RÁDIO REGIONAL
NACIONAL

ANTRAM DIZ QUE OS MOTORISTAS DE MATÉRIAS PERIGOSAS RECUSARAM MEDIAÇÃO

nbsp| RÁDIO REGIONAL

O porta-voz da Antram, André Matias de Almeida, afirmou que o Sindicato Nacional dos Motoristas de Matérias Perigosas (SNMMP) recusou o processo de mediação, apesar de a associação patronal estar disponível para debater “quase tudo”.

“Hoje deixámos aqui um documento de manhã onde abríamos quase tudo à mediação. Fomos chamados [esta noite] ao Ministério das Infraestruturas para sermos informados de que o sindicato não aceita a mediação e quer impor aumentos salariais e o pagamento de horas suplementares, e isso não é um processo de mediação”, disse o porta-voz da Associação Nacional de Transportadores Públicos Rodoviários de Mercadorias (Antram) aos jornalistas, em Lisboa.

Portugal deixou de estar em crise energética, devido à greve de motoristas de pesados, desde as 00h de segunda-feira, acabando os limites ao abastecimento de combustível.

O Governo aprovou na segunda-feira, em reunião eletrónica do Conselho de Ministros, o fim da crise energética declarada há 10 dias devido à greve de motoristas de pesados, a partir das 23h59 desse dia.

No domingo, o SNMMP decidiu, em plenário, desconvocar a greve, que se iniciou no dia 12.

A paralisação foi inicialmente convocada pelo SNMMP e pelo Sindicato Independente dos Motoristas de Mercadorias (SIMM), mas este último desconvocou o protesto na quinta-feira à noite, após um encontro com a Antram sob mediação do Governo.

VEJA AINDA:

PORTO: TÉCNICOS DE EDUCAÇÃO ESTÃO HOJE (SEXTA-FEIRA) EM GREVE

Lusa

OE2022: BOMBEIROS PROFISSIONAIS DESAGRADADOS MARCAM GREVE PARA 11 E 12 NOVEMBRO

Lusa

MÉDICOS AVANÇAM PARA GREVE DE TRÊS DIAS EM NOVEMBRO

Lusa

OE2022: GOVERNO PROPÕE AUMENTOS SALARIAIS DE 0,9% NA FUNÇÃO PÚBLICA

Lusa

GREVE: CP AVISA QUE NA SEXTA-FEIRA HAVERÁ ‘FORTES PERTURBAÇÕES’ NO SERVIÇO

Lusa

ÉVORA: ESTUDANTES COM DIFICULDADES DE ALOJAMENTO – GOVERNO APONTA AO ‘PRR’

Lusa