RÁDIO REGIONAL
salt likit
ECONOMIA & FINANÇAS

CRISE: TRABALHADORES DO JORNAL ‘A BOLA’ SEM RECEBER SUBSÍDIO DE NATAL

nbsp| RÁDIO REGIONAL

Os trabalhadores do jornal A Bola, de abola.pt, da revista Auto Foco e de A Bola TV, ainda não receberam o subsídio de Natal, denunciou hoje o Sindicato dos Jornalistas, que vai pedir a intervenção da Inspeção do Trabalho.

“A Sociedade Vicra Desportiva e a Vicra Comunicações, proprietárias do Jornal A Bola, de abola.pt, da revista Auto Foco e de A Bola TV, voltaram a não pagar aos seus trabalhadores o subsídio de Natal. Este é o quinto ano consecutivo que a administração entende que não deve cumprir esta obrigação para com os funcionários e quase tão grave quanto o atraso é o facto de não ter dado qualquer explicação”, afirmou o Sindicato dos Jornalistas (SJ) num comunicado.

Segundo o sindicato, a situação “é ainda mais penalizadora para os muitos trabalhadores que estiveram mais um de um ano e meio em lay-off”.

É que estes trabalhadores, além de não terem recebido o subsídio de Natal, aguardam ainda que a empresa transfira para as suas contas bancárias a verba que foi depositada pela Segurança Social nas contas da empresa após a decisão do Governo de pagar a 100% o salário a quem estivesse em ‘lay-off’.

O Sindicato dos Jornalistas já se reuniu duas vezes com a administração da empresa, tendo solicitado que a verba em falta fosse canalizada para as contas dos trabalhadores.

“No entanto, não é esse o entendimento dos administradores da Vicra, que garantiram ao SJ que há muito pediram um esclarecimento à Segurança Social por entenderem que no caso dos trabalhadores de A Bola não existe o direito de receberem o salário a 100%. Dizem que como não obtiveram resposta não pagaram aos trabalhadores, mas que essas verbas estão congeladas até ao momento de se dissiparem as dúvidas”, diz a mesma nota do SJ.

Para pôr cobro à situação, o Sindicato dos Jornalistas vai enviar uma exposição à Autoridade para as Condições do Trabalho (ACT)”, denunciando estas situações, porque entende que é incompreensível a ausência de intervenção perante tão grosseiras violações dos direitos dos trabalhadores”.

VEJA AINDA:

SONAE ESTÁ A ‘FATURAR’ MAIS – VOLUME DE NEGÓCIOS CRESCEU 6,3% EM 2021

Lusa

COVID-19: ACT FISCALIZA 973 EMPRESAS SOBRE CUMPRIMENTO OBRIGATÓRIO DE TELETRABALHO

Lusa

CINEMAS EM PORTUGAL COM AUMENTOS DE MAIS DE 40% EM AUDIÊNCIA E RECEITAS EM 2021

Lusa

INSOLVÊNCIA PESSOAL DIMINUI PARA TRÊS ANOS A PARTIR DE ABRIL

Lusa

CRISE/ENERGIA: INDÚSTRIA DA CERÂMICA ALERTA PARA ‘COLAPSO IMINENTE’ DO SETOR

Lusa

INSOLVÊNCIAS DE EMPRESAS CAEM 4,6% EM 2021 E CONSTITUIÇÕES AUMENTAM 10,4%

Lusa
Yatak Odası Takımı Run 3 free games unblocked

Moschee Teppich

Moschee teppiche werden nicht kurzfristig gewechselt, d.h. das ein Moschee teppich sehr hohe Anforderungen erfüllen muβ. Speziell entworfene Moschee Teppiche zeichnen sich durch Design und Farben aus. Mit der Weiterentwicklung der Technologie werden heute Tausende von Farben und Modellen in Teppichen hergestellt, die mit Moscheen kompatibel sind.

100% Reine Schurwollteppich kaufen: Schurwollteppiche sind Schwerentflammbar, Robust, Strapazierfahig, Antibakteriel und Schmuzabweisend.

Canlı Maç Sonuçları Run 3 Play Snake Friv Atari Breakout Elektronik Sigara cookie clicker unblocked games Düğün Paketleri uygunsigara.com/ Umzug Basel
saç ekimi hair transplant
Umzug Basel
seslendirme santral anons santral seslendirme
salt likit
free hacks