Ligue-se a nós

REGIÕES

MIRANDA DO DOURO QUER “FESTAS DO SOLSTÍCIO” COMO PATRIMÓNIO IMATERIAL

O município de Miranda do Douro está a apostar na divulgação e promoção das festas do solstício de inverno deste concelho, para as submeter ao Inventário Nacional de Património Cultural Imaterial, disse hoje à Lusa a presidente da câmara.

Online há

em

O município de Miranda do Douro está a apostar na divulgação e promoção das festas do solstício de inverno deste concelho, para as submeter ao Inventário Nacional de Património Cultural Imaterial, disse hoje à Lusa a presidente da câmara.

“Temos esta grande pretensão de inscrever as festas do Solstício de Inverno no Inventário Nacional de Património Cultural Imaterial (PCI), por esse motivo este ano apostamos na promoção e divulgação destes rituais ancestrais”, explicou a presidente da câmara local, Helena Barril.

A autarca social-democrata daquele concelho do distrito de Bragança acrescentou ainda que, ao longo dos últimos anos, são muitos os visitantes e estudiosos que visitam a Terra de Miranda para registar estes rituais de solstício de inverno que têm um caráter pagão, mas ao mesmo tempo uma forte componente religiosa.

“Com esta aposta na divulgação e promoção destes rituais pretendemos que sejam cada vez mais as pessoas – tanto portuguesas como estrangeiras – a deslocar-se ao território para a sua divulgação para avançar com a inscrição”, indicou a autarca.

O concelho de Miranda do Douro tem três momentos altos em relação às festas dos rituais de solstício de inverno, sendo que a primeira acontece em meados de dezembro em São Pedro da Silva onde sai à rua L Bielho i la Galdrapa.

A festa, que este ano aconteceu no domingo, consiste na “realização de uma ronda de peditório pela povoação, sendo a comitiva integrada pelo Velho, Galdrapa, Bailadores, instrumentistas e mordomos, que têm como função recolher as dádivas para festa, ao mesmo tempo saudando e convidar os habitantes para a mesma”, como se pode ler num texto da autarquia.

A festa do ‘Velho e da Galdrapa’ (na tradução do mirandês) esteve adormecida desde a década de 60 do século XX, com uma aparição na década de 90 do mesmo século, fruto de empenho de um grupo de pessoas, que recuperou durante dois anos esta tradição ancestral.

No concelho raiano de Miranda do Douro há também a festa do Menino Jesus em Vila Chã da Braciosa, um ritual celebrado no primeiro dia do ano, sendo também designada de festa do Ano Novo e de Festa da Velha.

Uma das festas de inverno mais características do Nordeste Transmontano realiza-se na parte norte deste concelho, com o ritual do Carocho e da Velha de Constantim, tratando-se de duas personagens que saem à rua desta aldeia raiana. O carocho anda mascarado para amedrontar os donos das casas e forçá-los a dar a esmola e sai 28 de dezembro pelo início da manhã.

REGIÕES

LISBOA: POLÍCIA DETEVE CINCO HOMENS COM 370 KG DE HAXIXE

A PSP deteve cinco homens por tráfico de drogas e aprendeu quase 370 quilos de haxixe na zona de Lisboa e Algarve no âmbito de uma investigação que durava há cerca de um ano, indicou hoje à Lusa aquele polícia.

Online há

em

A PSP deteve cinco homens por tráfico de drogas e aprendeu quase 370 quilos de haxixe na zona de Lisboa e Algarve no âmbito de uma investigação que durava há cerca de um ano, indicou hoje à Lusa aquele polícia.

Segundo o Comando Metropolitano de Lisboa da PSP, as detenções dos cinco homens, com idades entre 25 e os 60 anos, foram feitas através da esquadra de investigação criminal da divisão policial de Loures e do Grupo de Operações Especiais da Unidade Especial de Polícia.

A Polícia de Segurança Pública refere que estas detenções surgem no âmbito de uma investigação dirigida pelo Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Loures que decorria há cerca de um ano, tendo sido dado cumprimento a sete mandados de busca domiciliária e quatro mandados de busca não Domiciliária nas zonas de Odivelas, Loures, Lisboa, Quarteira e Ericeira.

A PSP refere também que dois dos detidos de nacionalidade espanhola tinham mandados emitidos pelo país de origem para o cumprimento de cino e 15 anos de prisão efetiva pelos crimes de tráfico de droga.

Durante esta operação, a PSP apreendeu 732.000 doses individuais de haxixe, o equivalente a 366 quilos, 9,7 doses individuais de ectasy, 122.170 euros em notas, 18 telemóveis e três viaturas.

Os cinco detidos foram presentes ao juiz de instrução, tendo quatro ficado em prisão preventiva e um com termo de identidade e residência.

LER MAIS

REGIÕES

PORTO: POLÍCIA REGISTOU EM 2023 QUATRO MIL ACIDENTES E 244 ATROPELAMENTOS

A Polícia de Segurança Pública (PSP) do Porto registou 244 atropelamentos no concelho em 2023, num total de 4.034 acidentes aos quais foi chamada a intervir, de acordo com dados adiantados à agência Lusa.

Online há

em

A Polícia de Segurança Pública (PSP) do Porto registou 244 atropelamentos no concelho em 2023, num total de 4.034 acidentes aos quais foi chamada a intervir, de acordo com dados adiantados à agência Lusa.

Segundo fonte oficial da PSP, no ano passado, no concelho do Porto, dos 4.034 acidentes aos quais a PSP foi chamada (média de 11,05 por dia), 3.517 foram colisões, 273 foram despistes e 244 foram atropelamentos.

Os números adiantados à agência Lusa apenas incluem os acidentes registados pela PSP, sendo o número real superior, já que há acidentes que não necessitam de intervenção desta força de segurança.

Os dados da PSP indicam ainda que, do total de acidentes em que foi chamada a intervir, 309 sucederam na Estrada da Circunvalação e 319 sucederam na Autoestrada 20 (A20), que cobre parte do trajeto da Via de Cintura Interna (VCI).

No total da VCI (que também inclui parte da A28), segundo os dados divulgados aos jornalistas pela Câmara do Porto em março, que remetem para “os acidentes participados pela PSP à ANSR [Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária]”, em 2023 registaram-se 526 acidentes, com dois mortos, um ferido grave e 159 ligeiros.

Em 2022, na VCI, o número de acidentes tinha sido praticamente idêntico (524), mas sem mortos ou feridos graves, tendo o número de feridos ligeiros sido também inferior (144).

Os números dos dois últimos anos são superiores aos de 2021 e 2020: em 2021 houve 482 acidentes que causaram dois mortos e 108 feridos ligeiros, enquanto em 2020 registaram-se 417 acidentes, com um morto e um ferido grave a lamentar, tendo existido 104 feridos ligeiros.

Cerca de 130 mil veículos circularam por dia nos troços da VCI no Porto, quase mais cinco mil do que em 2022, segundo dados do Relatório de Tráfego do Instituto da Mobilidade e dos Transportes (IMT), e cálculos da Lusa.

Os números representam um aumento de cerca de cinco mil veículos face a 2022, ano em que a média anual do tráfego médio diário atingiu os 125 mil na VCI no Porto.

No ano passado, o tráfego da VCI no Porto praticamente igualou os números de 2019, ano anterior à pandemia de covid-19, em que circularam cerca de 131 mil veículos por dia.

O relatório do IMT faz um cálculo do tráfego médio diário mensal, fazendo uma média ponderada, tendo a Lusa calculado a média desses valores.

LER MAIS
RÁDIO ONLINE
ASSOCIAÇÃO SALVADOR, HÁ 20 ANOS A TIRAR SONHOS DO PAPEL

LINHA CANCRO
DESPORTO DIRETO
A RÁDIO QUE MARCA GOLOS
PORTO X VIZELA




A RÁDIO QUE MARCA GOLOS
AROUCA X SPORTING




A RÁDIO QUE MARCA GOLOS
PORTO X BENFICA




RÁDIO REGIONAL NACIONAL: SD | HD



RÁDIO REGIONAL VILA REAL


RÁDIO REGIONAL CHAVES


RÁDIO REGIONAL BRAGANÇA


RÁDIO REGIONAL MIRANDELA


MUSICBOX

WEBRADIO 100% PORTUGAL


WEBRADIO 100% POPULAR


WEBRADIO 100% BRASIL


WEBRADIO 100% ROCK


WEBRADIO 100% OLDIES


WEBRADIO 100% LOVE SONGS


WEBRADIO 100% INSPIRATION


WEBRADIO 100% DANCE

KEYWORDS

FABIO NEURAL @ ENCODING


ASSOCIAÇÃO SALVADOR, HÁ 20 ANOS A TIRAR SONHOS DO PAPEL
NARCÓTICOS ANÓNIMOS
PAGAMENTO PONTUAL


MAIS LIDAS