o primeiro (e único) clube a despedir dois treinadores na mesma época desportiva 2018/2019. O emblema transmontano foi pressionado a reagir face à crise de resultados, que deixa o clube como um sério candidato à descida de divisão. O calendário que se avizinha para o Chaves não é fácil, tendo ainda que receber o Sporting e ir jogar ao reduto do Vitória SC (Guimarães). Também é nas próximas jornadas que o Chaves está obrigado a vencer os mais directos rivais de pontuação, nomeadamente o Nacional da Madeira, e o Desportivo das Aves (já o próximo jogo).

A Direcção Flaviense entendeu ser este o momento de tentar “ressuscitar” a valentia transmontana, a margem de erro é muito curta; sendo quase obrigatório vencer já o Desportivo das Aves, Nacional da Madeira, Tondela e Vitória FC (todos na lista de potenciais candidatos à descida de divisão).

A Rádio Regional sabe que a apresentação do novo treinador será este Domingo 10-03-2019 da parte da tarde no Estádio Eng. Manuel Branco Teixeira (Estádio Municipal de Chaves).

QUEM É JOSÉ MOTA ?

José Albano Ferreira Mota, mais conhecido como José Mota (Paredes, 25 de Fevereiro de 1964), é um ex-futebolista e treinador interino do Clube Desportivo das Aves.

Depois de um começo humilde no Aliados de Lordelo, Mota passou quase uma década no FC Paços de Ferreira, muitas vezes liderando o clube como seu capitão. Depois de se retirar como jogador, ele imediatamente integrou a equipa técnica como treinador adjunto até ser promovido a treinador principal em 1999; em 2004 ele treinou por curto período o CD Santa Clara dos Açores, regressando a Paços de Ferreira pouco depois.

Na temporada 2006-07 Mota qualificou Paços de Ferreira para a Taça UEFA pela primeira vez, depois de um sexto lugar no campeonato. O clube perderia na primeira eliminatória contra os holandeses do AZ Alkmaar por 0-1 (agregado).

Em Julho de 2008, Mota deixou Paços para treinar o Leixões SC, então na Primeira Liga. Na Primeira Liga de 2008–09 o clube de Matosinhos causou surpresa ao liderar a competição entre a 7ª e a 10ª jornada, vindo a terminar em 6º. Em 9 de Fevereiro de 2010, foi demitido do cargo quando o clube de Matosinhos estava classificado em penúltimo.

José Mota voltou ao ativo em Novembro de 2010, sendo nomeado pelo Belenenses que estava lutando na Segunda Liga, conseguindo a manutenção. De seguida treinou o Vitória de Setúbal entre 2012 e 2014. Em setembro de 2014, assumiu o comando do Gil Vicente Futebol Clube, à 4ª jornada da Primeira Liga de 2014–15.

Em maio de 2018, leva o Desportivo das Aves à vitória na final da taça de Portugal, tendo sido esta a maior conquista da carreira deste Treinador de Futebol. Já nesta época 2018/2019, foi substituído por Inácio no comando técnico do Desportivo das Aves.

CLIQUE PARA COMENTAR

DEIXE O SEU COMANTÁRIO

O seu endereço de email não será publicado.

AS MAIS LIDAS