Connect with us

MAGAZINE

BEIJOS INESQUECÍVEIS ? UM GUIA PARA BEIJAR “BEM”

As dicas certas para ‘aquele’ beijo ‘inesquecível’ … um artigo indispensável !

Data:

em

Há beijos mais memoráveis que outros e mesmo que as coisas não tenham dado certo, a lembrança permanece. No entanto, há outros em que pensamos “mas, o que é que estou a fazer aqui?”. É claro que a empatia, tesão e vontade ditam muita coisa, mas a falta de jeito pode ser igualmente um motivo.

Língua a mais (ou falta dela), muita saliva, lábios rígidos, ansiedade, etc… podem dar cabo de um momento de excitação sexual ou romântico e daquele que é um cartão de visita. Assim sendo, nada como saber no que pode melhorar e começar a beijar melhor.

ESFOLIAÇÃO E HIDRATAÇÃO:
De nada lhe vale beijar muito bem se tem peles secas nos lábios. Este primeiro passo é muito importante por isso, habitue-se a fazer esfoliação semanalmente e a hidratar diariamente.

HÁLITO:
Depois de acordar é normal, mas de resto não! Uma boa higiene dentária não só lhe faz bem à saúde como irá ditar como os outros o vêem. Escovar os dentes pelo menos três vezes ao dia, usar fio dentário e ir ao dentista de seis em seis meses fazer uma limpeza é fundamental! Não obstante, a falta de hidratação e alimentação também pode causar mau hálito e deixar a boca seca portanto, há que ter algum cuidado com isto. Habitue-se também a andar com pastilhas sem açúcar porque nunca se sabe quando poderá precisar delas. As de canela são uma boa opção, uma vez que têm efeito anti bacteriano e combatem de forma mais eficaz o mau hálito.

VÁ COM CALMA:
Não seja sôfrego porque tal só irá causar ansiedade ao outro. Seja calmo e delicado, intercalando o beijo com o beijo de língua. Pode chuchar a língua ou o lábio do outro, mas não passe a vida a fazer isso. Não exagere na sucção nem em colocar a língua toda e não se esqueça que o toque das suas mãos no rosto, pescoço e costas do outro, vão complementar o beijo.

CONTROLAR E ENSINAR:
Caso apanhe alguém que não tenha muito jeito para a coisa, não vale a pena desistir! Esteja preparado para controlar uma língua que parece ter vida própria ou uma boca que não se mexe. Mantenha os seus lábios relaxados, circule em torno dos labios do outro e chupe devagarinho e de vez em quando. Controle o ritmo e dê o compasso necessário.

SALIVA QQUANTO BASTE:
Bom, ninguém quer sentir-se lambido e muito menos babado portanto, cuidado com o excesso de saliva na boca. Mude o ritmo e pare um segundo dando o sentido de ir mudar de direção e aproveite para engolir a saliva a mais.

COMPLEMENTAR O BEIJO:
Tal como referido acima, há gestos que complementam um beijo e o tornam bem mais rico. Os toques na rosto, no cabelo e nas costas fazem maravilhas, mais ainda quando aliados a algumas trincas. Mas calma, a não ser que lhe digam o contrário, tenha em atenção a intensidade. Intercale o beijo com pequenas mordidelas no lábio e desça até ao pescoço, onde também são bem-vindas umas trincas.

STRAZZERA

AS MAIS LIDAS