RÁDIO REGIONAL
REGIÕES

SABROSA: IP GARANTE REPARAÇÃO DAS BARREIRAS DE PROTEÇÃO DA LINHA DO DOURO

nbsp| RÁDIO REGIONAL

A Infraestruturas de Portugal (IP) vai proceder à reparação de barreiras de proteção à via-férrea, entre os quilómetros 121,5 e 121,8 da Linha do Douro, Sabrosa, num local só acessível por comboio e barco, foi hoje anunciado.

A empreitada, segundo a IP, tem um prazo de execução de 120 dias e representa um investimento de 250 mil de euros.

Trata-se, explicou, de uma “obra de conservação que tem como objetivo a reparação e reforço das barreiras existentes, de modo a assegurar a sua eficácia na proteção à via das eventuais quedas de blocos”.

A IP disse ainda, em comunicado, que os trabalhos se “revestem de elevada complexidade logística e técnica, decorrendo numa escarpa onde a linha se desenvolve na margem do rio Douro”, no concelho de Sabrosa, distrito de Vila Real.

“Atendendo as características do local, sem qualquer acessibilidade rodoviária, o acesso dos trabalhadores será assegurado por barco, sendo os demais meios operacionais e maquinaria transportados pela via-férrea”, acrescentou.

A IP disse ainda que desenvolveu “um criterioso planeamento dos trabalhos” e assegurou que estes “serão realizados sem comprometer a circulação de comboios”.

A empresa referiu que tem “desenvolvido diversas intervenções de estabilização de taludes, com especial enfoque nas linhas onde este risco é mais acentuado, nomeadamente nas linhas do Douro, Beira Alta ou Beira Baixa”.

E justificou as intervenções “atendendo aos riscos inerentes à existência de taludes — elemento geotécnico que acompanha largas extensões da via-férrea”, sendo estes trabalhos suportados “num acompanhamento e monitorizações permanentes”.

“A execução regular destes trabalhos de reparação e conservação permite garantir o aumento das condições de segurança, fiabilidade e disponibilidade da infraestrutura ferroviária”, frisou.

VEJA AINDA:

ALTO MINHO: FALTA DE CHUVA ATÉ FINAL DE AGOSTO AMEAÇA ABASTECIMENTO DE ÁGUA

Lusa

VIMIOSO: AUTARQUIA INDIGNADA COM A E-REDES DEVIDO AOS CORTES DE ENERGIA

Lusa

SECRETÁRIA DE ESTADO DIZ QUE UNIDADES MÓVEIS DE ATENDIMENTO DA PSP SÃO PARA MANTER

Lusa

PORTO: PSP CONFIRMA AUMENTO DA CRIMINALIDADE GRAVE EM 2021

Lusa

AVEIRO: ASAE APREENDEU 3.665 CAPACETES POR FALTA DE SEGURANÇA

Lusa

HOMEM E MULHER DETIDOS POR SUSPEITA DE FOGO EM GUIMARÃES E PÓVOA DE LANHOSO

Lusa