ECONOMIA & FINANÇAS

ORÇAMENTO DE ESTADO SUPLEMENTAR FOI APROVADO APENAS COM VOTOS DO PS

A Assembleia da República aprovou hoje, em votação final global, a proposta de Orçamento Suplementar do Governo, que se destina a responder às consequências económicas e sociais provocadas pela pandemia da covid-19.

A proposta foi aprovada apenas com os votos favoráveis do PS, a abstenção do PSD, BE e PAN e os votos contra do PCP, CDS-PP, PEV, Iniciativa Liberal e Chega.

A deputada não inscrita Cristina Rodrigues (ex-PAN) absteve-se e Joacine Katar Moreira (ex-Livre) estava ausente no momento da votação.

A proposta, que prevê uma queda do produto de 6,9% e necessidades de financiamento extra na ordem dos 13 mil milhões de euros, tinha sido aprovada na generalidade no dia 17 de junho, apenas com os votos contra do CDS-PP, Chega e Iniciativa Liberal.

Tal como aconteceu hoje, na votação na generalidade só o PS votou a favor e os restantes, PSD, BE, PCP, PAN, PEV e a deputada não inscrita Joacine Katar Moreira, abstiveram-se.

VEJA AINDA:

COVID-19: SUPERMERCADOS SEM RESTRIÇÕES DE HORÁRIOS E COSTA PEDE QUE NÃO HAJA ‘CORRIDAS’

Lusa

AGÊNCIA DE NOTAÇÃO FINANCEIRA ESPANHOLA BAIXA CLASSIFICAÇÃO DE PORTUGAL

Lusa

VILA DO CONDE. VÍTOR COSTA SERÁ O CANDIDATO DO PS À AUTARQUIA

Lusa

PROIBIDO CIRCULAR ENTRE CONCELHOS A PARTIR DAS 23:00 DE HOJE

Lusa

CRISE: CRÉDITO ÀS EMPRESAS CAI PARA MÍNIMOS DESDE FEVEREIRO DE 2018 – BDP

Lusa

RENOVÁVEIS ABASTECEM 59% DO CONSUMO NACIONAL DE ELETRICIDADE EM 2020

Lusa