HACKER RUI PINTO FICA EM PRISÃO DOMICILIÁRIA (NA HUNGRIA)

Rui Pinto, o alegado hacker que terá roubado emails ao Benfica, vai ficar em prisão domiciliária. Esta informação foi confirmada pelo advogado do suspeito à agência Lusa. Rui Pinto encontra-se na Hungria, onde foi detido na quarta-feira, na sequência de um mandado de detenção europeu. Foi presente a um juiz esta sexta-feira em Budapeste.

Embora em Portugal Rui Pinto, de 30 anos, esteja a marcar a atualidade pelas suspeitas de ter acedido ilegalmente aos emails do Benfica, a verdade é que foi um outro caso, envolvendo o fundo Doyen, que terá levado à sua detenção.

Os advogados de Rui Pinto não negaram as eventuais atividades de pirataria informática de Rui Pinto. Ao invés, defenderam a sua conduta, por este denunciar “práticas criminosas” no mundo do futebol. Por essa razão, argumentaram, vão opor-se à sua extradição para Portugal.

Em comunicado ontem divulgado, os advogados William Bourdon e Francisco Teixeira da Mota descrevem Rui Pinto como um amante de futebol “indignado com práticas vigentes neste desporto” e que “decidiu contribuir para o conhecimento público da extensão dessas práticas criminosas”.

O diretor da Unidade de Combate ao Cibercrime e Criminalidade Tecnológica (UNC3T) da PJ, Carlos Cabreiro, sem confirmar o nome do suspeito, disse na quarta-feira ser “prematuro” associar o suspeito a crimes cometidos contra algumas instituições desportivas, como o Benfica, FC Porto, Sporting ou a Doyen, embora tenha adiantado que o mesmo “é detido por tentativa de extorsão, acesso ilegítimo e exfiltração de dados de algumas instituições, inclusive do próprio Estado”.

Antes de ser associado aos emails do Benfica – emails esses que deram lugar a investigações em Portugal – Rui Pinto foi considerado suspeito de aceder a emails do fundo Doyen, cujas informações foram posteriormente reveladas na plataforma Football Leaks.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.