Connect with us

SOCIEDADE

PORTUGUESAS ENGRAVIDAM MAIS TARDE

Ser mãe depois dos 50 anos ainda é considerado fenómeno raro, mas tem vindo a tornar-se mais frequente. Em Portugal, segundo dados recolhidos pelo Diário de Notícias, entre 2001 e 2015, nasceram 94 bebés de mulheres com 50 ou mais anos. Vê mais aqui. Partilha com os teus amigos !

Notícia publicada há

em

portuguesas-engravidam-tarde

Ser mãe depois dos 50 anos ainda é considerado fenómeno raro, mas tem vindo a tornar-se mais frequente. Em Portugal, segundo dados recolhidos pelo Diário de Notícias, entre 2001 e 2015, nasceram 94 bebés de mulheres com 50 ou mais anos.

O adiar da maternidade fez com que a idade média da mãe ao nascimento do primeiro filho aumentasse 3,7 anos desde o ano 2000: passou dos 26,5 anos para os 30,2 anos em 2015. E se recuarmos até à década de 90, de acordo com os dados disponíveis no Pordata, as mulheres tinham o primeiro filho, em média, aos 24,7 anos.

Este é um tema que voltou a estar em cima da mesa depois da cantora Janet Jackson ter dado à luz o seu primeiro filho aos 50 anos. Não se conhecem pormenores da gravidez mas, segundo os especialistas ouvidos pelo jornal, esta tendência para gravidezes mais tardias vem de encontro a um investimento na carreira e aposta na formação por parte das mulheres, aliado aos avanços científicos que permitem que isto seja possível.

Recorde-se que atualmente no Serviço Nacional de Saúde (SNS), a idade-limite para a fertilização in vitro são os 40 anos. No entanto, o governo está a estudar o alargamento das técnicas de segunda linha – fertilização in vitro e injeção intracitoplasmática – para os 42 anos

Partilhe já com os amigos:

OUVIR A RÁDIO REGIONAL AQUI
COMENTÁRIOS AQUI

DEIXAR O MEU COMENTÁRIO

O seu endereço de email não será publicado.

AS MAIS LIDAS