RÁDIO REGIONAL
salt likit
NACIONAL

MINISTRA DA SAÚDE REJEITA AFASTAMENTO DE RESPONSÁVEL DA LINHA SNS 24

nbsp| RÁDIO REGIONAL

A ministra da Saúde rejeitou hoje ter afastado o presidente dos Serviços Partilhados do Ministério da Saúde, entidade responsável pela Linha SNS 24, justificando a substituição com o fim do mandato anterior da administração anterior.

“Não houve demissão, houve um mandato que terminou no dia 31 de dezembro de 2019 e houve uma proposta de constituição de um novo conselho de administração, que seguiu a tramitação normal”, declarou Marta Temido aos jornalistas em Bruxelas, no final de uma reunião dos ministros da saúde da União Europeia.

Marta Temido precisou que, “durante o mês de janeiro, foi submetida à Comissão de Recrutamento e Seleção para a Administração Pública [CRESAP] uma nova equipa e, portanto, o processo seguiu a sua tramitação normal”.

“O que aconteceu foi que aconteceu neste momento a assinatura do despacho e o seu envio para publicação, mas não há aqui demissão”, reforçou.

Questionada se a mudança se deveu a incompetência ou outro tipo de problema com o responsável, Marta Temido negou: “Não tem a ver com isso”.

“Quanto termina uma comissão de serviço, temos de fazer uma evolução, se temos de renová-la ou mudar os órgãos que chefiam a organização e a opção foi […] de fazer uma alteração. Há necessidade de fazer um conjunto de alterações na estratégia da organização e entendemos que é um bom momento o final do mandato”, concluiu.

Na quinta-feira, o Governo nomeou um novo conselho de administração para os Serviços Partilhados do Ministério da Saúde, entidade responsável pela Linha SNS 24, apanhando de surpresa o atual presidente, Henrique Martins.

Em declarações à agência Lusa, Henrique Martins disse não compreender esta decisão, uma vez que a entidade estava a cumprir os objetivos estabelecidos por contrato e já tinha manifestado disponibilidade para continuar no cargo.

“O mandato acabou a 31 de dezembro, mas eu entendo que a entidade está a trabalhar, está a funcionar, e foi um pouco de repente esta informação”, disse Henrique Martins.

Os ministérios das Finanças e da Saúde submeteram à CRESAP e nomearam o novo conselho de administração, constituído por Luís Goes Pinheiro (presidente), Sandra Cavaca e Domingos Pereira (vogais).

Questionado pela Lusa se a não recondução no cargo se deveu aos constrangimentos da Linha SNS 24 relacionados com o surto pelo novo coronavírus, Henrique Martins, afirmou que não.

“O contrato que nós temos com o operador, que é a Altice, tem um limite máximo que são as 10 mil chamadas e isso foi atingido. Portanto, nós gerimos bem o contrato. O que acontece é que temos um excesso de chamadas causado por esta situação, que é uma situação completamente atípica”, sublinhou.

Também questionada sobre esta situação, Marta Temido recordou que a Linha SNS 24 é operada pela Altice, cujo contrato termina em abril, devendo ser “desencadeado um novo procedimento”.

“Fazer uma ligação entre aspetos que não têm ligação é como procurar uma ligação epidemiológico que não existe”, defendeu a ministra.

Além de Henrique Martins, saem os vogais Artur Mimoso e João Martins.

Sobre a Linha SNS 24, assegurada por enfermeiros, Marta Temido disse ainda que o Governo está a articular com o operador “uma possibilidade de reforçar” este serviço.

VEJA AINDA:

COVID-19: ABERTO AUTOAGENDAMENTO PARA MAIORES DE 40 ANOS PARA DOSE DE REFORÇO

Lusa

COVID-19: GRÉCIA COMEÇA A MULTAR PESSOAS COM MAIS DE 60 ANOS QUE NÃO ESTEJAM VACINADAS

Lusa

EM PORTUGAL JÁ FORAM ADMINISTRADAS 20 MILHÕES VACINAS DESDE O INÍCIO DA PANDEMIA

Lusa

COVID-19: PORTUGAL COM 40.945 INFEÇÕES, NOVO MÁXIMO EM 24 HORAS

Lusa

MAIS DE 13,7 MILHÕES DE CERTIFICADOS DIGITAIS EMITIDOS EM PORTUGAL

Lusa

MELGAÇO: AUTARQUIA QUER FARMÁCIAS ABERTAS 24 HORAS PARA FAZER TESTES

Lusa
Yatak Odası Takımı Run 3 free games unblocked

Moschee Teppich

Moschee teppiche werden nicht kurzfristig gewechselt, d.h. das ein Moschee teppich sehr hohe Anforderungen erfüllen muβ. Speziell entworfene Moschee Teppiche zeichnen sich durch Design und Farben aus. Mit der Weiterentwicklung der Technologie werden heute Tausende von Farben und Modellen in Teppichen hergestellt, die mit Moscheen kompatibel sind.

100% Reine Schurwollteppich kaufen: Schurwollteppiche sind Schwerentflammbar, Robust, Strapazierfahig, Antibakteriel und Schmuzabweisend.

Canlı Maç Sonuçları Run 3 Play Snake Friv Atari Breakout Elektronik Sigara cookie clicker unblocked games Düğün Paketleri uygunsigara.com/ Umzug Basel
saç ekimi hair transplant
Umzug Basel
seslendirme santral anons santral seslendirme
salt likit
free hacks