Connect with us

INTERNACIONAL

NOTÍCIAS NA TV E SMARTPHONES MARCAM A TENDÊNCIA

A televisão continua a ser a principal fonte de acesso a notícias em Portugal, enquanto na Internet os telefones inteligentes (‘smartphones’) ganham terreno ao computador, concluiu o Reuters Digital News Report 2017 hoje divulgado.

Datas:

em

A televisão continua a ser a principal fonte de acesso a notícias em Portugal, enquanto na Internet os telefones inteligentes (‘smartphones’) ganham terreno ao computador, concluiu o Reuters Digital News Report 2017 hoje divulgado.

“A televisão continua a ser um pilar fundamental no quotidiano informativo dos portugueses, sendo utilizada por 54,5% dos inquiridos, ganhando 2,0 pontos percentuais face a 2016”, enquanto a “Internet surge em segundo lugar com 31,5%, descendo 3,2 pontos percentuais” face ao ano passado, refere o estudo.

O Reuters Digital News Report 2017 é o sexto relatório anual do Reuters Institute for the Study of Journalism e o terceiro a contar com informação sobre Portugal, tendo como parceiro estratégico o OberCom – Observatório da Comunicação, que colaborou na conceção do questionário para o mercado português.

O estudo refere que, em termos de pagamento por notícias, “mais de um terço dos inquiridos adquiriram algum jornal em papel na semana anterior à da resposta ao inquérito e cerca de 10% efetuaram algum pagamento por notícias ‘online’ durante o último ano”.

A análise, coordenada em Portugal por Gustavo Cardoso, Miguel Paisana e Ana Pinto Martinho, investigadores da OberCom e membros do CIES-IUL, conclui ainda que o país “continua a ser dos onde mais se confia nas notícias”.

As redes sociais “têm um peso expressivo nos hábitos noticiosos dos portugueses”, sendo que 13,3% dizem ser esta a sua principal fonte de notícia, contra 11,8% em 2015 e 15,9% em 2016.

“Se tivermos em conta o acesso a redes sociais em geral (e não apenas enquanto fonte principal de notícias), verificamos que 62% dos inquiridos utilizam este recurso, ou seja, os portugueses recorrem a redes sociais para aceder a notícias, mas esta ainda não é a sua principal forma de acesso”, refere o estudo.

O Facebook destaca-se no acesso a notícias em Portugal, com mais de metade (54,3%) a afirmar que usa a rede social, seguida da plataforma de ‘streaming’ Youtube.

“Note-se que o Facebook tem vindo a perder utilizadores, em termos de consumo noticiosos”: em 2015, 67% dos inquiridos afirmavam utilizar ssa rede para se informar, sendo que no ano passado caiu para 62,7%.

“O dispositivo mais utilizado para aceder a notícias é o ‘laptop/desktop PC, seguido do ‘smartphone’, que continua a ganhar um peso significativo na relação dos portugueses, não só com as notícias, mas com a Internet em geral”, aponta, explicando que “a tendência observada nos três anos da análise indica que o PC está a perder importância, neste quadro de análise, com o ‘smartphone’ a ganhar cada vez mais importância”.

Em 2017, mais de dois terços (66,6%) dos inquiridos disse utilizar o computador para aceder a notícias e mais de metade (51,4%) afirmou recorrer ao ‘smartphone’.

No que respeita à confiança em notícias, em geral, “verificamos que os portugueses continuam a destacar-se face aos restantes países inquiridos, embora nestes três anos tenha vindo a decrescer (58,4% dos inquiridos dizem, em 2017, confiar em notícias – em 2015 esse valor era de 66% e em 2016 de 59,6%)”.

O inquérito que serve de base a este projecto foi aplicado a mais de 70 mil indivíduos em 36 países. No caso de Portugal, o inquérito de 2017 foi foi aplicado pela YouGov a uma amostra representativa da população portuguesa, tendo sido inquiridos este ano um total de 2.007 indivíduos.

PUBLICIDADE
OUVIR A RÁDIO REGIONAL AQUI
CLIQUE PARA COMENTAR

DEIXE O SEU COMANTÁRIO

O seu endereço de email não será publicado.

PUBLICIDADE MUSICBOX

OUVIR RÁDIO

OUVIR MÚSICA

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

REGIÕESPublicado há 15 horas

MACEDO DE CAVALEIROS REFORÇA APOIO AOS BOMBEIROS

A Câmara de Macedo de Cavaleiros vai reforçar em 35 mil o apoio financeiro aos bombeiros voluntários do concelho, prevendo...

REGIÕESPublicado há 16 horas

FURACÃO LESLIE: PREJUÍZOS DE 1,5 MILHÕES EM CONDEIXA-A-NOVA

A tempestade Leslie, que atingiu, sobretudo, a região Centro, provocou estragos superiores a 1,5 milhões de euros nos equipamentos municipais...

JUSTIÇAPublicado há 17 horas

JOÃO RENDEIRO CONDENADO A 5 ANOS DE PRISÃO

O antigo presidente Banco Privado Português (BPP) João Rendeiro foi hoje condenado a cinco anos de prisão com pena suspensa...

REGIÕESPublicado há 1 dia

FURACÃO LESLIE: ALUNOS NA FIGUEIRA DA FOZ SEM AULAS

O vereador da Educação da Figueira da Foz, Nuno Gonçalves, disse hoje à agência Lusa que na segunda-feira não haverá...

SOCIEDADEPublicado há 2 dias

FURACÃO LESLIE “DESLIGA” 50 MIL CLIENTES MEO

A Altice Portugal disse hoje que cerca de 50 mil clientes da rede fixa estão com serviços afetados, na sequência...

REGIÕESPublicado há 2 dias

FURACÃO LESLIE DERRUBA ESTAÇÃO EMISSORA DE RÁDIO

Também a comunicação social foi vítima do Furacão Leslie. Na Região Centro a tempestade derrubou a estação emissora da Rádio...

REGIÕESPublicado há 2 dias

FURACÃO LESLIE TROUXE A MAIOR RAJADA DE VENTO DA HISTÓRIA

Uma rajada de vento atingiu os cerca de 176 quilómetros por hora no sábado à noite na Figueira da Foz,...

SOCIEDADEPublicado há 2 dias

GOVERNO DIZ QUE “NÃO HÁ” PROVAS DE FALHAS DO SIRESP

A notícia é do Jornal Público, mas não pode deixar de ser publicada. O Governo "diz" que afinal não há...

ECONOMIA & FINANÇASPublicado há 3 dias

MOODY’S TIRA PORTUGAL DO “LIXO” FINANCEIRO

A agência de notação financeira Moody's subiu hoje o 'rating' de Portugal para 'Baa3', com perspetiva estável, retirando o país...

ECONOMIA & FINANÇASPublicado há 3 dias

HORAS EXTRA VÃO DESCONTAR MENOS PARA O IRS

Os rendimentos com horas extra poderão vir a beneficiar de uma taxa de retenção na fonte de IRS menor no...

PUBLICIDADE LINHA CANCRO

AS MAIS LIDAS