Connect with us

REGIÕES

ESTAÇÃO DE RÁDIO ESTARÁ ‘ENVOLVIDA’ NA QUEDA DO HELICÓPTERO DO INEM

Antena emissora de estação de rádio estará envolvida na queda de helicóptero do INEM.

Data:

em

Fonte da Rádio Regional, garante que antena emissora de uma estação de rádio estará envolvida na queda do helicóptero do INEM, que provocou a morte de todos os ocupantes. Pouco tempo antes do briefing final da Protecção Civil (sem direito a perguntas) o Comandante da Protecção Civil no Centro de Comando instalado junto à Capela de Santa Justa (Valongo), confrontado com esta informação, não confirmou nem desmentiu; garantindo no entanto que um “técnico avençado responsável pela manutenção” já teria sido notificado para “intervenção” à referida antena.

As antenas de emissão das estações de rádio, são objecto de licenciamento por parte da Autoridade Nacional das Comunicações (ANACOM), segundo fonte próxima da ANACOM, “o âmbito da e ação desta autoridade está limitado apenas às condições meramente técnicas do funcionamento das estações emissoras, e não à segurança das infraestruturas propriamente ditas“. Disse ainda que a autoridade da ANACOM “pretende gerir e proteger o espectro radioeléctrico e não a segurança das infraestruturas“. No entanto, diz a mesma fonte que “as antenas emissoras, especialmente próximas de locais sensíveis (como aeroportos ou heliportos) estão efectivamente obrigadas – entre outras exigências – a possuir luz de sinalização nocturna, frisando que não é competência da ANACOM fiscalizar esse tipo de sinalização“.

O Gabinete de Prevenção e Investigação de Acidentes com Aeronaves, enquanto autoridade de investigação de acidentes aéreos, encontra-se a investigar, garantindo já que o acidente deveu-se ao embate da aeronave com uma antena emissora. Não se sabe no entanto, se a referida antena estaria – ou  não – equipada com a iluminação nocturna obrigatória; dada tal exigência à proximidade do heliporto.

Deste acidente, que já é o maior da história do INEM, resultaram na morte de todos os quatro ocupantes; o médico Luís Veiga, a enfermeira Daniela Silva, o piloto João Lima e o copiloto Luís Rosindo.

Os corpos das vítimas já foram recuperados segundo confirmação da Protecção Civil no local, e enviados para os serviços do Instituto de Medicina Legal.

ANTENAS EMISSORAS INSTALADAS NA SERRA DE VALONGO:

Investigação da Rádio Regional, apurou junto de fonte oficial, que nas proximidades do acidente do helicóptero do INEM, entre outros serviços de telecomunicações oficiais e privados, estão instaladas e licenciadas as seguintes estações se rádio:

90.6 Fm – Mega Hits (Renascença)

94.3 Fm – Vodafone FM (Média Capital Rádios)

100.8 Fm – Rádio Sim (Renascença)

102.7 Fm – MEO Sudoeste (Luís Montez)

105.3 Fm – TSF (Global Média)

105.8 Fm – M80 (Média Capital Rádios)

106.2 Fm – RFM (Renascença)

1251 Khz (AM) – Rádio Sim (Renascença)

Na hora da redacção desta notícia, nem todas estas estações de rádio se encontravam a difundir.

VF | AG

Veja ainda: ANTENA DA MÉDIA CAPITAL SOB INVESTIGAÇÃO NA QUEDA DO HELICÓPTERO DO INEM

1 COMENTÁRIO

1 COMENTÁRIO

  1. antonio barata

    18/12/2018 at 21:45

    Com nevoeiro. mesmo com sinal luminoso, concerteza que o piloto, não terá visto esse sinal, se é que ele existia, mas no meu ver essas antenas, deveriam ter um sinal, tipo rádio farol para no caso de nevoeiro, qualquer aéronave, fosse avisada com antecendia, para evitar estas colisões. Secalhar esta legislação já existe, poque me parece tão óbivo, não terá falhado este sistema de aviso, falam tanto sobre este infeliz acidente, mas ninguém fala porque terá embatido na antena, que é o que importa mais.

DEIXE O SEU COMANTÁRIO

O seu endereço de email não será publicado.

AS MAIS LIDAS