RÁDIO REGIONAL
INTERNACIONAL

VENEZUELA DESISTE DA CONSTRUÇÃO DE BARCOS

nbsp| RÁDIO REGIONAL

O ministro da Defesa Nacional, Azeredo Lopes, admitiu hoje como “muito provável” que o contrato para a construção dos dois navios asfalteiros para a Venezuela não se concretize, deixando um “imbróglio” que o Governo está a tentar resolver.

“O contrato de construção dos asfalteiros muito provavelmente não se vai concretizar”, afirmou Azeredo Lopes, em resposta a uma questão do deputado do BE João Vasconcelos, durante a audição na comissão parlamentar de Defesa.

João Vasconcelos questionou o ministro sobre como é que tenciona resolver a “indefinição” jurídica e a “trapalhada” resultante da possibilidade de a Venezuela recusar a construção dos asfalteiros, um contrato assinado em 2010 no valor de 128 milhões de euros.

Na resposta, Azeredo Lopes disse que o Governo tentou várias vias para a resolução do “imbróglio”, através da EMPORDEF (‘holding’ estatal que reúne as indústrias de defesa) incluindo uma intervenção da secretaria de Estado da Internacionalização, visando colocar a questão contratual no âmbito da “esfera mais ampla das relações luso-venezuelanas”.

Neste momento, disse, o Governo está a estudar a melhor forma de reagir, “com cautela jurídica”, à “notificação da PDVSA de que não quer dar continuidade ao processo de construção dos asfalteiros”.

O impasse na resolução daquele contrato tem ditado sucessivos adiamentos da liquidação da empresa pública, decidida no anterior Governo.

Azeredo Lopes disse que está também por resolver a notificação da Comissão Europeia para que o Estado português devolva 290 milhões de euros de auxílios estatais à ENVC.

A deputada do PSD Emília Cerqueira advertiu o ministro que estão armazenadas toneladas de aço nas instalações dos ENVC destinadas originalmente à construção dos asfalteiros e que em estão em risco de se deteriorar.

O ministro revelou ainda que a Comissão Europeia colocou “um conjunto de questões a propósito dos contratos de construção dos dois navios de patrulha oceânicos” para a Marinha portuguesa, dizendo que a questão “está aberta”, mas recusando avançar mais pormenores para “não antecipar problemas”.

A construção dos dois NPO nos estaleiros da WestSea, empresa concessionária dos estaleiros de Viana do Castelo, foi anunciada em maio de 2015 e têm prazo previsto de entrega em 2018.

VEJA AINDA:

ONU ALERTA QUE 274 MILHÕES DE PESSOAS NO MUNDO VÃO PRECISAR DE AJUDA HUMANITÁRIA EM 2022

Lusa

COVID-19: VOOS DE E PARA MOÇAMBIQUE CONTINUAM SUSPENSOS ATÉ 09 DE JANEIRO – GOVERNO

Lusa

COVID-19: CIENTISTAS INGLESES DESDRAMATIZAM VARIANTE ÓMICRON

Lusa

COVID-19: NOVA VARIANTE PODE REDUZIR SIGNIFICATIVAMENTE EFICÁCIA DAS VACINAS

Lusa

MUNDIAL2022: PORTUGAL DEFRONTA TURQUIA NAS ‘MEIAS’ DOS PLAY-OFF E PODE APANHAR A ITÁLIA

Lusa

PANDEMIA: O COVID-19 JÁ MATOU 5,2 MILHÕES DE PESSOAS POR TODO O MUNDO

Lusa

Moschee Teppich

Moschee teppiche werden nicht kurzfristig gewechselt, d.h. das ein Moschee teppich sehr hohe Anforderungen erfüllen muβ. Speziell entworfene Moschee Teppiche zeichnen sich durch Design und Farben aus. Mit der Weiterentwicklung der Technologie werden heute Tausende von Farben und Modellen in Teppichen hergestellt, die mit Moscheen kompatibel sind.

100% Reine Schurwollteppich kaufen: Schurwollteppiche sind Schwerentflammbar, Robust, Strapazierfahig, Antibakteriel und Schmuzabweisend.

Canlı Maç Sonuçları Run 3 Play Snake Friv Atari Breakout cookie clicker unblocked games Düğün Paketleri uygunsigara.com/ Umzug Basel
saç ekimi hair transplant
Umzug Basel
seslendirme santral anons santral seslendirme