RÁDIO REGIONAL
NACIONAL

POLÍCIA SINALIZOU 1244 IDOSOS NA OPERAÇÃO ‘SOLIDARIEDADE NÃO TEM IDADE/2021’

nbsp| RÁDIO REGIONAL

A Polícia de Segurança Pública (PSP) contactou entre 19 de julho e 24 de setembro 8.033 idosos e sinalizou 1.244 que se encontravam em situação de risco, no âmbito da operação “Solidariedade Não Tem Idade/2021”.

Esta sexta-feira, “Dia Internacional do Idoso”, e em comunicado, a PSP adianta que durante a operação fez 8.033 contactos individuais, mais 1.747 do que no ano anterior, tendo sinalizado 1.244 idosos que se encontravam em situação de risco, mais 253 do que no ano transato.

Destes 1.244 idosos sinalizados, 386 foram devido a isolamento geográfico e/ou social, 569 devido a vulnerabilidades relativas à sua autonomia reduzida, 124 por serem vítimas de violência/crime e 174 por outras causas.

“Na operação ‘A Solidariedade Não Tem Idade’ a PSP exerce as suas competências de prevenção criminal (e de prevenção prioritária) que lhe estão genericamente atribuídas, fazendo-o em cooperação com instituições locais e em apoio a outras entidades nas suas competências de apoio/assistência social ou serviços médicos, salvaguardando as áreas de intervenção próprias de cada uma”, refere aquela força policial.

Adicionalmente, a PSP realiza também anualmente o projeto “Estou Aqui Adultos”, iniciado em 2015 com a Fundação Altice, para pessoas com potencial de perturbação da referenciação espácio temporal.

“No âmbito deste projeto, cuja adesão pode ser concretizada no sítio http://estouaquiadultos.mai.local/Pages/Home.htm#4, durante este ano foram já pedidas e ativadas 1.245 pulseiras que, considerando que cada adesão tem a validade de dois anos, totaliza neste momento 3.218 adesões ativas“, adianta a PSP.

Na nota, a PSP diz também que no decorrer de 2021 foi possível promover o reencontro de oito idosos com as respetivas famílias, através do “Estou Aqui Adultos”, encontrando-se a grande maioria na faixa etária entre os 70 e os 89 anos.

A operação “Solidariedade Não Tem Idade” é realizada pela PSP desde 2012 através dos polícias afetos às Equipas de Proximidade e Apoio à Vítima anualmente e a nível nacional e está especialmente direcionada para os cidadãos seniores, com idade superior a 65 anos. A ação tem como principal objetivo a deteção tão precoce quanto possível de casos de fragilidade social entre a população idosa.

“Neste Dia do Idoso, a PSP apela a que toda a sociedade apoie ativa e diariamente todos os cidadãos seniores, nomeadamente sinalizando situações de risco e vulnerabilidade” também através do email [email protected], destaca aquela força de segurança.

O “Dia Internacional do Idoso” foi instituído em 1991 pela Organização das Nações Unidas com o intuito de alertar a sociedade para a necessidade de proteger e cuidar da população mais envelhecida.

VEJA AINDA:

PJ ESPERA ‘A MAIOR AFETAÇÃO DE MEIOS DE SEMPRE’ PARA COMBATE À CORRUPÇÃO

Lusa

RECONHECIMENTO AUTOMÁTICO DE PASSAGEIROS ALARGADO A PORTO, FARO E FUNCHAL

Lusa

COVID-19: VACINAÇÃO DOS MAIS IDOSOS COM TERCEIRA DOSE ARRANCA ESTA SEMANA

Lusa

SEGURANÇA RODOVIÁRIA: POLÍCIA E CENTROS DE INSPEÇÃO ASSINAM PROTOCOLO

Lusa

COVID-19: SUBSÍDIO DE RISCO EXTRAORDINÁRIO RETIRADO A MILITARES DA GNR

Lusa

COVID-19: PROTEÇÃO DAS VACINAS CONTRA HOSPITALIZAÇÃO DOS MAIS IDOSOS CAI PARA 60% – INSA

Lusa