Ligue-se a nós

REGIÕES

PORTUGAL FASHION RECEBE 37 MIL VISITANTES EM QUATRO DIAS

A 44.ª edição do Portugal Fashion, na Alfândega do Porto, recebeu 37 mil visitantes, um número que aumentou em relação à última edição nacional pela introdução de desfiles de moda infantil, reforço do ‘brand up’ e mais imprensa internacional.

Online há

em

A 44.ª edição do Portugal Fashion, na Alfândega do Porto, recebeu 37 mil visitantes, um número que aumentou em relação à última edição nacional pela introdução de desfiles de moda infantil, reforço do ‘brand up’ e mais imprensa internacional.

“Estamos com 37 mil visitantes nesta edição”, disse à Lusa Mónica Neto, líder do projeto Portugal Fashion, justificando o aumento de visitantes com em relação à última edição com o reforço do ‘brand up’, bem como com os desfiles de crianças, uma novidade deste certame, e também um aumento da imprensa internacional, com uma comitiva de entre 50 a 60 pessoas.

A 43.ª edição do Portugal Fashion, em outubro do ano passado, recebeu quase 35 mil visitantes durante os três dias do evento.

No âmbito do balanço dos quatro dias do evento de moda nacional, que decorreu no Porto entre quinta-feira e hoje, Mónica Neto acrescentou que o facto de ter a ‘designer’ Alexandra Moura no calendário oficial da semana da moda feminina de Milão recentemente também ajudou a criar “mais interesse” pela parte da imprensa internacional.

Nesta 44.ª edição nacional do Portugal Fashion, cujo investimento foi da ordem dos “500 mil euros”, um valor “habitual nas edições nacionais”, Mónica Neto considerou que o certame correu bem.

“É um balanço positivo, tivemos quatro dias do melhor da moda portuguesa, um ‘showroom com 70 marcas, com os principais ‘players’ do setor [têxtil, calçado, joalharia], o que para nós, Portugal Fashion, é muito importante e simbólico daquilo que se pode construir a partir deste momento. Uma nova era da moda portuguesa alinhada”, sintetizou.

Questionada sobre o balanço à introdução da moda infantil no alinhamento do Portugal Fashion, aquela responsável considerou que o “caminho está lançado”. “Creio que vamos ter pano para mangas e vamos ter as crianças com ponto assente na moda nacional”, afirmou.

E é também ponto assente para a dupla Marques’Almeida, que apresentou hoje uma coleção para a próxima estação fria, apostar na moda infantil.

“Desenhar roupa de criança é uma das coisas que pensamos para este ano. Definitivamente. Quem sabe da próxima vez”, assume a dupla, assumindo que será o próximo passo, até porque foram pais de uma menina recentemente.

Dados da organização indicam que o volume de negócios associado ao subsetor do vestuário infantil cresceu cerca de “17,1% entre 2014 e 2017” e que correspondente a 521 milhões de euros.

A encerrar os mais de 30 desfiles de mais de 50 criadores de marcas que passaram por este Portugal Fashion está David Catalán, que apresenta a coleção “Still alive”, às 17:00, onde se vão conjugar peças clássicas com vestuário mais desportivo e onde os tons mais marcantes vão ser os beges, cor tijolo, pretos e castanhos.

O Portugal Fashion (PF) termina hoje depois de passarem pela Alfândega do Porto mais de 30 desfiles.

Este é um projeto da responsabilidade da Associação Nacional de Jovens Empresários, desenvolvido em parceria com a Associação Têxtil e Vestuário de Portugal, sendo financiado pelo Portugal 2020, no âmbito do Compete 2020 – Programa Operacional da Competitividade e Internacionalização, com fundos provenientes da União Europeia, através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.

LUSA

REGIÕES

PORTO: HOMEM CONDENADO A SEIS ANOS DE PRISÃO POR TENTAR MATAR IRMÃO

Um homem de 76 anos foi condenado esta quinta-feira a seis anos de prisão por tentar matar a tiro o irmão, de 60, no interior de uma tabacaria do Porto em abril de 2023.

Online há

em

Um homem de 76 anos foi condenado esta quinta-feira a seis anos de prisão por tentar matar a tiro o irmão, de 60, no interior de uma tabacaria do Porto em abril de 2023.

O arguido, que está em prisão domiciliária, vai ter ainda de pagar uma indemnização de 25 mil euros ao irmão por danos não patrimoniais.

Durante a leitura do acórdão, que decorreu no Tribunal São João Novo, no Porto, a presidente do coletivo de juízes vincou que a vítima só não morreu por sorte, tendo, contudo, ficado com sequelas.

A magistrada referiu que o arguido demonstrou ter uma “personalidade obstinada”, tendo “feito um teatrinho de princípio ao fim e uma defesa à sua maneira” ao longo de todo o julgamento. Apesar disso, e atendendo à sua idade e ao facto de não ter antecedentes criminais, o tribunal “até foi benevolente“, frisou.

A juíza presidente lembrou que a 8 de abril de 2023, pelas 9h10, o arguido “entrou de rompante” na tabacaria da qual o irmão é proprietário e onde estava a trabalhar e disparou vários tiros na sua direção, atingindo-o na cabeça e pescoço.

A vítima, que estava atrás do balcão, conseguiu sair de lá e tirar-lhe o revolver da mão, mas o arguido tirou uma pistola automática modificada que trazia consigo e só não disparou porque entrou uma pessoa no estabelecimento, continuou. Isto demonstra, segundo a magistrada, a “frieza de ânimo” do arguido e a “vontade de vingança”. “E a tenacidade em alcançar os resultados pretendidos”, sublinhou.

Dizendo que agiu de forma “livre, consciente e deliberadamente”, a juíza que presidiu ao coletivo recordou que o arguido ficou revoltado com a família por motivos relacionados com heranças e aproveitou para se vingar naquele irmão. “A comunidade não entende os inúmeros casos de atentado contra a vida humana”, concluiu.

LER MAIS

REGIÕES

VILA NOVA DE GAIA: PJ INVESTIGA DESACATOS COM DOIS ESFAQUEADOS NO METRO

A investigação aos desacatos ocorridos na quarta-feira à noite na estação de metro General Torres, em Vila Nova de Gaia, que culminaram no esfaqueamento de dois cidadãos, passou para a alçada da Polícia Judiciária, disse hoje fonte policial.

Online há

em

A investigação aos desacatos ocorridos na quarta-feira à noite na estação de metro General Torres, em Vila Nova de Gaia, que culminaram no esfaqueamento de dois cidadãos, passou para a alçada da Polícia Judiciária, disse hoje fonte policial.

Os dois feridos, um dos quais em estado considerado grave, de 28 e 30 anos, respetivamente, foram transportados para a Unidade Local de Saúde de Gaia/Espinho.

Fonte da PSP disse à Lusa que os incidentes envolveram dois grupos, mas não se sabe o que terá motivado as agressões.

De acordo com a mesma fonte, os agressores ainda não foram identificados.

O alerta para o incidente foi dado pelas 21h37 de quarta-feira, junto à estação de metro General Torres, referiu à Lusa fonte do Comando Metropolitano do Porto da PSP.

LER MAIS
RÁDIO ONLINE
ASSOCIAÇÃO SALVADOR, HÁ 20 ANOS A TIRAR SONHOS DO PAPEL

LINHA CANCRO
DESPORTO DIRETO
A RÁDIO QUE MARCA GOLOS
PORTO X VIZELA




A RÁDIO QUE MARCA GOLOS
AROUCA X SPORTING




A RÁDIO QUE MARCA GOLOS
PORTO X BENFICA




RÁDIO REGIONAL NACIONAL: SD | HD



RÁDIO REGIONAL VILA REAL


RÁDIO REGIONAL CHAVES


RÁDIO REGIONAL BRAGANÇA


RÁDIO REGIONAL MIRANDELA


MUSICBOX

WEBRADIO 100% PORTUGAL


WEBRADIO 100% POPULAR


WEBRADIO 100% BRASIL


WEBRADIO 100% ROCK


WEBRADIO 100% OLDIES


WEBRADIO 100% LOVE SONGS


WEBRADIO 100% INSPIRATION


WEBRADIO 100% DANCE

KEYWORDS

FABIO NEURAL @ ENCODING


ASSOCIAÇÃO SALVADOR, HÁ 20 ANOS A TIRAR SONHOS DO PAPEL
NARCÓTICOS ANÓNIMOS
PAGAMENTO PONTUAL


MAIS LIDAS