MOTORES: NISSAM MANDA RECOLHER 1,3 MILHÕES DE VEÍCULOS

O construtor automóvel japonês Nissan vai recolher 1,3 milhões de veículos nos Estados Unidos, devido a um potencial defeito da câmara que auxilia a marcha-atrás, anunciou hoje a agência norte-americana responsável pela segurança rodoviária (NHTSA).

Em numerosos modelos (Nissan Altima, Frontier, Kicks, Leaf, Pathfinder, Rogue, Infiniti…) vendidos em 2018-2019, “os parâmetros de exibição podem ser configurados para que a imagem traseira não fique mais visível”, justificou a agência.

“O sistema mantém aqueles parâmetros quando o veículo efetua uma marcha-atrás”, de acordo com a agência, o que “aumenta o risco de um acidente”.

Esta retirada massiva deverá começar a partir de 21 de outubro, segundo a NHTSA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.