Ligue-se a nós

DESPORTO

SL BENFICA: PETAR MUSA DEIXA PORTUGAL E SEGUE PARA O FC DALLAS (EUA)

O avançado internacional croata Petar Musa está de saída do Benfica, depois de época e meia ao serviço das ‘águias’, para reforçar a equipa de futebol dos norte-americanos do FC Dallas, informaram hoje os dois clubes.

Online há

em

O avançado internacional croata Petar Musa está de saída do Benfica, depois de época e meia ao serviço das ‘águias’, para reforçar a equipa de futebol dos norte-americanos do FC Dallas, informaram hoje os dois clubes.

“O Sport Lisboa e Benfica informa que chegou a acordo com o FC Dallas, dos Estados Unidos, para a transferência a título definitivo do futebolista Musa”, referem os ‘encarnados’ no seu site oficial.

Apesar de nenhum dos clubes revelar os valores envolvidos no negócio, a comunicação social portuguesa e internacional adianta que a saída de Petar Musa, de 25 anos, deverá render ao Benfica uma verba na ordem dos 10 milhões de euros (ME), mais três em variáveis, sendo que o emblema da Liga norte-americana (MLS) refere que se trata de “uma transferência recorde”.

Através da sua página oficial na Internet, o FC Dallas informou ainda que o ponta de lança croata assinou contrato até 2027, com a possiblidade de prolongar o vínculo por mais um ano.

O futebolista croata, que pelo Benfica venceu a I Liga (2022/23) e a Supertaça (2023), chegou à Luz na última época, proveniente do Boavista, num negócio que terá custado 6,5 ME, segundo o relatório e contas dos ‘encarnados’.

Publicidade

Sem nunca se afirmar verdadeiramente como primeira opção, Musa participou em 41 jogos na época de estreia pelas ‘águias’, apenas cinco dos quais a titular, e marcou 12 golos e fez quatro assistências.

Já esta temporada, igualmente muitas vezes a sair do banco, o avançado participou em 25 jogos (nove como titular), marcou seis golos e fez duas assistências.

Com a contratação, neste mercado de janeiro, do avançado brasileiro Marcos Leonardo (ex-Santos), num plantel que conta ainda com Arthur Cabral e Casper Tengstedt, o croata perdeu ainda mais espaço.

Além de Marcos Leonardo, o Benfica reforçou o plantel com o lateral espanhol Álvaro Carreras e os extremos argentinos Benjamín Rollheiser e Gianluca Prestianni.

Além de Musa, saíram os defesas João Victor, contratado pelo Vasco da Gama, e David Jurásek, cedido ao Hoffenheim, o médio Chiquinho saiu para o Olympiacos e o extremo Gonçalo Guedes, que estava cedido pelo Wolverhampton, rumou ao Villarreal.

Publicidade
Publicidade
DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

DESPORTO

SL BENFICA X GIL VICENTE: ANÁLISE DE JOSÉ AUGUSTO SANTOS

Benfica respira confiança, controlou, dominou e ganhou sem sobressaltos, ultrapassou Sporting que não jogou em Famalicão e aumentou para 6 pontos a diferença para o FC Porto. O Gil Vicente tentou jogar como um grande a espaços conseguiu equilibrar e ter bola, mas cometeu dois erros em bolas paradas que o retiraram da possibilidade de discutir o resultado.

Online há

em

Benfica respira confiança, controlou, dominou e ganhou sem sobressaltos, ultrapassou Sporting que não jogou em Famalicão e aumentou para 6 pontos a diferença para o FC Porto. O Gil Vicente tentou jogar como um grande a espaços conseguiu equilibrar e ter bola, mas cometeu dois erros em bolas paradas que o retiraram da possibilidade de discutir o resultado.

Roger Schmidt promoveu o regresso de Alexander Bah que dá muita profundidade no corredor direito à equipa do Benfica e deslocou Aursnes para o corredor esquerdo à frente de Morato, lugar onde se destacou na época transata e Florentino assumiu a posição 6. Deu-se ao luxo de retirar e João Mário do 11 titular o que é sintomático da excecional qualidade do plantel encarnado.

Os encarnados resolveram cedo o jogo, com um bom aproveitamento dos esquemas táticos. Di Maria marcou os dois pontapés de canto que resultaram em golo. No primeiro Arthur Cabral a ir bem ao encontro da bola e a direcionar o cabeceamento de forma perfeita, aproveitando a passividade da marcação à zona que o Gil Vicente utiliza e no segundo com o habitual posicionamento de João Neves ao segundo poste, que com um excelente trabalho em espaço reduzido conseguiu marcar, depois de um desvio de Otamendi. O jogo ficou decidido com o 2-0, e se dúvidas existissem foram desfeitas por Rafa, a demonstrar que se quer despedir em grande, com um bom remate marcou o 3º golo no início da 2ª parte na sequência de combinação e assistência de Aursnes.

O Gil Vicente tentou, mas não conseguiu marcar porque o Benfica está mais consistente na sua organização defensiva. Florentino no corredor central, Aursnes na posição híbrida de interior/ala e Bah na lateral direita tornam a equipa mais rápida e sólida. No seu processo defensivo a equipa gilista ao tentar pressionar com o bloco muito alto, acabou por conceder muito espaço, não foi agressiva nos duelos individuais nem nas bolas paradas. Notou-se a falta de Martim Neto e Pedro Tiba num meio-campo onde só Kanya Fujimoto esteve bem.

Di Maria voltou a estar em excelente plano, Rafa, Arthur Cabral, Aursnes a jogar mais adiantado também jogaram muito bem e João Neves tem uma capacidade técnica e física impressionante.

Publicidade

No Gil Vicente Andrew não teve hipótese nos golos sofridos, Fujimoto fez um bom jogo e Tidjany Touré entrou bem.

O árbitro Tiago Martins permitiu contactos e não influenciou o resultado.


José Augusto Santos, Comentador Desportivo e Treinador de Futebol Nível IV UEFA Pro.

LER MAIS

DESPORTO

PRIMEIRA LIGA: BENFICA VENCE GIL VICENTE E ISOLA-SE LIDERANÇA (VÍDEO)

O Benfica isolou-se hoje provisoriamente na liderança da I Liga portuguesa de futebol, ao vencer em casa o Gil Vicente, por 3-0, em jogo da 20.ª jornada.

Online há

em

O Benfica isolou-se hoje provisoriamente na liderança da I Liga portuguesa de futebol, ao vencer em casa o Gil Vicente, por 3-0, em jogo da 20.ª jornada.

Depois de a visita do líder Sporting ao Famalicão ter sido adiada no sábado, por falta de policiamento, o Benfica somou a sétima vitória seguida no campeonato, com golos de Arthur Cabral (15 minutos), João Neves (34) e Rafa (49).

Os ‘encarnados’ passam a somar 51 pontos, mais dois do que o Sporting (menos um jogo) e seis do que o FC Porto, enquanto o Gil Vicente, que vinha de duas vitórias seguidas, é 10.º posicionado, com 22.

Fonte: Vídeo BTV

LER MAIS

MAIS LIDAS