REGIÕES

VILA REAL: TRIBUNAL REJEITA 3 CANDIDATURAS

O Tribunal de Vila Real informou que rejeitou as listas independentes a três freguesias deste concelho, que são apoiadas pelo PS, após impugnações apresentadas pelo PSD. Fontes ligadas às candidaturas independentes já disseram que vão apresentar uma contestação.

Segundo a decisão judicial, a que a agência Lusa teve acesso, o juiz julgou “procedentes as impugnações apresentadas pelo PSD” e, consequentemente, determinou “a rejeição das listas” às juntas de Arroios, Lordelo e União de Freguesias de São Tomé do Castelo e Justes.

De acordo com o tribunal, nos três casos, o documento identificativo da lista dos candidatos “surge como independente e autónomo das respectivas declarações assinadas, não permitindo concluir que as listagens dos candidatos tenham, efectivamente, sido exibidas aos cidadãos aquando da recolha de assinaturas”.

Costa Leite, mandatário da candidatura social-democrata à câmara de Vila Real, explicou que o PSD decidiu impugnar estas listas por considerar que a “forma como apresentadas não dão cumprimento àquilo que é estipulado pela lei eleitoral”.

O PS reagiu a esta impugnação com um comunicado em que acusa o PSD de “procurar ganhar na secretaria o que sabe que não conseguirá ganhar no voto popular” e de estar a “promover um atentado à democracia nas autarquias locais”.

“Aparentemente o PSD lida mal com a pluralidade democrática e procura usar os recursos ao seu dispor para intimidar cidadãos interessados na vida política dos seus territórios”, referiu ainda o PS, no comunicado.

Costa Leite considerou que os termos em que o comunicado do PS foi escrito é “uma insolência” e representa “uma pressão indevida sobre o poder judicial”.

VEJA AINDA:

ALFÂNDEGA DA FÉ: NÃO HÁ REGISTO DE NOVOS CASOS COVID-19 NAS ESCOLAS

Lusa

VILA VIÇOSA: 14 INFETADOS COM COVID-19 NOS SERVIÇOS DA MISERICÓRDIA

Lusa

AVEIRO: 13 ANOS DE PRISÃO PARA HOMEM QUE MATOU A MÃE

Lusa

AÇORES: SITUAÇÃO DE CALAMIDADE PROLONGADA ATÉ 23 DE OUTUBRO

Lusa

MONTIJO: INCÊNDIO NUMA EMPRESA CAUSA DOIS FERIDOS

Lusa

ALVAIÁZERE: SETE UTENTES E DOIS FUNCIONÁRIOS DE LAR INFETADOS COM COVID-19

Vítor Fernandes