Connect with us

ECONOMIA & FINANÇAS

HORAS EXTRA VÃO DESCONTAR MENOS PARA O IRS

Os rendimentos com horas extra poderão vir a beneficiar de uma taxa de retenção na fonte de IRS menor no próximo ano, segundo uma versão preliminar da proposta de Orçamento do Estado para 2019 (OE2019).

Datas:

em

Os rendimentos com horas extra poderão vir a beneficiar de uma taxa de retenção na fonte de IRS menor no próximo ano, segundo uma versão preliminar da proposta de Orçamento do Estado para 2019 (OE2019).

No documento a que a Lusa teve acesso, o Governo propõe que, tal como já acontece com o subsídio de férias e de Natal, também o rendimento obtido com “trabalho suplementar” seja sempre “objeto de retenção autónoma” não podendo ser “adicionados às remunerações dos meses em que são pagos”.

Assim, a taxa de retenção na fonte a aplicar, segundo a mesma proposta, deverá ser a taxa a aplicar aos restantes rendimentos de trabalho dependente recebidos no mesmo mês em que são pagas as horas extra.

Na prática, hoje, um trabalhador dependente, solteiro e sem filhos que receba um salário bruto de 1550 euros e receba mais 100 euros em horas extra veria todo o seu rendimento desse mês a ficar sujeito a uma taxa de retenção na fonte de Imposto sobre o Rendimento de pessoas Singulares (IRS) de 19,5%, com base nas tabelas que estão em vigor. Isto porque, apesar de o salário bruto de 1550 euros apenas estar sujeito a uma taxa de 18%, com o adicional de 100 euros, passaria para o escalão superior e todo o rendimento desse mês ficaria sujeito à taxa de 19,5%.

Mas, caso a proposta constante da versão preliminar do OE2019 seja aprovada, e com base nas tabelas que estão em vigor no corrente ano, o salário bruto sofreria um desconto de IRS equivalente a 18% e as horas extra também, uma vez que para efeitos de descontos o rendimento do trabalho suplementar não se somaria ao salário.

A medida acaba assim por beneficiar os trabalhadores que, por efeito do pagamento do trabalho suplementar subiriam de escalão para efeitos de retenção na fonte do IRS, mas deixa inalterada a situação daqueles em que, mesmo recebendo horas extra, o valor não é suficiente para alterar o escalão de rendimento a que estão sujeitos.

A proposta do Governo prevê ainda que o pagamento de rendimentos relativos a anos anterior seja objeto de retenção autónoma não se somando aos rendimentos do mês em que é paga.

Por exemplo, um trabalhador com quatro meses de salários em atraso que sejam pagos em abril do próximo, para efeitos de determinar qual a taxa de retenção na fonte de IRS, verá o valor recebido dividido por quatro e é com base no valor daí resultante que se encontrará a taxa a pagar.

LUSA

PUBLICIDADE
OUVIR A RÁDIO REGIONAL AQUI
CLIQUE PARA COMENTAR

DEIXE O SEU COMANTÁRIO

O seu endereço de email não será publicado.

PUBLICIDADE MUSICBOX
WEB-SUMMIT

OUVIR RÁDIO

OUVIR MÚSICA

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

JUSTIÇAPublicado há 13 horas

BRUNO DE CARVALHO CONHECE AMANHÃ AS MEDIDAS DE COAÇÃO

A leitura da decisão de aplicação de medidas de coação ao ex-presidente do Sporting Bruno de Carvalho e Mustafá será...

SOCIEDADEPublicado há 16 horas

FENPROF ENTREGA PRÉ-AVISO DE GREVE E JUNTA-SE À CGTP NOS PROTESTOS

A Federação Nacional dos Professores (Fenprof) junta-se na quinta-feira à manifestação nacional da CGTP, em Lisboa, tendo entregue um pré-aviso...

INTERNACIONALPublicado há 16 horas

DESCOBERTO UM NOVO PLANETA FORA DO SISTEMA SOLAR

Uma equipa internacional de astrónomos descobriu um planeta fora do Sistema Solar que é o segundo mais próximo da Terra...

REGIÕESPublicado há 21 horas

GREVE DOS ESTIVADORES PARALISOU 90% DO PORTO DE SETÚBAL

O presidente do Sindicato dos Estivadores do Centro e Sul, António Mariano, disse hoje que 90% dos trabalhadores do Porto...

REGIÕESPublicado há 22 horas

CASAS EM RISCO JUNTO AO MAR SERÃO DEMOLIDAS

O Ministro do Ambiente afirmou hoje que quatro núcleos habitacionais de Esposende e Espinho, em perigo por causa da subida...

JUSTIÇAPublicado há 22 horas

GREVE DOS FUNCIONÁRIOS JUDICIAIS REGISTA 95% DE ADESÃO

A greve dos funcionários judiciais fechou hoje tribunais em todo o país, com uma adesão global que ronda os 95%,...

JUSTIÇAPublicado há 2 dias

BRUNO DE CARVALHO ESTÁ A SER OUVIDO NO TRIBUNAL DO BARREIRO

O ex-presidente do Sporting Bruno de Carvalho já começou hoje a ser interrogado pelo juiz Carlos Delca, no âmbito da...

JUSTIÇAPublicado há 2 dias

GREVE ATRASA INTERROGATÓRIO A BRUNO DE CARVALHO

O interrogatório ao ex-presidente do Sporting Bruno de Carvalho, no Tribunal do Barreiro, poderá prolongar-se para além de hoje devido...

ECONOMIA & FINANÇASPublicado há 2 dias

PORTAGENS VÃO FICAR MAIS CARAS EM 2019

Os preços das portagens nas autoestradas vão aumentar 0,88% em janeiro de 2019, tendo em conta a taxa de inflação...

INTERNACIONALPublicado há 3 dias

FRANÇA QUER REGULAÇÃO INTERNACIONAL DA INTERNET

O governo francês tentou hoje relançar as negociações globais para um código internacional de conduta na Internet, com um manifesto...

PUBLICIDADE LINHA CANCRO
WEB-SUMMIT

AS MAIS LIDAS