Ligue-se a nós

DESPORTO

TRIBUNAL DÁ RAZÃO AO VARZIM E ABRE CAMINHO À DESPROMOÇÃO DO LEIXÕES

O Tribunal Central Administrativo é claro em ‘conceder provimento ao presente recurso jurisdicional‘ do Varzim que contesta a decisão da LPF Liga Portuguesa de Futebol e do TAD que consideravam válida a inscrição e cumprimento de todos os pressupostos por parte do Leixões. O TCA entende o contrário, e com esta decisão o processo de licenciamento do leixões vai voltar à estaca zero arriscando a despromoção das competições profissionais em consequência dos incumprimentos já anteriormente noticiados.

Online há

em

blank

O Tribunal Central Administrativo é claro em ‘conceder provimento ao presente recurso jurisdicional‘ do Varzim que contesta a decisão da LPF Liga Portuguesa de Futebol e do TAD que consideravam válida a inscrição e cumprimento de todos os pressupostos por parte do Leixões. O TCA entende o contrário, e com esta decisão o processo de licenciamento do leixões vai voltar à estaca zero arriscando a despromoção das competições profissionais em consequência dos incumprimentos já anteriormente noticiados.

O Varzim contestou a aceitação do Leixões Sport Clube Futebol SAD nas competições profissionais por considerar que não estavam reunidos os pressupostos exigíveis nas provas profissionais da Liga Portugal.  Os poveiros consideravam que estava em causa “práticas antirregulamentares”, denunciando “alegadas práticas antirregulamentares praticadas pela Leixões Sport Club — Futebol SAD no que respeita ao processo de licenciamento para as competições profissionais e ainda questões graves, relativamente ao controlo salarial no decorrer do ano de 2022”, disse o Varzim, em comunicado.

Também em 20-06-2022 a Rádio Regional dava conta de um conjunto de alegados incumprimentos do Leixões perante trabalhadores (inclui atletas, técnicos e/ou treinadores).


Veja: LEIXÕES: ATLETAS DENUNCIAM DÍVIDAS QUE PODEM EXCLUIR O CLUBE DAS PROVAS PROFISSIONAIS


O Leixões contestou publicamente rebatendo todas as acusações, mas certo é que a Liga decidiu retirar um ponto ao emblema de Matosinhos tal como também a Rádio Regional noticiou em 03-08-2022.


Veja: LEIXÕES E ACADÉMICA COM MENOS UM PONTO DEVIDO A IRREGULARIDADES SALARIAIS


Apesar da Liga Portugal ter considerado que o Leixões cumpria todos os pressupostos, certo é que o Varzim avançou para a justiça requerendo a rejeição da candidatura (do leixões) e consequentemente o regresso do emblema poveiro à segunda liga.

A Rádio Regional teve acesso ao processo e confirma que em 4 de Agosto de 2022 Liga e TAD decidiram, liminarmente, aceitar o Leixões nas provas profissionais, sem mais nem quaisquer outras diligências.

No processo constam documentos que efetivamente comprometem seriamente as aspirações do Leixões, e que o Varzim considera terem sido inexplicavelmente ignorados pela Liga e pelo TAD. Efetivamente entre muitas aparentes irregularidades, o comprimento de obrigações salariais parece estar envolto em sérios indícios de incumprimento.

Segundo a documentação apresentada pelo Leixões, não existirá prova documental do cumprimento dos pressupostos financeiros exigíveis à inscrição nas provas profissionais, razão pelo qual o Varzim acredita que esta decisão irá levar à ‘justa’ despromoção dos matosinhenses das provas profissionais.

Na decisão da passada sexta-feira pode ler-se “não se pode afirmar que o TAD dispunha de todos os elementos necessários à decisão (…) nem que se estava em presença de situação de suficiência da matéria de facto, isto é, o mesmo não dispunha de todos os elementos de facto“, ou seja, a decisão que validou a inscrição do Leixões nas competições profissionais não estava suportada em todos os elementos que permitissem uma decisão “madura”, nas palavras do Tribunal Central Administrativo.

Em suma, a decisão do Tribunal vem agora exigir que Liga e TAD verifiquem, adequadamente, o cumprimento dos pressupostos financeiros, e consequente anulando decisão anterior que considerava tais pressupostos cumpridos. Liga e Leixões ambos foram ainda condenados em custas processuais.

Sabe a Rádio Regional que também a autarquia, ainda que não assumidamente, se distanciou de toda e qualquer ligação ao clube ao colocar toda a sua participação no Leixões Sport Clube em hasta pública pelo valor de 1.000 euros.


Veja: MATOSINHOS: AUTARQUIA VAI LEILORAR 0,33% DO LEIXÕES SPORT CLUBE


A Liga Portugal já tem conhecimento da decisão do tribunal e decidiu por enquanto não tomar posição.

O Leixões Futebol Clube não tomou posição a tempo útil desta notícia.


Vítor Fernandes

vitor.fernandes@radioregional.pt

 

 

DESPORTO

BENFICA VENCE PAÇOS DE FERREIRA EM JOGO ANTECIPADO DA JORNADA 20 (VÍDEO)

O Benfica venceu hoje na vista ao Paços de Ferreira por 2-0, em jogo antecipado da 20.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, e aumentou a vantagem na liderança do campeonato.

Online há

em

blank

O Benfica venceu hoje na vista ao Paços de Ferreira por 2-0, em jogo antecipado da 20.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, e aumentou a vantagem na liderança do campeonato.

Em Paços de Ferreira, os ‘encarnados’ adiantaram-se no marcador com um golo do espanhol Grimaldo, logo aos sete minutos, e ampliaram vantagem por intermédio de João Mário, aos 11, fixando o resultado final.

Com este triunfo, o Benfica lidera a I Liga com 47 pontos, mais sete do que o Sporting de Braga e mais oito do que o FC Porto, equipas que têm menos um jogo, enquanto o Paços de Ferreira continua em último, com apenas seis pontos.

Fonte: Vídeo Sport TV

LER MAIS

DESPORTO

JOÃO PINHEIRO VAI ARBITRAR FINAL DA TAÇA DA LIGA ENTRE SPORTING E FC PORTO

O árbitro João Pinheiro vai dirigir pela sétima vez um jogo entre Sporting e FC Porto, no sábado, na final da Taça da Liga, a segunda da sua carreira, revelou hoje a Federação Portuguesa de Futebol (FPF).

Online há

em

blank

O árbitro João Pinheiro vai dirigir pela sétima vez um jogo entre Sporting e FC Porto, no sábado, na final da Taça da Liga, a segunda da sua carreira, revelou hoje a Federação Portuguesa de Futebol (FPF).

O árbitro da associação de Braga, de 35 anos e internacional desde 2016, vai ter como assistentes no Estádio Municipal Dr. Magalhães Pessoa, em Leiria, Rui Cidade e Nélson Pereira, o quarto árbitro vai ser Cláudio Pereira, enquanto no videoárbitro (VAR) vai estar Tiago Martins, coadjuvado por Fábio Melo e João Bessa Silva.

O clássico entre Sporting, quatro vezes vencedor da Taça da Liga, incluíndo as duas últimas, e FC Porto, que procura o primeiro título na prova na sua quinta final, está marcado para sábado, às 19:45, em Leiria.

Os ‘leões’ chegaram à sua sétima final ao vencerem o Arouca, por 2-1, na terça-feira, um dia antes de os ‘dragões’ baterem o Académico de Viseu, por 3-0, na segunda meia-final da 16.ª edição da competição.

LER MAIS

DESPORTO

TAÇA DA LIGA: FC PORTO VENCE AC VISEU E SEGUE PARA A FINAL COM O SPORTING (VÍDEO)

O FC Porto venceu esta quarta-feira o Académico de Viseu por 3-0, na meia-final da Taça da Liga, e vai defrontar o Sporting, no sábado, na final de uma competição que os ‘dragões’ nunca conquistaram.

Online há

em

blank

O FC Porto venceu esta quarta-feira o Académico de Viseu por 3-0, na meia-final da Taça da Liga, e vai defrontar o Sporting, no sábado, na final de uma competição que os ‘dragões’ nunca conquistaram.

Em Leiria, o atual campeão nacional adiantou-se no marcador frente ao quinto classificado da II Liga logo aos sete minutos, com um golo do internacional canadiano Stephen Eustáquio, e ampliou a vantagem na segunda parte, com tentos do inglês Danny Loader, aos 66, e de Bernardo Folha, aos 79.

Os ‘dragões’ marcam, assim, presença na final da Taça da Liga pela quinta vez e vão tentar conquistar o troféu pela primeira vez, enfrentando o Sporting, vencedor das duas últimas edições da competição e que bateu o Arouca por 2-1 na outra meia-final, em jogo agendado para sábado, pelas 19:45, também em Leiria.

Fonte: Vídeo Sport TV

LER MAIS

DESPORTO

UEFA: QUALIFICAÇÃO PARA EUROPEUS E MUNDIAIS VAI TER NOVAS REGRAS

Os novos formatos para as competições de seleções masculinas, que vão entrar em vigor em setembro de 2024, foram hoje aprovados, anunciou a UEFA, depois da reunião do Comité Executivo do organismo, em Nyon, na Suíça.

Online há

em

blank

Os novos formatos para as competições de seleções masculinas, que vão entrar em vigor em setembro de 2024, foram hoje aprovados, anunciou a UEFA, depois da reunião do Comité Executivo do organismo, em Nyon, na Suíça.

O objetivo das alterações na Liga das Nações e nas qualificações para os campeonatos europeus e mundiais é “oferecer competições mais atraentes e emocionantes dentro das datas existentes, bem como fortalecer os recursos das federações nacionais e garantir uma recuperação estável do impacto da pandemia”, lê-se no sítio de internet da UEFA.

A Liga das Nações será expandida com uma nova fase a eliminar a ser disputada em março, criando assim continuidade entre a fase de grupos, que termina em novembro, e a fase final disputada em junho.

Os vencedores e segundos classificados dos grupos da Liga A participarão nos quartos de final, com jogos em casa e fora, sendo que os vencedores dessas eliminatórias apuram-se para a ‘Final Four’ (Fase Final).

O terceiro classificado da Liga A e o segundo da Liga B, bem como o terceiro classificado da Liga B e o segundo da Liga C disputam um ‘play-off’ de promoção/despromoção em casa e fora.

Segundo a UEFA, a expansão desta prova para a janela do calendário internacional de jogos de março vai abranger apenas um determinado número seleções e as restantes já estarão disponíveis para iniciar a qualificação europeia.

Já o novo formato da qualificação europeia para os Europeus ou para os Mundiais da FIFA será mais consolidado, com as equipas a serem sorteadas em 12 grupos de quatro e cinco equipas, “revitalizando assim a competição e tornando-a menos previsível e mais dinâmica”, assinalou a UEFA.

Com os tradicionais jogos em casa e fora e os princípios de ‘todos jogam contra todos’ mantidos, este formato simples “oferecerá grupos mais competitivos em todos os níveis”, acrescentou.

As equipas sorteadas em grupos de cinco começam os jogos de qualificação em março ou junho, se ainda estiverem a competir nos quartos de final da Liga das Nações ou em jogos de promoção/despromoção da mesma prova.

As equipas sorteadas em grupos de quatro começam as respetivas campanhas em setembro.

“Os vencedores dos grupos da Qualificação Europeia qualificar-se-ão diretamente para o Europeu ou para o Campeonato do Mundo da FIFA, enquanto os segundos classificados qualificar-se-ão diretamente ou participarão no ‘play-off’ (juntamente com as equipas da Liga das Nações para a qualificação para o Europeu)”, refere.

Nenhuma mudança foi proposta para a fase final do Europeu, que ainda contará com 24 seleções.

Segundo a entidade liderada por Aleksander Ceferin, estas mudanças, que vão ser implementadas após o Euro2024, resultam em “jogos mais atrativos sem qualquer aumento no número total de jogos”.

“A introdução da Liga das Nações da UEFA foi um sucesso, substituindo jogos amigáveis por encontros mais competitivos. Agora, com a introdução da nova fase eliminatória, as equipas terão ainda mais oportunidades de evoluir, mantendo o mesmo número de jogos dentro do Calendário Internacional de Jogos”, vincou o presidente da UEFA.

De acordo com o dirigente, “a previsibilidade da qualificação europeia também foi abordada e tratada, com um novo formato que oferecerá a todas as equipas uma hipótese igual de se apurar para os principais torneios. O novo formato promete trazer mais emoção às competições de seleções de futebol da Europa, que continuam a crescer cada vez mais”.

Na reunião de hoje, o Comité Executivo também decidiu nomear a Federação Eslovaca de Futebol (SFZ) para acolher a fase final do Campeonato da Europa de Sub-21 de 2025, com 16 equipas. Os jogos serão disputados em oito locais, em oito cidades diferentes em todo o país, no verão de 2025.

Paralelamente, seguindo a evolução da pandemia de covid-19 e os atuais desenvolvimentos gerais em toda a Europa, incluindo a eliminação de medidas anteriores em vigor na maioria das competições nacionais, o Comité Executivo da UEFA decidiu descontinuar a aplicação do Protocolo da UEFA ‘Return to Play’.

“Em linha com a abolição do Protocolo, foi ainda decidido não continuar a introduzir os Anexos relevantes relacionados com regras especiais aplicáveis devido à covid-19, que foram incluídos nos regulamentos de competições da UEFA, uma vez que essas regras estavam ligadas à aplicação do protocolo”, sublinhou a UEFA.

Ainda assim, o organismo garantiu que vai continuar “a acompanhar de perto a evolução da pandemia e, em caso de alteração significativa das circunstâncias, proporá as medidas adequadas para garantir a segurança de todos os interessados e o bom desenrolar das suas competições, incluindo, se necessário, voltar a implementar quaisquer obrigações relevantes e medidas sanitárias”.

Foram ainda aprovados regulamentos do Campeonato da Europa de sub-21 2023-25 e os regulamentos do Campeonato da Europa feminino de 2023-25.

A próxima reunião do Comité Executivo da UEFA está agendada para 04 de abril de 2023, um dia antes do 47.º Congresso Ordinário da UEFA, em Lisboa.

LER MAIS

JORNAL ONLINE

blank

DESPORTO DIRETO

MUSICBOX

EMISSÃO NACIONAL





EMISSÃO REGIONAL










WEBRÁDIOS TEMÁTICAS MUSICAIS










LINHA CANCRO

PAGAMENTO PONTUAL

KEYWORDS

MAIS LIDAS