RÁDIO REGIONAL
REGIÕES

VILA REAL APRESENTOU O ‘PROGRAMA DE FESTAS’ PARA O VERÃO 2019

nbsp| RÁDIO REGIONAL

O programa das festas e animação de verão de Vila Real inclui 100 iniciativas, como os concertos de Amor Eletro, Gisela João e Calema, a 50.ª edição do Circuito Internacional e a celebração dos três santos populares.

A Câmara de Vila Real apresentou hoje, em conferência de imprensa, a agenda para a época estival que arranca já esta semana e se prolonga até ao mês de setembro, com cerca de uma centena de atividades gratuitas e dirigidas a pessoas de todas as idades e gostos.

“É absolutamente claro que estes eventos ajudam a atrair mais visitantes a Vila Real. Todos eles sem exceção, mas sobretudo o Circuito Internacional que nos permite projetar a imagem de Vila Real nos quatro cantos do mundo”, afirmou o presidente da autarquia, Rui Santos.

Os eventos ajudam ainda a atrair à cidade os muitos emigrantes que se deslocam de férias a este território e a dinamizar a economia local, com destaque para o comércio tradicional.

Rui Santos disse que “Vila Real se afirma cada vez mais” como “a cidade dos três santos populares”.

Por isso, entre os dias 07 e 16 de junho decorre a Feira de Santo António, e, no dia 13, realiza-se ainda a tradicional feira de gado, o concerto pelos Amor Electro e o fogo-de-artifício.

Para o Santo António, as freguesias do concelho e duas escolas estão também a preparar marchas, que irão desfilar pela principal avenida da cidade.

O São João vai ser festejado no centro da cidade, numa iniciativa que junta os comerciantes e, para assinalar o São Pedro, realiza-se a tradicional feira, que inclui os pucarinhos de barro negro.

Haverá ainda uma “Noite Negra”, uma festa em que os participantes terão que vestir de preto para homenagear a olaria de Bisalhães, cujo processo de fabrico foi classificado pela UNESCO.

Os Quinta do Bill, em conjunto com a banda de Música de Mateus, atuam no dia 28 de junho e no dia a seguir atua Gisela João.

Rui Santos destacou a 50.ª edição do Circuito Internacional de Vila Real, entre 05 e 07 de julho, onde a prova rainha é a Taça do Mundo de Carros de Turismo (WTCR).

“Esta é uma edição especial do circuito”, frisou o autarca, que lembrou que as corridas se realizam desde 1931, mas que houve anos em que foram interrompidas.

A animação à volta do circuito inclui também concertos pelos Já Fumega e Expensive Soul.

Nesta quarta-feira arranca a 3.ª edição do Douro TGV, evento que durante três dias promove o turismo, gastronomia e vinho desta região.

Entre 14 e 15 de junho realiza-se o festival Rock Nordeste, com entrada livre e onde atuam Linda Martini, The Black Mamba, Frankie Chavez, Fast Eddie Nelson, Mirror People, The Legendary Tigerman, Sean Riley & The Slowriders, Sensible Soccers, Fogo Fogo e Batida Dj.

A agenda contempla ainda os projetos “Sons ao Largo”, com concertos que vão ter como palco o largo da Capela Nova, no centro histórico, o projeto “Arruada”, com espetáculos que decorrerão entre os meses de julho e setembro, na praça do município e outros locais do centro da cidade.

A 08 de agosto, a festa do emigrante faz-se ao som da música dos Calema.

O mês de setembro arranca com a terceira edição do Pitoresco – Festival de Graffiti e Street Art e, incluído na agenda de verão, está ainda a maior romaria da região, a festa da Senhora da Pena, que é conhecida pelos andores de grandes dimensões.

O presidente da autarquia referiu que o orçamento da animação preparada para este verão ronda entre os 170 e os 200 mil euros, excluindo a organização do Circuito Internacional.

nbsp| RÁDIO REGIONAL

LUSA

VEJA AINDA:

PORTO: TÚNEL DE SANTO OVÍDIO VAI FECHAR 18 MESES DEVIDO A OBRAS DO METRO

Lusa

PONTA DELGADA: APREENDIDAS MAIS DE 54 MIL DOSES DE HAXIXE E MAIS DE MIL DOSES DE COCAÍNA

Lusa

VISEU: ALUNOS DE 13 TURMAS EM ISOLAMENTO DEVIDO AO COVID-19

Lusa

LAMEGO: POLÍCIA JUDICIÁRIA DETEVE SUSPEITO DE ABUSO SEXUAL DE CRIANÇA

Lusa

TRABALHADORES DA CULTURA SEM TRABALHO PASSAM A TER DIREITO A UM ‘SUBSÍDIO’ ENTRE 438 E 1097 EUROS

Lusa

PAULITEIROS DE MIRANDA QUEREM REFORÇAR CANDIDATURA A PATRIMÓNIO DA HUMANIDADE NO DUBAI

Lusa