Ligue-se a nós

REGIÕES

LISBOA: CRUZEIROS BATERAM RECORDES EM 2023 – TURISMO

A atividade de cruzeiros em Lisboa foi em 2023 a melhor de sempre, tendo ultrapassado pela primeira vez os 700 mil passageiros, mais 54% do que no ano anterior, anunciou hoje o Porto de Lisboa.

Online há

em

A atividade de cruzeiros em Lisboa foi em 2023 a melhor de sempre, tendo ultrapassado pela primeira vez os 700 mil passageiros, mais 54% do que no ano anterior, anunciou hoje o Porto de Lisboa.

Numa nota, o Porto de Lisboa destacou que em 2023 foram batidos recordes em relação à atividade de cruzeiros neste porto, nomeadamente o de passageiros, que foram 758.328, mais 54% do que em 2022.

O anterior recorde datava de 2018, ano que registou 577.603 passageiros de cruzeiro.

O segmento ‘turnaround’, os cruzeiros que têm embarque e/ou desembarque no terminal de cruzeiros de Lisboa, foi o que mais se destacou, com um crescimento exponencial, totalizando 204.004 passageiros (102.680 embarcados e 101.324 desembarcados), um aumento de 131% em comparação com o ano anterior.

O número de passageiros em trânsito atingiu os 554.324, um crescimento de 37% face a 2022, destacou o Porto de Lisboa.

Nas contas do Porto de Lisboa, a atividade de cruzeiros teve um impacto económico direto na cidade superior a 83 milhões de euros, considerando os 102.680 passageiros que embarcaram e os 554.324 que estiveram em trânsito em Lisboa, uma vez que um passageiro embarcado gasta, em média, 367 euros e um passageiro em trânsito 82 euros, segundo um estudo de impacto económico promovido pela Administração do Porto de Lisboa (realizado pela Netsonda e Nova SBE).

Foram realizadas no Porto de Lisboa 347 escalas, mais 20 do que em 2022, e também as escalas em ‘turnaround’ registaram um novo recorde (107), “ultrapassando o máximo absoluto das 103 escalas contabilizadas no período homólogo”.

Em relação à origem dos passageiros, o Reino Unido, com 38% (286.305), está em primeiro lugar, seguido pelos Estados Unidos, que registou um crescimento de 116% face a 2022 e passa a deter uma quota de 20% de passageiros de cruzeiros (149.233).

Os passageiros com origem na Alemanha, com 15% de passageiros de cruzeiros (apesar do crescimento de 14% face ao ano anterior), estão em terceiro e os originários do Canadá, com 34.085 passageiros (+172%) e com uma quota de mercado de 4%, em quarto.

No segmento de ‘turnaround’, os passageiros com origem nos EUA embarcados e desembarcados no Porto de Lisboa lideram, ao passarem de 28.355, em 2022, para 86.124, em 2023 (crescimento de 204%).

Escolheram o Porto de Lisboa para primeira escala 24 navios e quatro deles passaram por Lisboa em viagem inaugural.

Como curiosidade, escalou em Lisboa na sua viagem inaugural o navio de cruzeiro mais sustentável da atualidade, o “Silver Nova”, que tem fontes de energia híbridas e em porto consegue alcançar zero emissões nocivas, adiantou o Porto de Lisboa, destacando que o setor dos cruzeiros tem como objetivo alcançar as zero emissões de gases com efeitos de estufa até 2050.

Até 2026 está previsto que vários portos, entre os quais o de Lisboa, forneçam energia elétrica aos navios de cruzeiro atracados, para eliminar todas as emissões de CO2 nos portos.

Publicidade

HELPO, EU CONSIGNO EU CONSIGO, IRS 2024
ASSOCIAÇÃO SALVADOR, HÁ 20 ANOS A TIRAR SONHOS DO PAPEL

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

REGIÕES

MATOSINHOS: QUARTAS-FEIRAS SÃO DIAS DO “COMBOIO DE BICICLETAS”

As quartas-feiras passaram a ser dias “diferentes e fixes” para os alunos das escolas da Ermida e Padre Manuel de Castro, em Matosinhos, porque a chegada não se faz a pé ou de carro, mas num comboio de bicicletas.

Online há

em

As quartas-feiras passaram a ser dias “diferentes e fixes” para os alunos das escolas da Ermida e Padre Manuel de Castro, em Matosinhos, porque a chegada não se faz a pé ou de carro, mas num comboio de bicicletas.

Eram perto das 09:00 quando, já próximo da Escola Básica da Ermida, em São Mamede de Infesta, concelho de Matosinhos, no distrito do Porto, se avistou a chegada de um comboio, não de um comboio sobre carris e movido a eletricidade, mas um comboio de 27 crianças de bicicletas acompanhadas de maquinistas, igualmente de bicicletas, que têm como função não verificar se os passageiros têm bilhete, porque é gratuito, mas se chegam à escola em segurança.

O comboio de bicicletas, projeto que está a ser implementado em Matosinhos, tem, à semelhança dos comboios tradicionais hora de saída e chegada, assim como alguns atrasos, e paragens.

Para o apanhar não é preciso ser portador de qualquer bilhete, mas sim ser criança, frequentar as escolas do concelho, ter bicicleta e capacete e, às quartas-feiras, estar na paragem indicada para não perder o comboio e, assim, chegar quando soar o toque de entrada.

Os alunos chegaram a horas, em segurança, divertidos, muito contentes e sob o olhar curioso e atento dos colegas que, já no interior da escola e encostados aos gradeamentos, atiravam um “yeah” ou um simples olá.

“Andar de bicicleta é muito fixe, gosto muito”, confessou à Lusa Leonardo Cavalcante, de 6 anos, que, juntamente com o irmão, apanhou o comboio por volta das 08:05 no qual percorreu cerca de quatro quilómetros até chegar ao destino onde estava a avó com a mochila, porque vir com ela “era pesado”.

A mãe, Laura Cavalcante, que acha este comboio uma excelente iniciativa, afirmou que andar de bicicleta é algo que toda a gente deveria fazer, porque é um excelente meio de transporte, uma boa alternativa ao carro e ótimo para o ambiente.

Com três filhos, dois dos quais já utilizadores deste comboio, Laura Cavalcante, que anda de bicicleta desde os tempos de faculdade, quer que os filhos entendam que a bicicleta é um meio de transporte e tem muitas vantagens.

E que o diga Alice Ribeiro, de 9 anos, que disse que os “carros causam poluição”, por isso, sempre que puder, vai apanhar o comboio de bicicletas.

E acrescentou: “É muito fixe e não é muito perigoso, temos só de ter cuidado a andar”.

E, por falar em cuidados, o colega, João Teixeira, também com 9 anos, enumerou-os todos: usar capacete, parar nos semáforos, não passar à frente do maquinista e dar espaço a quem vai à frente.

E, se cumprirem estes requisitos, chegam em segurança e ajudam o ambiente, comentou.

“As portas das escolas são, provavelmente nas horas de ponta, os sítios mais poluídos das cidades, devido à grande concentração de carros”, afirmou João Araújo, impulsionador deste projeto em Matosinhos e pai de um dos alunos utilizadores do comboio.

Além de ser bom para o ambiente, esta iniciativa é benéfica para as crianças, porque lhes dá autonomia, autoestima, responsabilidade e divertimento, salientou, reforçando que “é seguro pedalar até à escola”.

O percurso demora cerca de 25 a 30 minutos, tem perto de 10 paragens, as crianças têm seguro e os maquinistas são pais ou apaixonados pelas bicicletas, por isso, tem tudo para correr bem, sublinhou João Araújo.

Este comboio de bicicletas ainda está numa fase piloto, sendo objetivo da autarquia estendê-lo a todas as escolas do concelho, referiu o vice-presidente e responsável pelo pelouro da mobilidade, Carlos Mouta.

“Estamos a falar de crianças muito pequeninas, do primeiro ciclo, e a ideia é que elas depois transportem isto para o secundário e mantenham este hábito de usar a bicicleta como meio de transporte”, concluiu.

LER MAIS

REGIÕES

LISBOA: HOMEM BALEADO POR AGENTE DA PSP APÓS EXIBIR ARMA

Um homem sofreu ferimentos após ter sido baleado esta terça-feira à noite por um agente da PSP no Lumiar, em Lisboa, depois de ter mostrado uma arma, adiantou à Lusa fonte desta força policial.

Online há

em

Um homem sofreu ferimentos após ter sido baleado esta terça-feira à noite por um agente da PSP no Lumiar, em Lisboa, depois de ter mostrado uma arma, adiantou à Lusa fonte desta força policial.

Fonte do Comando Metropolitano da PSP de Lisboa (Comtelis) explicou que esta força teve que efetuar disparos, na sequência de uma viatura que se colocou em fuga, depois de desobedecer a uma ordem de paragem.

Dois suspeitos estavam na viatura, mostraram estar armados e a PSP efetuou dois disparos, detalhou a mesma fonte.

Um homem ficou ferido, sendo considerado ferido leve, após ter sido atingido numa nádega, acrescentou.

O incidente ocorreu pelas 21:50 desta terça-feira, na zona das Linhas das Torres, Lumiar, em Lisboa.

A Polícia Judiciária foi chamada ao local, referiu ainda a fonte do Comtelis.

LER MAIS
Subscrever Canal WhatsApp
RÁDIO ONLINE
Benecar - Cidade do Automóvel
ASSOCIAÇÃO SALVADOR, HÁ 20 ANOS A TIRAR SONHOS DO PAPEL

LINHA CANCRO
DESPORTO DIRETO
A RÁDIO QUE MARCA GOLOS
FAMALICÃO X SPORTING




A RÁDIO QUE MARCA GOLOS
PORTO X VIZELA




A RÁDIO QUE MARCA GOLOS
AROUCA X SPORTING




A RÁDIO QUE MARCA GOLOS
PORTO X BENFICA




RÁDIO REGIONAL NACIONAL: SD | HD



RÁDIO REGIONAL VILA REAL


RÁDIO REGIONAL CHAVES


RÁDIO REGIONAL BRAGANÇA


RÁDIO REGIONAL MIRANDELA


MUSICBOX

WEBRADIO 100% PORTUGAL


WEBRADIO 100% POPULAR


WEBRADIO 100% BRASIL


WEBRADIO 100% ROCK


WEBRADIO 100% OLDIES


WEBRADIO 100% LOVE SONGS


WEBRADIO 100% INSPIRATION


WEBRADIO 100% DANCE

KEYWORDS

FABIO NEURAL @ ENCODING


ASSOCIAÇÃO SALVADOR, HÁ 20 ANOS A TIRAR SONHOS DO PAPEL
NARCÓTICOS ANÓNIMOS
PAGAMENTO PONTUAL


MAIS LIDAS