REGIÕES

VILA REAL, LEIRIA E AÇORES COM MAIOR AUMENTO DE CRIMINALIDADE

Os distritos de Leiria, Vila Real e a Região Autónoma dos Açores registaram um aumento da criminalidade violenta e grave em 2018, segundo o Relatório Anual de Segurança Interna (RASI) hoje aprovado pelo Conselho Superior de Segurança Interna.

Em conferência de imprensa realizada após a reunião deste organismo, a secretária-geral do Sistema de Segurança Interna, Helena Fazenda, afirmou que se verificou também um aumento da criminalidade geral nos distritos do Porto, Beja e Leiria, “embora em números não muito significativos”.

Por sua vez, a criminalidade violenta e grave desceu nos distritos Lisboa, Setúbal e Faro, tendo também diminuído, em relação aos crimes gerais, em Lisboa, Coimbra e Braga, afirmou Helena Fazenda.

O RASI de 2018, que vai ser entregue na sexta-feira no parlamento, dá conta de uma diminuição de 8,6% da criminalidade violenta e grave no ano passado, em relação a 2017, e de uma descida de 2,6% dos crimes gerais.

LUSA

VEJA AINDA:

ALFÂNDEGA DA FÉ: NÃO HÁ REGISTO DE NOVOS CASOS COVID-19 NAS ESCOLAS

Lusa

VILA VIÇOSA: 14 INFETADOS COM COVID-19 NOS SERVIÇOS DA MISERICÓRDIA

Lusa

PEDRO COSTA DIZ QUE EM PORTUGAL O NETFLIX É ‘CRIME ORGANIZADO’

Lusa

AVEIRO: 13 ANOS DE PRISÃO PARA HOMEM QUE MATOU A MÃE

Lusa

AÇORES: SITUAÇÃO DE CALAMIDADE PROLONGADA ATÉ 23 DE OUTUBRO

Lusa

APLICAÇÃO STAYAWAY COVID ALVO DE PROVIDÊNCIA CAUTELAR

Lusa